Veja algumas imagens do momento de orações que houve nessa tarde/noite de quarta-feira, 31, de frente ao Setor Covid do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano-PI.

O encontro de profissionais do setor com membros da Igreja Católica, entre os quais, o líder religioso dom Edivalter Andrade, bispo local, foi registrado pelo Ivan  Nunes, colobador do Piauí Notícias.

edivalter

edivater

 Veja

 

 

O Setor Covid do Hospital Regional Tibério Nunes, bairro Manguinha em  Floriano-PI, completa hoje, 31, um ano de funcionamento. O local foi criado para colocar e cuidas das pessoas infectadas com o novo coronavirus que não podem ser tratadas em casa devido a agravamento da doença que é a COVID-19.

sertor

Do local já sairam muitas pessoas sem vida, mas as que foram recuperadas são em um número bem maior. Atualmente trabalham cerca de 150 profissionais em saúde, entre médicos, enfermeiros, auxiliares em enfermagem, piscólogos e outros.

Uma manifestação com balões e os funcionãrios, todos de branco, para lembrar a data está sendo reailizada neste momento, inclusive com músicos locais. Inúmeras placas estão sendo entregues aos colaboradores em saúde que uns ajudando aos outros já salvaram mjuitas vidas. Umfoi momento de oração foi realizado com o Dom Edivalter Andrade.

sertoro

setoro

Da redação

 

Na manhã de hoje, 31, a psicóloga florianense Liana Karina, sobrinha do saudoso Emidio Nonato, que gravou um vídeo em que a avó de 101 anos, dona Edite, fala em votar no ex-presidente Lula, recebeu a reportagem do Piaui Noticias para falar da mensagem do ex-presidente e lider petista, após ter conhecimento das declarações da idosa numa gravação que foi feita pela neta.

liana

A publicação, de acordo com a Liana, teve  mais de cem mil visualizações. A entrevista, ao PN, foi concedida pela Liana com a avó ao seu lado.  Ela afirma que não esperava que o ex-presidente do Brasil, petista Luiz Inácio, fosse responder ao vídeo.

Da redação

 

Uma mototaxi florianense que há anos vem realizando ações sociais em determinado periodo, voltou a realizar a sua façanha. Marcelo Mototaxi tem tido ajuda de parentes e amigos e, depois de arrecadar cestas básicas sai de casa em casa deixando alimentos. 

marcelo

Ele disse que as doações acontecem mais no Natal, mas neste ano populares lhe ligaram afirmando que estavam precisando e, por isso, o mototaxista resolveu mais uma vez realizar a sua campanha.

 

Da redação

 

 

Subcategorias