O prefeito de Floriano, Antônio Reis, assinou um novo decreto sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados no município de Floriano. Os dados apontam que no mês de novembro já foram contabilizados 27 casos positivos para a Covid-19 em Floriano. Número de casos confirmados da doença nos últimos meses:

antoni

Julho - 435 

Agosto - 23

Setembro - 5

Outubro - 2 

Novembro - 27

O documento confirma que permanece obrigatório o uso de máscaras nos seguintes espaços:

- unidades/consultórios/estabelecimentos assistenciais de atendimento à saúde, públicos ou privados, ambulatorial ou internação (trabalhadores/pacientes/usuários, acompanhantes e visitantes);

- Em transportes coletivos públicos ou privados;

- Em qualquer espaço para: idosos, gestantes, imunossuprimidos e pessoas com comorbidades;

- Pessoas que se encontrem infectadas ou com suspeita de contaminação por Covid-19.

Outra medida anunciada diz respeito a notificação obrigatória por farmácias e drogarias do número de vendas de testes Covid-19. A íntegra do documento será publicada no site da prefeitura.

Confira o decreto:

http://transparencia.floriano.pi.gov.br/uploads/leis/713b97215edb56a70d494e7607d861ab.pdf

 Regina Sousa (PT), governadora do PI, participa, hoje (1º), do Fórum Global Understanding Risk (UR22), que iniciou na segunda-feira (28) e segue até sexta-feira (02), em Florianópolis (SC). Sousa fará o discurso introdutório da sessão que discutirá o tema “Rumo à Proteção Social Responsiva ao Choque no Brasil”, organizada pelo Banco Mundial.

resina

A superintende de Direitos Humanos da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc), Janaína Mapurunga, também participa do debate que será conduzido pelo consultor do Banco Mundial, especialista em Trabalho e Emprego, Tiago Falcão Silva. A gestora da Sasc fará uma apresentação sobre “Resposta a desastres em nível estadual – insights e desafios do Piauí”.

A governadora pontuou que é importante essa discussão no sentido de tratar das questões de adaptação dos estados e nações para adotar estratégias para identificação de riscos de desastres.

“A pandemia veio nos mostrar que precisamos estar preparados para o imprevisto. E esse evento também trabalha a questão dos riscos para o social. Então, é importante a minha participação, já que irei assumir a gestão da área social do Estado. Espero trazer ideia boas do encontro”, comentou Regina.

A gestora acrescentou que o Estado está desenvolvendo dois projetos junto ao Banco Mundial que entra na proposta do Fórum UR22. “Um deles é na área social, sobretudo para o combate à pobreza, e outro na área da saúde, para o fortalecimento da estrutura e ações da vigilância sanitária estadual”, completa Sousa.

Sessão “Rumo à Proteção Social Responsiva ao Choque no Brasil”

Esta sessão conjunta organizada pela equipe de Proteção Social/Gestão de Riscos de Desastres do Banco Mundial e pelo Ministério da Cidadania do Brasil se concentrará na adaptabilidade do sistema de proteção social do Brasil para responder a choques/desastres.

A sessão apresentará primeiramente a metodologia do recentemente desenvolvido Teste de Estresse de Proteção Social do Banco Mundial – uma ferramenta que ajuda os países a avaliar o nível de adaptação dos sistemas nacionais de proteção social à escalonar e responder às necessidades intensificadas causadas pelo início de choques co-variáveis. Em segundo lugar, a sessão mostrará os resultados iniciais do teste de estresse do Brasil recentemente realizado.

A sessão também irá oferecer a oportunidade de compartilhar experiências de respostas passadas de proteção social a desastres no Brasil. Por fim, importantes lacunas na proteção social do Brasil, bem como iniciativas e políticas adequadas para ASP no futuro, serão discutidas em um painel.

O evento

O Fórum Global Understanding Risk (UR22) tem patrocínio de diversas instituições, como Google e Nasa, e reúne uma comunidade internacional de especialistas e profissionais da área de identificação de riscos de desastres. A programação conta com atividades on-line e presenciais, em diferentes locais de Florianópolis, e inclui mais de 100 sessões técnicas com especialistas de todo o mundo, plenárias, palestras, demonstrações de tecnologia e performances artísticas.

Esta é primeira vez que o Brasil recebe o Fórum Global, voltado a acadêmicos, políticos, representantes do setor privado e de organizações comunitárias. Durante cinco dias, a conferência apresenta os mais recentes conhecimentos e inovações na área de gestão de risco de desastres, abrangendo tópicos que vão desde sistemas de alerta precoce até resiliência urbana, comunicação e financiamento do risco.

O evento é organizado pela Prefeitura de Florianópolis, Banco Mundial e Mecanismo Global para Redução e Recuperação de Desastres (GFDRR), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Com informações da SECOM

O deputado Júlio Arcoverde, ex-presidente estadual do Progressistas, admitiu nesta quarta-feira (30) que o partido deverá sofrer baixas de prefeitos nos próximos dias.  O parlamentar também pontuou que é importante avaliar o momento certo para “avançar” e para “recuar” no que diz respeitos as movimentações políticas. 

“A gente sabe que tem o momento de avançar e recuar. Acredito que vamos ter algumas percas no interior, a maioria de pessoas que gostam de viver só debaixo da asa do governo”, disse. 

Atualmente, o Progressistas conta com pelo menos 80 prefeitos filiados. Parte destes conversa com o PSD, partido da base governista do PT no estado. 

julio6

O deputado também defendeu que o partido permaneça na oposição, tanto na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), quanto na Câmara Federal em Brasília. 

“Na base total, o nosso partido ficará forte aqui com aqueles que estão dispostos a fazer oposição e acredito que o deputado Átila vai fazer oposição ao governo estadual e ao governo Lula”, acrescentou. 

 

cidadeverde

Nessa quarta-feira, 30, a Câmara de Vereadores de Murici dos Portelas decidiu, pela cassação do mandato da prefeita da cidade, Francisca das Chagas Correia de Sousa, mais conhecida como Chaguinha da Saúde (PSD), por improbidade administrativa. Ela foi eleita há apenas sete meses.

franciscachagas

O processo que culminou na cassação foi instaurado no dia 5 de setembro de 2022, pelo presidente da Câmara Municipal Raimundo Nonato de Sousa Pereira, mais conhecido como “Raimundo Mutuca”.

A gestora respondeu pela acusação de não pagar reajustes de servidores do município e não atender a convocações de comparecimento feitas pela Câmara.

Com informações do 180graus

Fotoi: divulgação

 

Subcategorias

A informação sobre como deve funcionar as empresas nessa quinta é da presidente da Classe Comerciária a líder Jocilena Falcão.  Ela recebeu o repórter Ivan Nunes, do Piauí Notícias, para externar sobre como será o funcionamento das empresas no Dia de Corpus Christi.

jocinala

Na entrevista, Jocilana informa que algumas empresas consideradas essências estarão em funcionamento, mas cumprindo o que determina a Lei e o acordo firmado entre as classes de patrôes e empregados do comércio local.

O Sindicato, ainda de acordo com ela, deve agir no caso de algum empreendedor descumprir o acordo. Veja a entrevista com a lider Jocilane Falcão. 

Da redação