jjesussOs últimos dias, mais precisamente desde o retorno de Jorge Jesus ao Brasil, foram catalisadores para que as conversas a respeito da renovação de contrato entre o técnico e o Flamengo avançassem. E, nesta segunda-feira, o comandante português deixou um recado positivo em seu Instagram, com máscara rubro-negra na imagem.

- Venceremos juntos - escreveu na rede social, marcando o perfil oficial do Flamengo, sem indicar se há relação com a permanência no Ninho do Urubu.

No último domingo, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Fla, e Jorge Jesus animaram a Nação Rubro-Negra, também via redes sociais. O Mister compartilhou uma foto ressaltando o carinho que foi acolhido no Rio de Janeiro. O dirigente, por sua vez, respondeu em seu Twitter: " O dia está maravilhoso mesmo, Jorge... (risos). Vamos em frente." Veja mais aqui.

O atual contrato de Jorge Jesus é válido até o dia 20 de junho, mas as partes - em negociação há meses - caminham para um acordo, com readequação dos termos em meio à crise causada pela pandemia do coronavírus. A proposta da diretoria do Flamengo é pela renovação com o Mister até dezembro de 2021. O prazo, por ora, indica ser o principal entrave para o desfecho das conversas.

 

Lançe

Dependendo dos resultados dos exames de Covid-19, que sairão no início da semana, o Atético-MG vai definir uma data para reiniciar os treinamentos na Cidade do Galo. O diretor médico Rodrigo Lasmar disse que os atletas estão "muito interessados em voltar, mas preocupados e perguntando sobre as medidas que serão tomadas". Um dos atletas com um "pé atrás" é Réver. Em entrevista à Globo, o capitão se mostrou favorável à volta "aos poucos", mas mencionou algumas preocupações.

Uma das preocupações do capitão é com aqueles jogadores que "não se cuidaram". Na opinião do zagueiro, quase todo o elenco cumpriu à risca as recomendações de isolamento, mas houve exceções. Duas delas, não mencionadas por Réver, são Cazares e Otero, que foram flagrados jogando uma "pelada" em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

"Acredito que 99% dos nossos atletas se cuidaram nessa quarentena, mas tiveram algumas exceções. Sempre acaba acontecendo e é inevitável. Nós sabemos como que as coisas funcionam nessa situação. Em meio período, a pessoa quer sair e extrapolar" - Réver.
- Imagino que a maioria acabou tendo esse pensamento de se cuidar, resguardar e pensar no próximo. Nisso que estamos passando, não seria justo colocar em risco e trazer essa doença, que está sendo tão cruel com todos nós, para dentro de casa - completou.

 

O experiente defensor atleticano, de 35 anos, mencionou ainda uma ansiedade e curiosidade sobre como o clube vai fazer para evitar contato entre jogadores.

- Isso está deixando a gente até preocupado, ansioso para saber como vai ser, pois o futebol é contato o tempo todo. Se você está com a bola, você está cercado de jogadores. Se você está sem a bola, você está tentando manter um posicionamento, marcando o seu adversário. Ou seja, o jogador sempre vai ter essa distância, que tanto se pede, não sendo algo tão simples de cumprir. Gera uma ansiedade para saber como vai ser a questão desses treinamentos. Acredito que nos primeiros dias deva ser algo mais individualizado - disse.

  • É algo que está me deixando muito curioso para saber como vai ser, já que (ficaram) tanto tempo pedindo para manter esse distanciamento e agora, do nada, poder voltar e estar próximo dos seus companheiros correndo o risco, já que não sei se todos os atletas acabaram cumprindo o isolamento como foi pedido. É algo que nós preocupa também - concluiu.

GE

futebolvoltOs clubes espanhóis começaram nesta segunda-feira (18) a treinar coletivamente em grupos de dez jogadores, seguindo o protocolo sanitário implementado por LaLiga, organizadora da competição, de olho em retomar em junho a competição, suspensa desde março devido à pandemia do coronavírus.

O Barcelona começou a treinar nas primeiras horas da manhã em seu centro de treinamento, informou o clube catalão.

Em fotos publicadas nas redes sociais, é possível ver uma roda de jogadores em que estão Gerard Piqué e Sergio Busquets, entre outros.

O Real Madrid também retomou os treinos coletivos em sua cidade esportiva, nos arredores da capital espanhola.

Nas fotos publicadas pelo clube, é possível ver o capitão Sergio Ramos correndo ao lado de Dani Carvajal, além de Marcelo na companhia de Raphael Varane.

O governo espanhol autorizou todas as equipes a treinar coletivamente, embora algumas delas estarem em regiões que ainda seguem a fase mais rigorosa do plano de relaxamento do confinamento.

É o caso de Real Madrid e Barcelona, mas também de Espanyol, Leganés, Getafe e Real Valladolid. O restante das equipes da primeira divisão se encontram em regiões com menos restrições.

"A confirmação dos treinamentos em grupo vem para equiparar todos os treinamentos", se alegrava no domingo o presidente da LaLiga, Javier Tebas, à emissora Movistar+.

Tebas voltou a reiterar seu desejo de disputar a partir de junho as últimas onze rodadas do Campeonato Espanhol que faltam, mas insistiu que isso dependerá da autorização do governo.

"Acontecerá quando as autoridades de saúde autorizarem e esperamos que seja o quanto antes e nas datas que estamos trabalhando. Estamos trabalhando com (a possibilidade de voltar a jogar) a partir de 12 de junho", garantiu o presidente da LaLiga.

Tebas também se mostrou satisfeito com o início da Bundesliga alemã, no último fim de semana: "Estou orgulhoso da Bundesliga, não era fácil, foram os primeiros e são o exemplo a seguir".

 

yahooesportes

Walter Feldman, secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), está preocupado com um possível encerramento antecipado de alguns Campeonato Estaduais. Afinal, tal medida relacionado ao novo coronavírus iria interferir na classificação da Série D do Brasileirão.

 "Nós vamos ajudar, orientar, mas existe uma realidade cuja deliberação deve se dar no plano estadual. Alguns, inclusive, pensam em cancelar os campeonatos. Para nós seria um problema, à medida em que os campeonatos estaduais têm uma incidência particularmente na Série D", disse ele ao Troca de Passes.

"Queremos que isso seja feito em processo de conexão, de sequência, e estamos orientando no sentido de que nenhum campeonato seja cancelado. Mas evidentemente vai ser uma deliberação de cada federação", completou.

"Queremos que isso seja feito em processo de conexão, de sequência, e estamos orientando no sentido de que nenhum campeonato seja cancelado. Mas evidentemente vai ser uma deliberação de cada federação", completou.

O Campeonato Amazonense, por enquanto, foi o único Estadual que confirmou o encerramento da edição 2020 por conta da pandemia da Covid-19. Já a fase de grupos da Série D deveria começar neste fim de semana, mas segue sem data por causa do problema vivido em todo planeta.

 

futebolinterior