• Vamol
  • Roma
  • Fiat
  • Floriano Veiculos

Os casos de maus tratos aos animais em Floriano, aqueles que estão chegando aos conhecimento da Comissão de Proteção dos animeis da Ordem Advogados estão tendo acompanhamento.

homem7 1

O foco é fazer justiça, em acordo com a Legislação. A Dra. Thiala Oliveira, presidente da Subcomissão de Proteção aos animais, numa entrevista ao Piauí Notícias, externou sobre o assunto e afirmou que não tinha conhecimento sobre o caso do homem que matou o gato da ex-mulher e jogou o animal em um vaso sanitário. Sobre esse caso a Subcomissão da OAB tomou conhecimento através do Piauí Noticias. A confirmação é da Dra Thiala Oliveira. 

Mais dois casos de maus tratos aos animais repercutiram em Floriano nos últimos meses. Um homem foi flagrado batendo num cão e, de um jovem que foi flagrado jogando uma pedra num gato.
 
Da redação

Na manhã desse domingo, 11 de setembro,  foi iniciada uma das principais festas religiosas de Floriano, o festejo em homenagem a Nossa Senhora da Guia. O evento cultural religioso católico ocorre no bairro Guia e, estavam presentes a banda de música do município, algumas lideranças e parte da comunidade.

guia8

Após alguns momentos de orações, a organização do Festejo serviu um café da manhã aos presentes, fator que ocorre há anos. David Rodrigues, que é um dos organizadores do evento, estava presente e acompanhado de familiares que ajudam na organização do evento.

festejoguia

cafe

Muitas pessoas, seguindo uma tradiao de anos esteve ontem na Capela de Nossa Senhora da Guia em momentos de orações, muitas fazem promessas.

Da redação

 

 

osorio90

A minha vida abria uma janela de uma País que parecia ser feito de amor e felicidade. Ao lado das cidades e Estados, existiam jardins compostos de pessoas que inicialmente falavam uma linguagem extremamente evoluída, onde se agregavam às inovações de costumes e ideias.

Se aproximaram os dias e as pessoas não evoluíram, retroagiram ao tempo e esqueceram os jardins e os preceitos empíricos diante de uma vida que, paulatinamente perde o movimento vital. Amanhã essas pessoas desaparecerão, tudo se tornará silêncio, o mundo precisa se organizar mediante a maior inação da existência tangível da matéria.

Todos os dias, através daquela janela, eu olho para as pessoas, observo que a ignorância domina os seus olhares e os seus vagos pensamentos, sinto vergonha da minha espécie “humana” e da ausência de educação. Acompanhado por tudo isso, vejo o medo da humanidade e dos anos seguintes.

As pessoas não observam o temor dos caminhos do mundo, a ausência de paz é constante, o perigo convive em cada ser vivo. No presente, encontra-se a ausência de sensibilidade e o número crescente de conceitos antiéticos e imorais. A falta de caráter é excessiva na vida pública. As facções evoluem com o aval institucional da máquina administrativa, a mentira prepondera sobre a verdade e ocorre o aumento da ilusão. Uma esperança fictícia fomenta diferentes meliantes, onde o símbolo da verdade é o atraso em todos os sentidos e o bem é substituído pelo mal.

 

JOSÉ OSÓRIO FILHO