gabigolA demora de Gabigol para responder à proposta do Flamengo vai custar caro ao Rubro-Negro. É que a Inter de Milão não aceita mais a proposta de 16 milhões de euros acordada verbalmente em agosto do ano passado. O Blog apurou que a nova cifra discutida entre os clubes é de 18 milhões de euros ou R$ 83,7 milhões.


Ou seja, a pedida dos italianos aumentou em 2 milhões de euros ou R$ 9,3 milhões. A diretoria rubro-negra já concordou em bancar os 18 milhões de euros exigidos pela Inter de Milão.


O martelo só não foi batido ainda porque a Inter ainda quer uma fatia maior do que os 20% combinados há cinco meses. Vice-presidente de futebol, Marcos Braz resiste e tenta manter o acordo anterior, para que o Fla fique com 80% do valor de uma venda futura.

Gabigol e Flamengo se acertaram verbalmente na semana passada, depois que o atacante percebeu que o mercado europeu não garantiria grandes ofertas oficiais nesta janela. O West Ham, da Inglaterra, foi aquele com maior interesse, mas a mudança não agradou os viajantes.

O novo salário do artilheiro do Brasileirão e da Libertadores ultrapassará R$ 1,5 milhões por mês. Essa era uma das exigências do goleador para ficar - ele tinha direito a R$ 1,25 milhão mensal no ano passado e cobrava que o Fla igualasse os números que ele possuía na Inter de Milão, o que foi atendido.

A tendência é de que o martelo entre Flamengo e Inter seja batido ainda nesta semana. Gabigol assinará um contrato entre quatro e cinco anos de duração, com multa rescisória gigante.

 

Yahooesportes

Foto: Bruno Baketa/Agif

aranaO Palmeiras também está interessado em contratar Guilherme Arana e inclusive está conversando com om Sevilla, da Espanha, há alguns dias, conforme contou um dirigente alviverde.

“O Sevilla quer nos emprestar o Arana com obrigação de compra, mas só faremos a operação se for por empréstimo com opção de compra”, disse o dirigente do Palmeiras ao blog.

A publicação aponta que a conexão do lateral-esquerdo com o Corinthians não seria um problema para o jogador, que deseja retornar ao Brasil. O clube alvinegro contratou Sidcley para a posição e não procurou sua cria da base.

Nicola ainda informa que o Atlético-MG já tem um acerto quanto a salário, tempo de contrato e luvas com Arana, restando só uma definição com o Sevilla.


Sem espaço no time espanhol, o jogador de 22 anos foi emprestado à Atalanta, da Itália, esta temporada e disputou apenas quatro partidas no Campeonato Italiano, todas como reserva. A última vez que entrou em campo foi em 10 de novembro.

 

Espn

Foto: Getty Images

palmO Palmeiras está prestes a fazer sua estreia no Campeonato Paulista de 2020. Na quarta-feira, o time entra em campo contra o Ituano, as 19h15 (de Brasília, no Estádio Novelli Júnior, pela primeira rodada do estadual. O torcedor tem motivos para acreditar em um resultado positivo, já que o Verdão não perde em estreias do Paulistão há 25 anos.

Em 1995, a equipe alviverde foi superada pela Portuguesa no jogo que marcou o início do Paulista daquele ano. Desde então, nenhuma derrota. No total, são 14 vitórias e nove empates em 23 edições de estreia contando a partir de 1996 (sendo que 2002 não houve, pela realização do Supercampeonato Paulista e outra fórmula de disputa).


Em 2019, sob o comando de Felipão, o Palmeiras começou o Estadual com um empate em 1 a 1 fora de casa contra o Red Bull Brasil. O gol da equipe foi marcado por Miguel Borja.

Apesar de invicto nas estreias, o Paulistão ainda é uma pedra no sapato do time, que não vence a competição desde 2008, quando era, inclusive, dirigido por Vanderlei Luxemburgo.
CONFIRA A RELAÇÃO DAS ÚLTIMAS ESTREIAS DO PALMEIRAS:
28.01.1996 – Palmeiras 6×1 Ferroviária (Palestra Italia)
08.02.1997 – São José 1×1 Palmeiras (Martins Pereira)
07.03.1998 – Palmeiras 2×2 Guarani (Pacaembu)
07.03.1999 – Palmeiras 1×1 Santos (Morumbi)
08.03.2000 – Palmeiras 1×1 Guarani (Palestra Italia)
21.01.2001 – Botafogo 3×3 Palmeiras (Santa Cruz)
26.01.2003 – Palmeiras 2×1 Mogi Mirim (Palestra Italia)
21.01.2004 – Palmeiras 5×2 Paulista de Jundiaí (Palestra Italia)
19.01.2005 – Inter de Limeira 3×5 Palmeiras (Major José Levy Sobrinho)
12.01.2006 – Palmeiras 2×1 Ituano (Palestra Italia)
18.01.2007 – Palmeiras 4×2 Paulista de Jundiaí (Palestra Italia)
17.01.2008 – Palmeiras 3×1 Sertãozinho (Arena Barueri)
21.01.2009 – Santo André 0x1 Palmeiras (Santa Cruz)
16.01.2010 – Palmeiras 5×1 Mogi Mirim (Palestra Italia)
15.01.2011 – Palmeiras 0x0 Botafogo (Pacaembu)
22.01.2012 – Bragantino 1×2 Palmeiras (Nabi Abi Chedid)
20.01.2013 – Palmeiras 0x0 Bragantino (Pacaembu)
18.01.2014 – Palmeiras 2×1 Linense (Pacaembu)
31.01.2015 – Palmeiras 3×1 Audax (Allianz Parque)
31.01.2016 – Botafogo 0x2 Palmeiras (Santa Cruz)
05.02.2017 – Palmeiras 1×0 Botafogo (Allianz Parque)
18.01.2018 – Palmeiras 3×1 Santo André (Allianz Parque)
20.01.2019 – Red Bull Brasil 1×1 Palmeiras (Moisés Lucarelli)

 

gazeta

Foto: Cesar Greco/SEP

fredA reunião entre Cruzeiro e o atacante Fred, que aconteceu nesta segunda-feira, 20 de janeiro, não terminou em acordo entre as partes e a saída do jogador, de 36 anos, é dada como certa na Toca da Raposa.

Com a recusa em reduzir seus salários para ficar no clube, Fred deve rescindir o seu contrato com o Cruzeiro até o fim desta semana, ficando livre no mercado para acertar com outra equipe. o Fluminense já demonstrou interesse em contar com o artilheiro, e pode entrar no circuito assim que o jogador deixar o clube mineiro.

A conversa contou com Fred, seu empresário,Franscis Melo, o diretor de futebol do Cruzeiro, Ocimar Bolicenho, o supervisor administrativo, Benecy Queiroz, e o "interlocutor" do futebol com o conselho gestor, Carlos Ferreira.

Fred tem contrato com o Cruzeiro até o fim do ano e haverá uma conversa com o técnico Adílson Batista para que seja permitido que o atacante treine com o grupo durante a semana até que tudo se resolva.

A forma de saída de Fred do Cruzeiro deverá caminhar para um acordo amigável, com o jogador acertando formas com a Raposa de receber os valores em atraso a que tem direito, sem que haja intervenção judicial.

A permanência de Fred no Cruzeiro se tornou inviável para o clube devido a recusa do jogador de reduzir seus vencimentos, bem acima do teto de R$ 150 mil que a Raposa quer implantar. O presidente do conselho gestor, Saulo Fróes, havia dito que Fred “estava irredutível“ quanto a diminuir os valores mensais que recebe do time celeste.

Sem Fred, o Cruzeiro terá na estreia do Mineiro 2020 um ataque formado por jovens da base, com destaque para Vinícius Popó e Judivan.

Fred iniciou sua segunda passagem pelo Cruzeiro em dezembro de 2017, após uma polêmica saída do rival Atlético-MG, pois assinou uma rescisão contratual proposta pelo Atlético-MG, no valor de R$ 10 milhões caso assinasse com a Raposa. Esse fato gerou uma disputa jurídica que perdura desde 2018 e que terá fim ainda este ano. Ele fez 69 jogos e 25 gols. No total, são 140 partidas, com 80 gols.

Caso perca, Fred terá de pagar ao alvinegro o valor da multa acrescidos de juros. O último recurso do jogador será no Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem.

 

yahooesportes