O Uruguai foi derrotado por Portugal na segunda rodada do Grupo H da Copa do Mundo. O pênalti marcado pelo árbitro Alireza Faghani a favor dos portugueses, por conta de uma mão de José María Giménez, que resultou no placar de 2 a 0, pode ter sido "mal sancionado".

penalti

No final do jogo, Bruno Fernandes chutou e o zagueiro celeste tocou a bola com a mão enquanto caía no chão. Uma divisão de opiniões surgiu rapidamente, e, de acordo com alguns dirigentes, a Fifa reconheceu o erro.

Em conversa com o programa 100% Sport transmitido pela Sport 890, no Uruguai, Eduardo Ache, executivo da AUF, alegou que o chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, admitiu que "o árbitro da partida tomou uma decisão errada" ao marcar o pênalti.

Ache diz ainda que a informação foi confirmada pelo presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, já que foi o próprio quem conversou com Busacca na tentativa de denunciar formalmente o ocorrido.

  • O próprio presidente da Conmebol conversou com Busacca, que acabou reconhecendo que foi uma má decisão. O próprio Busacca admitiu que a decisão do árbitro não foi correta, vocês entendem? O VAR chamou e o árbitro foi "na onda". Isso é o que o Busacca disse - alegou Ache.

O gol de pênalti em questão pode ser fundamental, já que, dependendo dos resultados da última rodada, o tento sofrido pode afetar a diferença no saldo, algo importante para os critérios de desempate em busca de uma possível classificação celeste às oitavas.

Lance

Foto: GLYN KIRK / AFP

Com o mês de dezembro batendo a porta os clubes piauienses se veem cada vez mais pressionados a iniciar os trabalhos voltados para temporada 2023. O CoriSabbá, de Floriano, ainda não tem comandante definido e renovou com algumas peças responsáveis por manter o clube na elite do futebol piauiense.

kamar

O Cori se apresenta no dia 12 de dezembro e tem como primeiro compromisso do Estadual o jogo contra o Altos, no dia 11 de janeiro, às 19h, no estádio Tibério Nunes, em Floriano.

“Já temos o nosso comandante faz tempo, só não anunciamos. Vamos deixar para fazer isso quando estiver mais próximo de apresentar o elenco. Estamos com tudo montado já e fizemos algumas mudanças”, disse o presidente Anderson Kamar, mantendo o tom de mistério.

Entre os nomes confirmados no elenco estão – Kary, 23 anos, meio-campo com passagens por outros clubes do futebol piauiense como River, Tiradentes e o próprio CoriSabbá ao longo da disputa do Campeonato Piauiense desse ano. Além dele, nesta mesma função, o setor criativo o time confirmou o nome de José Vinicius, de 23 anos, ex-Sport e Democratas de Sete Lagoas.

No setor do ataque, nome confirmado é do atacante Anderson Diamente, mais um nome jovem, de 21 anos, com passagens pelas categorias de base do Tiradentes-PI e Oeste-SP. O atleta também irá para uma segunda temporada com a camisa da Águia de Floriano.

Em 2022, o time passou todo o Campeonato Piauiense lutando contra o rebaixamento, que acabou levando a Série B o Oeirense e o Flamengo, mas a intenção da diretoria é conseguir mudar essa realidade para próxima temporada e brigar na parte de cima da tabela, já que após os 14 jogos iniciais somente quatro times seguem nas disputas.

O Piauiense começa no dia 11 de janeiro. Terão oito clubes na briga por título e vagas nacionais. A Águia de Floriano é o único representante do Sul do estado. O Cori se apresenta no dia 12 de dezembro e tem como primeiro compromisso do Estadual o jogo contra o Altos, no dia 11 de janeiro, às 19h, no estádio Tibério Nunes, em Floriano.

Com informações do cidadeverde

Foto: Renato Andrade

A Holanda confirmou sua classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo do Catar como primeira do Grupo A ao vencer a frágil seleção anfitriã, já eliminada, por 2 a 0, nesta terça-feira, no estádio Al-Bayt, em Al Khor. Os gols foram marcados por Cody Gakpo e Frenkie de Jong (49) em um jogo em que os holandeses não enfrentaram dificuldades.

holandaoitavas

Com esta vitória, a Holanda fecha a fase de grupos com 7 pontos, seguida pelo Senegal que venceu o Equador por 2 a 1 no mesmo horário no Estádio Internacional Khalifa e se classificou como segundo.

Os holandeses vão enfrentar na próxima fase o segundo colocado do Grupo B, em que Inglaterra, Irã, Estados Unidos e País de Gales decidem as duas vagas nesta quarta-feira.

Já o Catar decepcionou sua torcida e terminou a competição com nenhum ponto conquistado e apenas um gol marcado (na derrota por 3 a 1 para o Senegal), um recorde negativo para um país-sede.

Para garantir a classificação, a Holanda só precisava vencer ou empatar. Até mesmo perdendo os holandeses poderiam avançar, dependendo do resultado da outra partida, que foi disputada no mesmo horário.

O atacante do Barcelona Memphis Depay, que se recuperava de uma lesão na coxa, fez sua primeira partida como titular.

O técnico Louis van Gaal já havia dado minutos a Depay contra o Equador (1-1) e Senegal (vitória por 2-0).

Nesta terça-feira, Depay jogou no ataque - em um esquema 3-5-2 - ao lado de Cody Gakpo, destaque nos dois primeiros jogos, com dois gols marcados.

Do lado do Catar, o técnico espanhol Félix Sánchez não fez grandes alterações, mantendo no gol Meshaal Barsham, titular desde o segundo jogo.

As arquibancadas do estádio Al-Bayt, o mais afastado de Doha, exibiam lugares vazios pouco antes do jogo, com uma tímida presença da torcida holandesa.

Um grande número de torcedores do Catar, muitos vestidos com a tradicional Dishdasha (traje típico dos homens) foram chegando já com a partida iniciada. O público total foi de 66.784 espectadores.

AFP

A Seleção Brasileira terá mais um desfalque para a partida contra Camarões, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de 2022. O lateral esquerdo Alex Sandro sofreu uma lesão muscular na vitória de 1 a 0 sobre a Suíça e, com isso, não terá condições de enfrentar os africanos.

alexssandro

O defensor passou por exames de imagem nesta terça-feira e foi diagnosticado com uma contusão no músculo do quadril esquerdo. Ele sentiu um incômodo na região já na reta final do embate com os suíços e precisou ser substituído aos 41 minutos do segundo tempo.

Gazetaesportiva