• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas de todo país estão sendo convocados a participar do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab) que oferece 3,7 mil vagas de trabalho. O Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação e gestores municipais oferecem uma oportunidade de emprego que ainda pode ser parâmetro para a residência médica, caso seja interesse do profissional.


Os médicos que tiverem uma boa avaliação de desempenho receberão pontuação adicional de 10% na nota nos exames de residência médica que porventura vierem a prestar. Além disso, os profissionais vão reforçar os recursos humanos da atenção básica em municípios com carência.

O período de inscrição no Provab foi prorrogado até o próximo dia 12. Estão sendo oferecidas 2 mil vagas para médicos, mil para enfermeiros e 700 para cirurgiões-dentistas.

“O Provab é mais um dos programas do Ministério da Saúde que visa ampliar a assistência principalmente aos usuários do SUS que ainda têm dificuldades para acessar serviços e profissionais de saúde. Além disso, o programa oferece aos profissionais participantes a oportunidade de conhecer diferentes realidades e de exercer a profissão onde a população mais necessita, fortalecendo a dimensão de relevância social de sua atuação.”, analisa o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

INSCRIÇÕES – O processo seletivo está dividido em duas fases: a fase de habilitação e a fase de seleção. A fase de habilitação vai até dia 12 de fevereiro, e as inscrições devem ser efetuadas via internet (clique aqui). Poderão se inscrever médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas que tenham concluído a graduação, e que tenham registro profissional junto ao respectivo conselho de classe no início das atividades profissionais. Os candidatos deverão indicar, em ordem de preferência, as seis localidades em que desejam atuar.

Ao preencher o formulário eletrônico, o candidato deverá anexar arquivo contendo cópia do diploma de graduação ou certificado de conclusão de curso e cópia de documento de identificação com foto, conforme determina o edita lque traz a descrição detalhada do processo. Candidatos que encontrarem dificuldades técnicas para realizar a inscrição podem tirar suas dúvidas pelo endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Terão preferência os candidatos que tiverem se graduado em instituição de ensino superior que for entidade supervisora do município da vaga pretendida, tiverem nascido ou atuarem no mesmo estado da vaga pretendida e tiver maior idade. Também será considerada a ordem de inscrição.

 

Fonte: MS

O Ministério da Saúde assegurou orçamento de R$ 91,7 bilhões para 2012, o que representa o maior aumento nominal para o setor, desde a aprovação da Emenda 29, em 2000.


A variação de R$ 13,2 bilhões corresponde a aproximadamente 17% acima do montante liberado em 2011 (R$ 78,5 bilhões). O cálculo definido pela regulamentação da Emenda Constitucional 29 garantiria aproximadamente R$ 6 bilhões a mais este ano em relação a 2011.

A base de variação para os gastos do governo federal com a saúde é a soma do que foi investido no ano anterior em Ações e Serviços Públicos de Saúde acrescido da variação nominal  do Produto Interno Bruto (PIB) - crescimento da economia somado à inflação.


O cálculo deve retirar despesas com inativos e pagamento de juros. A Lei 12.595, que estima receitas e fixa despesas da União para este ano, foi publicada nesta sexta, 20, no Diário Oficial da União (DOU).

Orçamento da Saúde

Ano

Orçamento (R$, bilhões)

Variação    (R$, bilhões)

2000

22,7

 

2001

26,1

3,4

2002

28,3

2,2

2003

30,2

1,9

2004

36,5

6,3

2005

40,8

4,3

2006

44,3

3,5

2007

49,5

5,2

2008

54,1

4,6

2009

62,9

8,8

2010

67,4

4,5

2011

78,5

11,1

2012

91,7

13,2

 

Minietério daSaúde

hospitaldorimFoi inaugurado nessa segunda-feira, 23, O Hospital do Rim de Oeiras, que tem como objetivo desafogar o fluxo de atendimento renal na região de Oeiras e Picos.

A inauguração contou com a presença do governador Wilson Martins e da Secretária de Saúde Lilian Martins.

O Hospital do Rim de Oeiras está situado na Rua dos Jesuítas ao lado do Hospital Bom Jesus dos Passos, no centro de Oeiras.

 

 

 

Muraldavila

mulhercomdorMulheres avaliam de forma mais intensa os seus níveis de dor do que homens, segundo um estudo em que pesquisadores examinaram o prontuário de vários pacientes nos Estados Unidos.


Os resultados gerais tendem a confirmar conclusões anteriores, como o fato de que mulheres com fibromialgia ou enxaqueca relatam dor maior do que a apontada pelos homens para o mesmo problema. Mas o estudo também identificou diferenças de gênero em situações que antes não eram verificadas. Por exemplo, a intensidade da dor entre os pacientes com sinusite aguda ou dor no pescoço é maior em mulheres que em homens.


A análise foi feita por especialistas da Escola de Medicina na Universidade Stanford.


Os pesquisadores verificaram registros médicos eletrônicos em que constavam 160 mil descrições de dor. Para indicar a dor, é comum que pacientes sejam questionados pelos médicos para descrevê-la em uma escala que vai de 1 a 10.


Os resultados mostraram que a pontuação indicadora de dor era maior em praticamente todas as doenças quando descrita pelas mulheres.


Segundo um dos autores da pesquisa, há inúmeros estudos que mostram que as mulheres relatam mais dor que os homens para vários tipos de patologias.


- Nós não somos certamente os primeiros a encontrar diferenças de dor entre homens e mulheres, mas nós concentramos o estudo na intensidade da dor, enquanto a maioria dos estudos analisou a prevalência da dor: o porcentual de homem versus o de mulheres com um determinado problema clínico que estão com dor.

 

 

R7

Subcategorias