• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Está em Floriano-PI e sendo velado no Memorial Floriano o corpo do coronel Manoel Vieira. O PM reformado estava em tratamento de saúde em Teresina, capital do Piauí, onde faleceu. O militar Manoel Vieira por muitos anos trabalhou no 3º Batalhão onde atuou como comandante, mas também esteve como diretor da Penitenciária de Vereda Grande, zona rural de Floriano. 

Manoel Vieira, 72 anos, foi presidente da APAE, onde por um determinado período esteve procurando ajudar  nas ações do dia a dia com o apoio dos servidores daquela entidade, bem como com o apoio dos pais e amigos dos excepcionais.

Rotariano o militar, que deixa esposa e filhos, esteve ainda atuando como maçon.  O corpo do coronel Manoel Vieira está sendo velado no Memorial Floriano de onde deve sair às 16:00h para sepultamento no Cemitério Bom Jardim, em Floriano.

menel Copia

O Piauí Notícias tentou falar com o comando do 3º Batalhão, sobre homenagens ao ex-comandante, mas não obteve respostas, via telefone. O atendente do telefone 190, número de emergência do 3º BPM, apenas repassou informações sobre o velório e sepultamento e conformou a presença do comandante Gilson Leite na corporação. Aguarde mais informações sobre a morte do coronel Manoel Vieira. Inúmeras homenagens estão sendo prestadas e, uma delas, partiu do comando que externou:

 menel

Da redação

Há informações de que faleceu na tarde desta segunda-feira (20), em Teresina, onde estava em tratamento de saúde, o coronel da PM, que por muitos anos comandou o 3º BPM, de Floriano, Manoel Vieira dos Santos Neto (Cel. Vieira).

vieira6

O militar estava há um determinado tempo internado no Hospital São Paulo, em Teresina, e, se recuperava de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Coronel Vieira, que era integrante de uma loja maçônica, integrou ainda o Rotary, Lions e esteve presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), regional de Floriano, comandou por um determinado período o Preíidio de Vereda Grande, zona rural de Floriano, e, conforme dados de agentes, fez um bom trabalho.

Da redação

Esteve de aniversário no final de semana e celebrou com o esposo Júnior Alcebíades e ainda com a família e amigos, a Sra. Claudene (foto). As comemorações ocorreram na propriedade do casal, que fica na localidade Porteiras, zona rural da cidade de Floriano. A programação começou às 16:00h.

claudene

O trio: Agripino no teclado e os vocalistas Rodrigo e Nonato animou o evento que começou à tarde e entrou pela noite.

 

Da redação

Uma denúncia que está circulando nas redes sociais e que chegou à redação de Piauí Notícias nessa tarde de sexta-feira, 17, pode acabar com um processo na Justiça. Uma mãe identificada por Daniele acusa a atual gestão baronense de negligência em relação à saúde do seu filho, que é autista.

daniele

A senhora Daniele, 38 anos, afirma que o seu drama começou quando o filho tinha três anos, ou seja, quando descobriu que ele era autista. Ela afirma, numa gravação de vídeo que circula desde ontem, que as conquistas para cuidar da saúde do filho foram ganhas na Justiça, à época de uma outra gestão municipal.  

"No ano de 2015, comecei uma luta por atendimento, mas o meu problema começou na gestão atual (se referindo de forma indireta à prefeita Claudimê). De três anos para cá a luta foi muto grande", disse ela, afirmando que está esquecida pela prefeita e observa que a gestora é mãe e avó. A senhora Daniele ao narrar sobre o fato, se emociona.

Veja vídeo da mãe atípica, a senhora Daniele. 

 OUTRO LADO

O Piauí Notícias tentou contato com a prefeita Claudimê Lima, de Barão, para se manifestar, no entanto, não foi possível. Dai, o portal procurou um dos assessores da gestora, que indicou o advogado José Neto, que ja está atuando no caso e que atendeu uma ligação do PN. Ele afirmou que vai se manifestar, como defesa das acusações feitas, ainda nesse sábado.

Informações repassadas pela assessoria da gestão são que há comprovantes de valores que foram repassados para investimentos na saúde da criança. 

Conforme o advogado José Neto, que ficou de conceder uma entrevista ao Piauí Notícias sobre o caso, já há uma Ação Civil Criminal sendo preparada contra a senhora denunciante e mais, que na gestão passada há também um processo na Justiça dessa mãe contra a administração quando estava gerenciando o município, o ex-prefeito Gleydson Resende.

Aguarde mais informações:

Da redação