O desportista Daniel Lopes que é colaborador na área esportiva, em Nazaré do Piauí, gravou um áudio no próprio Estádio para esclarecer boatos relacionados a Praça de Esportes.

Houve publicações afirmando que o Estádio estaria abandonado, o que segundo ele, não é verdade, pois as práticas  esportivas locais estão paradas devido a pandemia do novo coronavírus, no entanto o mesmo vem sendo cuidado.

daniel

Daniel afirma que o Estádio Moreirão está passando por uma reforma e lembra que inúmeras competições foram realizadas ainda no passado.

Veja:

 

Da redação

loveatacante Vagner Love não é mais jogador do Corinthians. Com uma proposta de um clube da Rússia, ele rescindiu contrato de forma amigável com o Timão.

O adeus de Love foi anunciado nesta sexta-feira, em nota oficial divulgada pelo Corinthians. O comunicado traz uma declaração do atacante, na qual ele agradece aos dirigentes do clube e diz ter recebido "uma oportunidade muito boa" para seguir novos ares. Veja abaixo na íntegra.

Vagner Love tinha contrato com o Corinthians até o fim desta temporada. A saída dele abre espaço para a volta de Jô, cuja contratação está encaminhada pelo Timão.


Love defendeu o Corinthians 121 partidas divididas em duas passagens. A primeira foi em 2015, quando conquistou o Brasileirão. Já a segunda começou em 2019, ano em que ele faturou o Paulistão, tendo marcado o gol do título sobre o São Paulo. No total, Vagner Love marcou 29 vezes com a camisa alvinegra.

Antes da pausa do futebol no Brasil por conta da pandemia de COVID-19, Vagner Love vinha sendo reserva. Porém, em 2020 jogou nove das 14 partidas da equipe.

Agora, o técnico Tiago Nunes conta com os atacantes Boselli, Davó, Everaldo, Janderson e Yony González.

Confira a nota oficial do Corinthians:

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que rescindiu nesta sexta-feira, 5, o contrato com o atacante Vagner Love.

A ruptura do vínculo, que terminaria no fim de 2020, se deu amigavelmente, pelo fato de o atleta ter aceitado uma oferta de transferência.

Dessa forma, o Clube não terá mais que arcar com os custos do restante do contrato, que iria até o fim da temporada.

Em nome do SCCP, a presidência e a diretoria de futebol agradecem a Vagner Love todos os serviços prestados em sua segunda passagem pelo Clube, em que mostrou dedicação e profissionalismo e da qual também sai vitorioso.

No total, o atacante fez 121 partidas e 29 gols. Foi campeão brasileiro em 2015 e paulista em 2019, no qual fez o gol do título.

'Quero agradecer muito por ter voltado ao Corinthians, a Deus e principalmente à diretoria do Clube. Andrés Sanchez, Duilio Monteiro Alves, Vilson, e a todos que se esforçaram para eu voltar ao Clube. Fiquei feliz em ser campeão de novo e agradeço por tudo que vivi. Tive uma oportunidade muito boa na minha carreira e vou seguir novos ares. O Corinthians me permitiu isso.', disse o ex-camisa 9."

 

GE

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

carliJoel Carli está de saída do Botafogo. O clube carioca enfrenta dificuldades financeiras, atenuadas pelas crise do novo Coronavírus, por isso busca reduzir sua folha salarial e o zagueiro argentino de 33 anos é um dos selecionados para deixar o time.

Atualmente Joel Carli possui o maior salário do Alvinegro, 230 mil reais por mês. Valores incompatíveis com a situação financeira Botafoguense, principalmente por se tratar de um jogador de idade mais avançada.

Nas próximas semanas representantes de ambas as partes devem chegar a um acordo à respeito da rescisão de contrato. Joel Carli ainda tem 4,8 milhões a receber pelo contrato, que se estende até dezembro de 2021. O Botafogo espera pagar apenas uma parcela deste valor.

 

 

 

yahooesportes

vitorbuenoEm abril do ano passado, o São Paulo anunciou a contratação de Vitor Bueno, que estava jogando pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e chegou emprestado pelo Santos. E o acerto já era esperado pelo meia-atacante há muitos anos. Em entrevista ao canal oficial do Tricolor, ele contou que sempre imaginou que um dia defenderia as cores do clube do Morumbi.

“Eles (família) sabem, eu sempre falei que sentia que um dia jogaria no São Paulo. Eu sempre fazia gol contra o São Paulo na base, meu primeiro gol como profissional também foi contra o São Paulo, o estilo da camisa do Botafogo-SP (clube pelo qual foi revelado) é parecido… Foi engraçado quando eu acertei porque minha mãe me ligou e disse: ‘bem que você falava’. Era um sentimento que eu tinha lá atrás e acabou acontecendo”, declarou o jogador de 25 anos.

Vitor Bueno também falou sobre a fase do Tricolor Paulista antes da paralisação do futebol devido à pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, o time vinha em evolução, mas ainda não havia atingido seu potencial máximo sob o comando do técnico Fernando Diniz.

“Eu acredito que vínhamos em uma crescente muito boa, que, com certeza, iria evoluir ainda mais. O time tinha encontrado um padrão que o professor pede, que ele queria desde que chegou. Mas acredito que ainda não estávamos no nosso auge. Quanto mais jogarmos juntos, mais confiança vamos ter e mais nosso desempenho vai melhorar”, disse.

O camisa 12, que vem jogando aberto pelo lado esquerdo do ataque, ainda comentou seu posicionamento na equipe são-paulina. Ele contou que prefere atuar exatamente onde vem sendo escalado e explicou que Diniz o dá “muita liberdade” para se movimentar no campo.

“Eu já tinha jogado nessa posição, mas do outro lado, pela direita. Só que eu sempre preferi jogar por esse lado (esquerda). Como sou destro, gosto de cortar para dentro e achar um companheiro ou finalizar. E o professor me dá muita liberdade, ele fala que eu posso estar onde eu quiser no campo, mas sempre com responsabilidade. Estou contente por ter tido uma sequência e por ter conseguido demonstrar o meu futebol em uma posição que eu sempre quis jogar. E com a liberdade e confiança que o professor me dá, eu só tenho a melhorar e crescer com meus companheiros”, completou.

Com o bom desempenho apresentado no ano passado, Vitor Bueno foi contratado em definitivo ao fim da temporada, após ser envolvido em troca com o Santos pelo atacante Raniel. Em 2020, ele é o líder de assistências do time, com quatro em dez jogos disputados.

 

Gazeta

Foto: Paulo Pinto/SPFC