• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O vereador Salomão Holanda de Cléia, de Floriano-PI, está em repouso. O parlamentar e ex-vice-prefeito florianense passou por um procedimento cirúrgico na região ocular e, conforme ele mesmo disse ao Piauí Noticias, nessa s segunda-feira, tudo se deu de forma tranquila e foi orientado pelo oftalmologista que ficasse, pelo menos, vinte dias em repouso.

 salomão

Salomão afirmou que está bem e que vai cumprir o que foi determinado pelo profissional de saúde. O parlamentar é uma das autoridades que havia colocado o seu nome como pré-candidato a vice-prefeito na base petista local, à frente como líder o deputado estadual Marcos Vinícius Kalume.

Da redação

Os templos religiosos lotaram nesse domingo, 12, o segundo do mês que é direcionado às mães. A cerimônia do dia foi no Noviciado das Monjas, bairro Santa Rita, em Floriano-PI.

missamaes

No templo que esteve lotado por toda a celebração, o celebrante foi o frei Antonio e, ao final, com a Igreja lotada, houve homenagem às mães. Nas imagens a seguir, o celebrante foi o padre Luiz de França.

 

Da redação

A diretoria do Sinte - Sindicato dos Trabalhadores Regional de Floriano, preparou uma homenagem às pessoas que integram a entidade, ou seja, às mães educadoras.

lea

A organização sindical é presidida pela professora Léa de Almeida, que esteve presente no momento que se tornou emocionada, isso conforme as próprias pessoas que estavam no evento. Numa entrevista, a professora Léa Almeida afirmou que a programação foi diferente do habitual. Veja:

Da redação

maeosorio

Quando nasci e enxerguei o sol, avistei estrelas e nuvens complacentes, nem o sol escureceu, não houve festas. Minha mãe sorriu, olhou para o céu e agradeceu.

Nunca esquecerei minha mãe, ela é minha memória viva, que tanto amo e sempre amarei, é ela que mata a saudade da minha infância e sempre será minha perseverança.

Me carregou nos braços adormecidos, lavou minha alma com as águas mornas do Rio Parnaíba. Diante de tudo isso sempre recordarei da clara luz do seu olhar, que me educou da forma mais correta, incentivando a amar a educação com a essência da alma e do coração. 

Foi ela que me ensinou a não escolher caminhos cheios de flores e sempre procurar o bem, me educou para enfrentar obstáculos, estradas que nunca esquecerei, onde andei sozinho e o tempo desenhou meu caminho.

Quando lembro da minha mãe, me recordo do passado e volto em algum lugar, para relembrá-la, e tudo me surpreende.  Quando ouço o vento, seus conselhos aparecem. Sua ausência é meu luto eterno, que transborda em amor, diante da lembrança e da dor. 

                                                     JOSÉ OSÓRIO FILHO

Da redação