marceloO presidente do Inter, Marcelo Medeiros, revelou ter sofrido ameaças após a derrota por 2 a 0 no Gre-Nal da última quarta-feira, na Arena, pela final do segundo turno do Gauchão. O dirigente se posicionou sobre o momento vivido pelo clube em uma série de postagens em sua conta no Twitter.

Em rápido contato com o ge, o mandatário afirmou que recebeu ligações anônimas com ameaças nos dias que suscederam o clássico. Na publicação, Medeiros diz ainda que entende as cobranças da torcida e admite o momento duro enfrentado pelo clube.

  • A última semana foi muito dura, com justas críticas e cobranças e até mesmo algumas ameaças. Mais do que ninguém, quero ver o Inter campeão. O que nos resta é trabalhar, trabalhar e trabalhar. Nosso compromisso é fazer o certo, com retidão e seriedade. Tenho a convicção de que estamos no caminho, e a recompensa chegará no futuro. Temos a obrigação de sempre fazer o melhor pelo Sport Club Internacional - disse o presidente.

  • A postagem no Twitter é a primeira manifestação pública de Medeiros sobre o momento do clube após a derrota no Gre-Nal. No último sábado, o Inter estreou com vitória sobre o Coritiba no Brasileirão, mas viveu dias atribulados antes disso.

Na quinta-feira, faixas com cobranças a Medeiros, à diretoria e aos jogadores foram afixadas em frente ao Beira-Rio. Um dia depois, na sexta pela manhã, um grupo de 40 torcedores foi ao CT do Parque Gigante para protestar durante o treino.
As cobranças deram lugar à violência. Conforme a Brigada Militar, houve tentativa de invasão. Foguetes foram arremessados na direção do campo, e três torcedores foram detidos.

Após a estreia com vitória sobre o Coritiba, o Inter volta a campo nesta quinta-feira, às 19h30, quando enfrenta o Santos no Beira-Rio pela 2ª rodada do Brasileirão.

 

GE

Foto: Lucas Bubols/GloboEsporte.com

robinhogremioO Grêmio anunciou nesta terça-feira a contratação do meia Robinho, que estava livre no mercado após rescindir com o Cruzeiro. O vínculo do atleta de 32 anos com o Tricolor é válido até o final desta temporada.

Em nota, o clube gaúcho afirmou que chegou a um acordo com o jogador ainda nesta manhã e que agora aguarda a sua chegada em Porto Alegre para realizar exames e assinar o contrato.


Robinho atuou em apenas um jogo nesta temporada. Isso porque ele passou um bom tempo afastado dos gramados por conta de uma lesão em dois ligamentos do joelho esquerdo. A contusão, inclusive, aconteceu em uma partida diante do próprio Grêmio, em dezembro do ano passado, pela 37ª rodada do Brasileirão.

Além de passar pela Raposa, o meia também atuou pelo Palmeiras, onde se destacou
principalmente na conquista da Copa do Brasil de 2015.

 

gazetaesportiva

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) remarcou datas e horários dos jogos de volta dos confrontos pela terceira fase da Copa do Brasil. As partidas serão realizadas entre os dias 25 (terça-feira) e 27 (quinta-feira) de agosto. Os duelos de ida foram disputados antes da paralisação do futebol no país, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A competição será retomada às 16h (horário de Brasília) do dia 25, com o Afogados recebendo a Ponte Preta. A Macaca tem vantagem confortável, já que venceu o compromisso de ida, em Campinas (SP), por 3 a 0. No mesmo dia, às 19h, a Ferroviária visita o América-MG. Na primeira partida, em Araraquara (SP), as equipes ficaram no 0 a 0. Já às 21h30, no Rio de Janeiro, o Fluminense enfrenta o Figueirense, que ganhou o duelo anterior, em Florianópolis, por 1 a 0.

No dia 26, serão cinco jogos. Às 16h (de Brasília), o Cruzeiro encara o CRB em Maceió. O time da casa venceu o jogo de ida, em Minas Gerais, por 2 a 0. No mesmo horário, América-RN e Juventude jogam em Natal, depois do empate por 1 a 1 na partida anterior, em Caxias do Sul (RS). Às 19h, o Botafogo, que venceu o primeiro jogo por 1 a 0, visita o Paraná. Por fim, às 21h30, Goiás e Vasco se enfrentam em Goiânia, enquanto Vitória e Ceará duelam em Salvador. Goianos e cearenses levaram a melhor na ida, por 1 a 0.

Já dia 27, às 19h,  o Brusque recebe o Brasil de Pelotas, após ter vencido fora de casa por 1 a 0. E na sequência, às 21h30, em Porto Alegre, o São José-RS pega o Atlético-GO, que venceu em casa por 2 a 0, antes da paralisação do futebol.

As equipes classificadas à quarta fase terão os confrontos entre si sorteados para definição das vagas às oitavas de final. Os cinco times que avançarem se unem aos oito que iniciaram a temporada na Libertadores (Flamengo, Santos, Palmeiras, Grêmio, São Paulo, Athletico-PR, Corinthians e Internacional) e aos campeões de 2019 na Série B (Red Bull Bragantino),  nas Copas Verde (Cuiabá) e do Nordeste (Fortaleza).

A vaga na quarta fase garante uma bonificação de R$ 2 milhões por clube. Se o time que for o campeão tiver iniciado a participação na Copa do Brasil na primeira fase, a premiação arrecadada durante a competição pode chegar a quase R$ 80 milhões. Devido à pandemia, a decisão está prevista para ocorrer somente em 10 de fevereiro do ano que vem.

Confira AQUI a tabela completa da Copa do Brasil.

 

Agência Brasil

soteldoO presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, admitiu nesta segunda-feira (10) que gostaria de contratar o atacante Yeferson Soteldo, um dos grandes destaques do Santos.


"Quem não quer o Soteldo? Todo mundo quer o Soteldo. Você não quer? É um grande jogador, mas ele pertence ao Santos. Nós temos o nosso elenco e o Soteldo é do Santos. Mas é um grande jogador. A sua pergunta é: gostaria de ver o Soteldo um dia com a camisa do Palmeiras? Gostaria", disse à 'Fox Sports'.


O nome de Soteldo entrou na pauta do Verdão após o Santos ter problemas com jogadores acionando o clube na Justiça, alegando falta de pagamento por mais de três meses. No entanto, nenhum contato com o Peixe foi feito até o momento.


Yeferson Soteldo está no Santos desde o começo de 2019 e vem sendo um dos principais destaques do Peixe desde então. No total, o venezuelano soma 63 jogos e 13 jogos.

Além de Soteldo, o Palmeiras já demonstrou interesse em outro destaque santista: Carlos Sánchez. O Verdão já havia tentado a contratação do meia uruguaio em 2018, antes de sua assinatura com o Santos.

 

esporteinterativo

Foto: Ivan Storti/Santos FC