brunopraxedesO Internacional anunciou nesta quinta-feira (21), a renovação com o meio-campista Bruno Praxedes até abril de 2025. O garoto de 18 anos foi revelado pelo colorado e esteve presente no título da Copa São Paulo de Futebol Júnior desta temporada.


Em nota divulgada pelo clube, Bruno se diz muito contente em assinar a renovação e poder jogar pelo time profissional do Inter.


“Muito feliz, cheguei faz pouco tempo, mas o clube me deu um voto de confiança e eu fico muito grato. Penso em ganhar muitos títulos e fazer história no clube.”
Praxedes foi promovido ao elenco profissional do Inter após a conquista da Copinha e atuou por quatro jogos sob o comando de Eduardo Coudet.

 

Esporteinterativo

Mesmo adiada para o ano que vem, a Olimpíada de Tóquio (Japão) corre o risco de ser cancelada, caso a pandemia do novo coronavírus (covid-19) não seja controlada até a data do evento, cuja abertura está prevista para o dia 23 de julho. A afirmação foi feita por Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), durante entrevista ontem (20) à rede britânica BBC News.

Ao ser questionado sobre a falta de previsibilidade sobre o controle da covid-19 até a data de abertura da Olimpíada,  pela primeira vez Bach admitiu o cancelamento definitivo do evento.

"Realizar as Olimpíadas no verão [no Japão] é a última opção. Francamente, entendo isso porque você não pode empregar para sempre 3.000 ou 5.000 pessoas em um comitê organizador. Você não pode mudar todos os anos todo o calendário esportivo mundial de todas as principais federações. Você não pode ter os atletas em incerteza. Você não pode ter tanta sobreposição com os futuros Jogos Olímpicos, por isso entendo essa abordagem de nossos parceiros japoneses”. 

Apesar da possibilidade real de cancelamento, o presidente do COI reforçou que está confiante e empenhado na realização dos Jogos, entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. Ele adiantou possíveis medidas de segurança sanitária, em avaliação, como a quarentena de todo o efetivo de profissionais e os cerca de 11 mil atletas. 

“Temos de estar preparados (...) Ao mesmo tempo, estamos olhando os cenários que isso [covid-19] pode exigir para a organização, no que diz respeito às medidas de saúde, elas talvez precisem de quarentena para os atletas, para parte dos atletas, para outros participantes. O que isso pode significar para a vida em uma Vila Olímpica e assim por diante? Todos esses cenários diferentes estão sendo considerados, e é por isso que estou dizendo que é uma tarefa gigantesca, porque há tantas opções diferentes que não é fácil resolvê-las agora. Quando tivermos uma visão clara de como será o mundo em 23 de julho de 2021, tomaremos as decisões apropriadas”. 

Ainda durante entrevista à BBC News, o dirigente classificou como especulação notícias de que os Jogos de Tóquio ocorrerão sem a presença de torcedores. 

“Não é isso que queremos, porque o espírito olímpico é sobre unir fãs. Isso que torna os Jogos únicos. Mas quando chegaríamos a essa decisão... eu pediria que você me desse mais tempo para consultas com os atletas, com a Organização Mundial de Saúde, com os parceiros japoneses”, concluiu.

 

Agência Brasil

luisenriqueO técnico da seleção espanhola de futebol, Luis Enrique classificou o jogo de futebol sem torcida como algo "mais triste que dançar com a irmã". Em uma entrevista concedida no programa Colgados Del Aro, o ex-treinador do Barcelona não escondeu a frustração que é assistir a uma partida de futebol com os portões fechados para a torcida.

"[Jogar sem torcida] é mais triste que dançar com sua própria irmã. Eu vi o futebol alemão e é lamentável. Se ouvem os insultos e se perde a intimidade dos bons momentos, mas deve-se entender que esse é um negócio que gera muito dinheiro e mesmo que o espetáculo fique muito diferente de quando há pessoas no estádio, isso pode ajudar na quarentena", disse Luis Enrique.

O treinador da Espanha falou sobre como é e como deve ser a relação de um técnico com seus jogadores no vestiário e destacou a importância de ser justo com todos os membros de um time.

"Cada vez que acontece uma briga no vestiário você precisa ver como trata o craque do time da mesma forma que aquele que não joga ou o que se atreveu a falar qualquer coisa. São essas coisas que marcam sua relação com o grupo, se você foi justo e sincero", falou Enrique.

Luis Enrique passou cerca de cinco meses afastado da seleção para acompanhar o tratamento da filha, Xana, que faleceu em agosto de 2019. Após um período afastado, o treinador retomou o posto em novembro de 2019 com olho na Eurocopa 2020, que foi adiada por conta da pandemia do novo coronavírus e será disputada no meio de 2021.

"A incerteza dói e nos assusta e assim será o dia a dia. Esperamos que se reiniciem todas as atividades, e que o futebol comece porque a gente faz o que mais gosta e logo vamos voltar com os amistosos. Em tese, a seleção deveria jogar amistosos em setembro, mas só acontecerá se a normalidade estiver restaurada. Outras coisas são mais importantes agora e vamos esperar", declarou Enrique.

 

Yahooesportes

democraciaflaApós a Prefeitura reforçar, em reunião na última quarta-feira (20) que os treinos não estão autorizados no Rio de Janeiro, o Flamengo manteve a programação e os jogadores se apresentaram nesta quinta-feira (21) no CT George Helal, o Ninho do Urubu. O clube não tem registrado as práticas nas redes sociais e a imprensa está vetada.

Olha isso #pichação é crime em meio ao caos de #covid_19 tem babaca que sai a rua para poder pichar um patrimônio do clube de regatas Fla independentemente se for Flamengo ou outro qualquer tipo destituição não se pode pichar !!!
#flamengo @PaparazzoRN @DominioRubroN @Deco_SRN pic.twitter.com/km7oUfbIsP


Este é o terceiro dia de atividades no Ninho do Urubu. Após o elenco ser submetido à exames na segunda-feira, os atletas foram aos campos e trabalharam com bola na terça e na quarta-feira.
Muro da Gávea é pichado

Os muros da Sede da Gávea, na Zona Sul do Rio de Janeiro, foram pichados na madrugada desta quinta-feira (21). As mensagens chamavam o presidente Rodolfo Landim e o vice de relações externas do Rubro-Negro, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, de "fascistas". "Clube do povo" e "somos democracia" também foram outros dizeres escritos no muro das instalações.

 

Lançe

Foto: reprodução twiter