• Vamol
  • Roma
  • Fiat
  • Floriano Veiculos

Há informações de que Jonas Lucas Alves Dias, de 55 anos, ganhador de um prêmio de mais de R$ 47 milhões na Mega Sena em 2020, foi dado como desaparecido nesta semana, na terça, 13. No entanto, pouco tempo depois, ele foi encontrado com sinais de espancamento na manhã desta quarta-feira (14) na alça da rodovia dos Bandeirantes (SP-348), altura do Jardim São Pedro, em Hortolândia, a 115 km da capital paulista. Naquela ocasião, em 2020, outra aposta também levou o mesmo valor.

economiahj

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o caso do Alves foi registrado como extorsão seguida de morte sendo investigado pela Delegacia de Hortolândia, com apoio da Deic de Piracicaba.

“Ela [a vítima] foi socorrida ao hospital da região, onde não resistiu aos ferimentos e faleceu. Seu irmão, de 65 anos, prestou esclarecimentos e relatou que o homem estava desaparecido havia um dia. A vítima teve aproximadamente R$ 20 mil retirados de sua conta bancária por meio de transferências bancárias e via Pix. O seu cartão de débito também foi levado pelos suspeitos”, informou a SSP-SP. Alves Dias, conforme a família, costumava fazer caminhadas pela cidade, momento em que teria sido sequestrado. 

alves

Familiares num boletim de ocorrência, informou que um saque foi realizado um saque de R$ 1.000 e uma transferência via Pix de R$ 18,6 mil. Outras tentativas de transferência teriam sido feitas. Em uma delas, de R$ 3 milhões, a vítima teria enviado um WhatsApp para o gerente de sua agência bancária, em Monte Mor, mas a transação não foi aprovada porque Jonas não teria informado o motivo da transferência. Como ele não chegou em casa na terça, a família registrou um boletim de ocorrência eletrônico para avisar do desparecimento.

Alves Dias,  foi levado ao Hospital e Maternidade Municipal Governador Mario Covas, em Hortolândia, nesta quarta, 14, onde chegou com vida, mas morreu pouco tempo depois. A morte foi atestada como traumatismo craniano encefálico. De acordo com a SSP-SP, a polícia está fazendo diligências para tentar esclarecer a morte e identificar os assassinos. Ele desapareceu na terça, 13.

Com informações do ndmais.combr

Os moradores mais próximos aos locais dos incêndios em dois terrenos ocorridos nesta tarde de quarta-feira, 14, trecho da Rua Alcides Costa, bairro Tiberão, em Floriano-PI, estão revoltados e pedem providências ao dono de um dos locais, no sentido de que o mesmo seja cercado. 

suelene

A senhora Suelene, uma das moradoras mais próximas, citou que no local existem dois problemas, pois quando o mato está grande e verde serve para os viciados e criminosos esconderem produtos de crimes e ainda  usarem drogas e, nesse período seco, sempre há um incêndio no local. Três pessoas nos concederam entrevistas sobre  o problema do incêndio. Veja: 

O comunicador Jota Lima, que atua numa rádio local, afirmou que o terreno foi solicitado ao empresário para que o mesmo fosse usado como mm campo de futebol e, o empreendedor aceitou, mas faltam recursos para limpar a área.

Da redação

Uma mulher identificada por Daguia se jogou nas águas do Rio Parnaíba nesta tarde de quarta-feira, 14. Ela estava na ponte sobre Rio quando se atirou nas águas no momento em que policiais militares, numa viatura,  estavam chegando no local.

vilson

Um popular se ariscou em entrar nas águas e nadou até a mulher e, á alcançou quando ela estava se aproximando da draga, que fica há alguns metros após a ponte na região do bairro Matadouro. Ela foi resgatada com vida, no entando estava desmaiada.

O tenente Vilson Feitosa, do 3º Batalhão, concedeu uma entrevista ao Ivan Nunes sobre o caso.  A Daguia deixou na ponte um aparelho de celular e um chinelo.  

Essa mulher de nome Daguia que mora no bairro Princesa do Sul, de acordo com informações teria dado entrada na UPA na noite dessa terça-feira, 13, com algumas lesões e hematomas pelo corpo, após sofrer agressões fisicas, que segundo informações, teriam partido de um familiar. 

Aguarde mais informações

Da redação

O Pica-pau é um passaro que habita na Amazônia, na Região Nordeste, Centro-oeste e ainda Sul. O vivente que, para muitas pessoas é encantador, mede entre 33 a 38 cm e pesa cerca de 250 g. Na maioria das vezes esse pássaro tem uma coloração avermelhada e possui na cabeça um topete vermelho e ainda, uma faixa branca em cada lado do pescoço.

picapau

De acordo com dados de uma pesquisa feita pelo Piauí Notícias, nesses últimos dias, ao todo são 51 espécies diferentes dessa ave. Os pica-paus, como o nome sugere, utilizam o forte bico para abrir ou alargar buracos nos troncos das árvores à procura de alimento (larvas de insetos) ou para fazer seus ninhos.

No caso dessa imagem que você ver, o animal estava furando um material plástico num poste de energia que fica no bairro Tiberão, em Floriano, e não uma estrutura de madeira. Segundo um morador próximo da estrutura de cimento (poste), o animal já havia furado esse material plástico que foi colocado pelo pessoal da empresa de energia, numa vez anterior, no entanto, os servidores da empresa de energia trocaram a peça.

Meses depois, o Pica-pau insistente voltou ao local e passou a bater com o bico, mas uma vez,  na estrutura plástica que chegou a furar e, ele está agora colocando pequenos galhos e garranchos de determinadas plantas para construir o seu ninho. As imagens foram gravas na manhã do último domingo, 11, pouco depois das 9:00h.

Da redação