jogadoresTodos juntos contra o coronavírus. Seguindo diversos astros do esporte que tem feito grandes doações ara ajudar as cidades no combate a pandemia, os jogadores e o staff do Red Bull Bragantino seguiram esse exemplo solidário e de forma conjunta irão doar respiradores para o Sistema Único de Saúde (SUS) de Bragança Paulista.


No post divulgado no Instagram oficial do RB Bragantino e do goleiro Júlio César, um dos jogadores mais experientes do elenco, o clube pede união neste momento complicado: 'Nós, jogadores e staff do Red Bull Bragantino, estamos doando respiradores para o sistema público de atendimento à população de Bragança Paulista. Ficando todos juntos, vamos sair mais fortes dessa'.

 

CADA UM FAZENDO A SUA PARTE
Em entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior, o atacante Matheus Peixoto explicou melhor como está sendo feita essa doação e do prazer do grupo em ajudar o próximo neste momento tão complicado em que o Brasil e o Mundo está vivendo.

"Essa ação foi de todos os jogadores junto com a comissão técnica, o clube nos ajudou a organizar tudo. Todo dinheiro arrecadado será para comprar os respiradores para um Hospital Remoto, que o Hospital Bragantino está fazendo em parceira com o SUS".

 

Futebolinterior

 

 

Com emenda do deputado Gessivaldo Isaias (Republicanos) foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa na manhã de hoje (30) o projeto de autoria do deputado Henrique Pires (MDB) que proíbe cortes de água e energia pelo prazo de 60 dias prorrogáveis pelo período enquanto durar a pandemia da Covid-19. A emenda do deputado prevê ainda que os serviços já cortados devam ser religados. A proposta foi subscrita pela deputada Teresa Britto (PV). A proposta foi aprovada por unanimidade nas comissões técnicas e no plenário. Agora o projeto segue para a sanção do governador.

O deputado lembra que a decisão nacional, que evita os cortes de serviços diz respeita apenas ao serviço de energia e o projeto do deputado Henrique Pires diz respeito a água e luz. “Agora estamos regulamentados e o Governo do Estado já pode determinar em decreto e a população já pode exigir que esse direito seja mantido. A defesa do deputado Gessivaldo e sua emenda foi oportuna porque sabemos que quem estiver sem água em casa não pode realizar a higienização. Esta proposta não visa estimular a inadimplência, mas sim preservar o direito do cidadão de manter os serviços básicos neste período de calamidade”, acrescentou Henrique Pires.


Com emenda do deputado Gessivaldo Isaias (Republicanos) foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa na manhã de hoje (30) o projeto de autoria do deputado Henrique Pires (MDB) que proíbe cortes de água e energia pelo prazo de 60 dias prorrogáveis pelo período enquanto durar a pandemia da Covid-19.

A emenda do deputado prevê ainda que os serviços já cortados devam ser religados. A proposta foi subscrita pela deputada Teresa Britto (PV).

A proposta foi aprovada por unanimidade nas comissões técnicas e no plenário. Agora o projeto segue para a sanção do governador.

O deputado lembra que a decisão nacional, que evita os cortes de serviços diz respeita apenas ao serviço de energia e o projeto do deputado Henrique Pires diz respeito a água e luz.

“Agora estamos regulamentados e o Governo do Estado já pode determinar em decreto e a população já pode exigir que esse direito seja mantido. A defesa do deputado Gessivaldo e sua emenda foi oportuna porque sabemos que quem estiver sem água em casa não pode realizar a higienização. Esta proposta não visa estimular a inadimplência, mas sim preservar o direito do cidadão de manter os serviços básicos neste período de calamidade”, acrescentou Henrique Pires.

 

Alepi

O Ministério Público Federal (MPF), no Piauí (PI), por meio do procurador regional dos Direitos do Cidadão, Kelston Pinheiro Lages, solicitou informações ao Ministério da Saúde sobre a quantidade de respiradores adquiridos pelo Governo Federal que será destinada ao Estado do Piauí.

ams

É de conhecimento do MPF que o Ministério da Saúde adquiriu  respiradores para serem distribuídos entre as unidades da federação com a finalidade de amenizar os problemas causados pelo coronavírus à população brasileira, considerando a pandemia da Covid-19, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Ministério Público Federal solicita informações e as providências adotadas pelo Ministério da Saúde quanto à quantidade de respiradores destinados ao Estado do Piauí, juntando-se cópia da documentação pertinente. 

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Estado do Piauí

O vereador Fábio Braga, da base de oposição, também se manifestou sobre o projeto que proíbe a suspenção dos fornecimentos de energia,  água e internet nesse periodo de COVID 19. 

O mesmo foi colocado em pauta na noite da sexta-feira na Câmara de Vereadores de Floriano-PI.

braga

Nessa sexta passada, doze dos catorze vereadores que formam a Câmara Municipal de Floriano discutiram o assunto.

Estavam ausentes os vereadores Salomão Holanda e Flávio Henrique que, de acordo com o presidente Mauricio, teriam se justificado.

O que entente sobre o projeto o vereador Braga.

 

Da redação