O título brasileiro do Flamengo reacendeu a polêmica sobre 1987. Afinal, o clube carioca agora é hexa ou hepta campeão? Coincidência ou não, na noite desta quarta-feira, antes de entregar o troféu aos jogadores, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, ergueu a taça sete vezes. Seria uma referência ao hepta rubro-negro?

flataça
A polêmica é complexa, e o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o Sport seja considerado o único campeão de 1987. Ainda assim, CBF emitiu nota no início da semana opinando que o Flamengo é "merecedor da designação de heptacampeão brasileiro".

Confira a nota da CBF
A CBF esclarece que, ao longo do processo judicial sobre o Campeonato Brasileiro de 1987, defendeu que o título fosse compartilhado entre Sport Clube do Recife e Clube de Regatas do Flamengo. A decisão judicial determinou que o Sport Clube do Recife fosse considerado o Campeão Brasileiro daquele ano. Sob o ponto de vista esportivo, a CBF, a título de opinião, considera que o Clube de Regatas do Flamengo é merecedor da designação de heptacampeão brasileiro.

 

GE

Foto: André Durão

cahpbfgA Chapecoense foi derrotada pelo Botafogo, por 1 a 0, em plena Arena Condá, nesta quarta-feira, e amargou seu primeiro rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A seis anos após chegar à elite vindo da Série D. Rhuan garantiu o segundo triunfo seguido do Fogão.


PENÚLTIMO LUGAR
A Chapecoense amarga o descenso na penúltima colocação com apenas 28 pontos, podendo chegar aos 37 do Ceará, primeiro rival fora da degola. O problema é que o Ceará tem dez vitórias e a Chapecoense só chegaria a nove.

O Botafogo, por sua vez, pulou para o 13º lugar com 42 pontos, agora, com seis a mais do que a zona de rebaixamento. Chapecoense e Botafogo se enfrentaram pela 10ª vez na história. Agora, são seis vitórias do Botafogo, três triunfos da Chapecoense e um empate.

CHUVA E SONO!
Chapecoense e Botafogo entraram em campo precisando da vitória, mas pouco foram atrás dos três pontos. O 1º tempo, aliás, deu sono, ainda mais com a chuva que caiu em Chapecó. As arquibancadas vazias deixaram os 45 minutos iniciais ainda mais sem graça.

Para não dizer que não teve nada, Roberto arriscou de longe e fez Gatito defender logo no 1º minuto. Aos 40 minutos, Rhuan cortou para o meio e bateu firme. A bola passou com perigo no gol alviverde. Cinco minutos depois, Roberto recebe de Eduardo e finaliza da pequena área, mas manda por cima do gol botafoguense e perde a melhor chance do jogo. Nada mais.

 

TRAVE E GOL!

A Chapecoense começou o 2º tempo com tudo e, logo no 1º minuto, acertou a trave do Botafogo. Roberto cruzou e Fernando jogou contra o próprio patrimônio.

Se a Chape ficou no "uhuuuu", o Botafogo foi para as redes. Aos 8 minutos, João Paulo meteu linda bola para Rhuan que percebeu a saída do goleiro catarinense e tocou por cima para fazer seu primeiro gol no profissional.
O gol, por incrível que pareça, esfriou a partida. A Chapecoense mostrou o motivo de estar na vice-lanterna e pouco assustou o Botafogo. O Glorioso segurou o placar e garantiu os três pontos e rebaixou a Chape.

 

futebolinterior

 

mariapiaA técnica Pia Sundhage anunciou nesta quarta-feira as jogadoras convocadas para um período de treinamentos na Granja Comary de 2 a 15 de dezembro em preparação aos amistosos contra o México nos dias 12 de dezembro, na Arena Corinthians, e 15, na Fonte Luminosa, em Araraquara. As atletas se apresentam no próximo dia 2. Sobre a ausência de Marta, que está em férias da temporada com o Orlando Pride, a treinadora ressaltou que a camisa 10 precisa de um descanso dos gramados até mesmo para exercer suas atividades extras que, como ela citou, inspiram muitas jovens pelo muito.

- Ela tem um calendário cheio e e esteve ocupada com diferentes coisas. Ao invés de vir, nós mudamos o calendário. Ela precisa de um descanso. Está em diversos lugares. E ela faz um ótimo trabalho em ser um modelo para as jovens jogadoras. Conversamos e disse fique em casa e descanse e volte renovada no próximo ano. Ela é madura o bastante para saber o que é melhor para ela - disse Pia.

A treinadora informou também a razão da ausência da titular do gol, Barbara, que tem compromissos em sua faculdade de Enfermagem.

- Ela é uma mulher e quer ser enfermeira e quem sabe médica. Ela tem provas agora em dezembro. Então ela não conseguiu ir. Essa é a realidade de algumas mulheres que jogam futebol. Com isso, outras goleiras receberam chance nesse período de treinos. A razão por eu mencionar Barbara é porque ela é atualmente a goleira titular - afirmou Pia, que também falou dos casos de Tayla e kathellen, que não têm atuado pelos seus clubes e pediram para serem liberadas para os treinos com o Brasil.

Desejada pelos torcedores da seleção brasileira, Pardal, zagueira titular do Corinthians, campeão da Libertadores e Paulista neste ano, não foi chamada mais uma vez. Questionada sobre a ausência, Pia limitou-se a dizer que não fala sobre as atletas não presentes na lista e disse que, se ela continuar em alto nível, pode ser chamada no próximo ano.

- Não sou fã de falar de jogadoras que não chamei. Estamos sempre analisando e se ela continuar jogando bem pode ser chamada no próximo ano – afirmou sobre Pardal.

Em relação à defesa, ainda alvo de críticas, Pia disse que vê uma evolução, mas ainda não está satisfeita. Segundo ela, é preciso uma defesa forte, pois isso faz um ataque melhor. Ela ressalta que o Brasil não pode correr atrás da bola e precisa tê-la. A comandante comentou também sobre a presença de Gabi Zanotti. Ela afirmou que está curiosa para ver a atuação da meia em um outro ritmo de jogo.

- Gabi foi chamada porque eu acho que ela foi a melhor jogadora que eu vi na última final (Paulista). Ela é uma ótima meia. Agora, temos uma diferença. Minha assistente viu PSG com Formiga contra o Lyon e a velocidade do jogo é mais veloz. Então estou muito curiosa se Gabi pode jogar assim. Ela lê bem o jogo e é boa jogadora. Agora, se ela é boa, levarei ela até as Olimpíadas porque não olho a idade e sim o agora - disse.

 

Como o período não faz parte da data Fifa, apenas as jogadoras que não estiverem com calendário oficial pelos seus clubes serão chamadas. Atletas que jogam na Europa estão vetadas. Vale lembrar que o próximo período Fifa será em 13 de janeiro, quando também há a fase final das disputas da eliminatórias aos Jogos Olímpicos por AFC e Concacaf. Em razão do calendário, a lista contou com diversas atletas que atuam no país. O presidente da CBF, Rogerio Caboblo, fez questão de ressaltar que os locais das partidas amistosas foram escolhidos para enaltecer as equipes que se destacam no cenário feminino nacional, Ferroviária e Corinthians.

Veja a lista de convocadas:

GOLEIRAS
Letícia (Corinthians)
Luciana (Ferroviária)
Carla Maria (São Paulo)
Gabrielli (Flamengo)

DEFENSORAS

Tamires (Corinthians)
Fernanda (Flamengo)
Erika (Corinthians)
Rafaelle (Changchun)
Bruna Benites (Internacional)
Tayla
Kathellen (Bordeaux)
Isabella (Palmeiras)
Giovana (Avaldsnes)
Bruna (Avaí-Kindermann)

MEIAS
Fabiana (Inter)
Luana (Jeonbuk)
Gabi Zanotti (Corinthians)
Aline Milene (Ferroviária)
Debinha (North Carolina Courage)
Poliana (São José)
Andressinha (Portland Thorns)
Chu (Changchun)

ATACANTES
Cristiane (São Paulo)
Millene (Corinthians)
Victoria (Corinthians)
Duda (Avaldnes)
Beatriz (Incheon Hyundai)

 

GE 

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

Torcedores do Palmeiras protestaram na porta da Academia de Futebol durante o treino desta quarta-feira. Alguns deles apareceram no local vestidos como os personagens Bananas de Pijamas. Os principais alvos foram o presidente Maurício Galiotte e o diretor de futebol Alexandre Mattos.

bananadepijama

Uma caixa de som foi levada ao centro de treinamentos e tocou repetidamente a música tema do seriado, sucesso nos anos 90.
A diretoria do Palmeiras reforçou a segurança da Academia de Futebol e acionou a Polícia Militar, que deslocou três viaturas e duas motos para o local.

O grupo de torcedores foi dispersado pelos policiais logo em seguida. Por volta das 13h, já sem torcedores no local, o ônibus que levou a delegação ao aeroporto deixou a Academia com escolta policial. Nenhum incidente foi registrado.


O Palmeiras enfrenta o Fluminense, quinta-feira, às 19h30, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O Verdão briga com o Santos para terminar em segundo após a confirmação do título do Flamengo.

Na segunda-feira, um grupo colocou bananas em frente à empresa do presidente Maurício Galiotte, em Barueri, na região metropolitana de São Paulo. Quase que simultaneamente, outros torcedores protestaram contra dirigentes, jogadores e comissão técnica na arena.

 

GE

Foto: Tossiro Neto