Carlos Carvalhal fechou com o Braga, mas o Flamengo tem outro português em sua lista. Trata-se de José Peseiro, com quem a diretoria se reuniu na noite de segunda-feira, na província do Algarve, em Portugal. A informação foi divulgada pela "ESPN" e confirmada pelo ge.

A conversa de Peseiro com Marcos Braz e Bruno Spindel seguiu o tom das anteriores, mais para conhecer melhor o treinador e suas ideias. Não foi feita proposta oficial até o momento.


A dupla de dirigentes rubro-negros está em Lisboa e segue o processo de avaliação para o novo treinador, embora já tenha marcado nova conversa com Domènec Torrent para discutir valores, tempo de contrato e formação de comissão técnica. O catalão reúne características que agradam à diretoria e teve um primeiro encontro com eles no último sábado.

Antes de Peseiro, o Flamengo se reuniu com outros três treinadores: Domènec Torrent, Fernando Hierro e Carlos Carvalhal. Este último preferiu acertar com o Braga.

Peseiro tem 60 anos e está atualmente no comando da seleção da Venezuela. Seu currículo é vasto e inclui passagens pelo Porto e pelo Sporting, dois grandes de Portugal, bem como diversos trabalhos no Oriente Médio. Ele também foi auxiliar de Carlos Queiroz no Real Madrid na temporada 2003/2004.

 

GE

danielO São Paulo já tinha garantido a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista antes da paralisação, porém foi só apenas vencer o Guarani que assegurou a liderança do grupo C. Como mandante, o Tricolor receberá o Mirassol na próxima quarta-feira, às 19h. A partida contra a equipe do interior será a primeira de caráter eliminatório que Daniel Alves disputará pelo clube.

O camisa 10 foi anunciado como reforço do São Paulo em agosto de 2019 e, desde então, assumiu um importante posto de liderança dentro do elenco. Além de ser o capitão do Tricolor, Daniel Alves é o principal destaque técnico da equipe dentro de campo, sem deixar de lado a responsabilidade de comandar o time com palavras de ordem e orientações no gramado.

Daniel Alves ainda não teve a oportunidade de disputar um jogo eliminatório pelo São Paulo por conta do desempenho ruim do Tricolor no primeiro semestre de 2019. A equipe caiu para o Talleres na segunda fase da Libertadores e foi eliminada pelo Bahia nas oitavas da Copa do Brasil.
O São Paulo conta com a liderança de Daniel Alves e seu histórico vencedor para voltar a conquistar títulos depois de uma seca de quase oito anos. Vale lembrar que o camisa 10 é o jogador com mais troféus na história do futebol mundial, com 40 taças levantadas em sua carreira.

O duelo com o Mirassol também será o primeiro eliminatório de Juanfran com a camisa do São Paulo. O lateral-direito chegou ao Morumbi dois dias depois de Daniel Alves e não disputou nenhum jogo da Libertadores ou da Copa do Brasil de 2019.

 

gazetaesportiva

muricyEx-treinador, ídolo de São Paulo e Santos e comentarista esportivo na "Globo", Muricy Ramalho tem experiência quando o assunto é bastidor dos clubes. Multicampeão, ele avalia que o Corinthians conseguiu melhorar seu modo de jogo e evoluiu com as alterações feitas por Tiago Nunes. Contudo, as mudanças, na realidade, apenas voltam a maneira antiga do clube atuar com outro treinador.

- Corinthians vai ser perigoso nessa fase porque voltou a jogar "à la Carille", por uma bola, marcando. Voltou a ser competitivo. E agora com a volta do Jô e do Cantillo, vai ser um time tático - disse o ex-treinador, que seguiu:

- Claro que o Tiago vai abrir um pouco mão da sua ideia de ter um time mais para frente, mas para colocar essa ideia precisa ter jogadores. Acho que ele chegou à conclusão de que precisava classificar, para tirar a pressão, conseguir confiança. Ele voltou a jogar como o Corinthians sempre jogou. O Corinthians passa a ser um time perigoso por isso - finalizou ele, em participação no "Bem, Amigos", do "SporTV", nesta segunda-feira.

Apesar disso, o time sofreu para se classificar no Paulistão - venceu seu jogo contra o Oeste, no domingo, por 2 a 0, e contou a vitória do São Paulo. Para Muricy, o futebol apresentado pela equipe do Corinthians demonstrou evolução, demonstrando mais equilíbrio. As mudanças de Tiago Nunes podem, na opinião do comentarista, alterar "completamente" o estilo de jogo.

O Tiago Nunes vai mandar a campo o time do mesmo modo como nesses últimos dois jogos. Os jogadores têm confiança nesse tipo de esquema. Ele escolheu um lateral que marca mais, dois volantes que marcam mais e conseguiu sucesso. E técnico é assim, ele não foi teimoso, mudou o esquema, e os jogadores estão mais confiantes.

 

Lançe

copnoedstO Clássico-Rei, disputado há 101 anos entre Fortaleza e Ceará vai ser disputado pela terceira vez este ano. Há 20 anos que a maior rivalidade cearense não é disputada fora da capital. Além disso, é o primeiro disputado fora do Estado, portanto, com características histórica.


Fortaleza e Ceará vão se enfrentar, nesta terça-feira, pelas semifinais da Copa do Nordeste. O jogo vai acontecer a partir das 21h30 no Estádio de Pituaçu, em Salvador, onde está sendo disputado o restante da competição devido a pandemia de covid-19.
COMO IR À FINAL

Em caso de empate no tempo normal de jogo, o finalista da competição vai ser conhecido na cobrança de pênaltis. O outro finalista vai sair do confronto entre Bahia e Confiança, que será realizado quarta-feira, às 19h30, também em Pituaçu.

O Clássico-Rei já foi disputado em 575 oportunidades, com 193 vitórias do Ceará e 177 triunfos para o lado do Fortaleza. Em 205 partidas, o resultado terminou empatado.

FORA DA CAPITAL
O Clássico-Rei foi realizado fora de Fortaleza há 20 anos. Em 2000, os dois rivais decidiram o Campeonato Cearense na cidade de Sobral, a 220 km de da capital.

O título ficou com o Tricolor, com gol do volante Daniel Frasson, que passou no Bragantino no final dos anos 80.
OS CONFRONTOS EM 2020
A primeira vez que entraram em campo neste ano, houve empate por 1 a 1 em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.
Klaus marcou para o Vovô alvinegro, enquanto Osvaldo, numa bela bicicleta, empatou para o Tricolor.

O segundo confronto foi especial para o Fortaleza que quebrou uma série invicta do Ceará de 16 jogos. Pela sétima rodada do Estadual, o Tricolor venceu por 2 a 1, com gols de Wellington Paulista e Yuri César, enquanto Bergson diminuiu para o Vovô.

 

futebolinterior