O Fluminense já tem dois desfalques confirmados para o clássico com o Botafogo, neste domingo, às 20h30, em São Januário. Os atacantes Fred e Caio Paulista estão suspensos na partida pois cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo e pela expulsão, respectivamente. Entretanto, o Tricolor também carrega uma extensa lista de atletas pendurados e pode ter problemas na 33ª rodada, quando encara o Goiás, em casa, dia 31.


Os atletas que tem dois cartões amarelos neste momento são os volantes Martinelli, Yago Felipe e André, os laterais Calegari, Danilo Barcelos e Igor Julião, o atacante Fernando Pacheco, o zagueiro Matheus Ferraz e os meias Michel Araújo e Nenê.


Vale lembrar que Pacheco e André ficaram fora da última lista de relacionados do técnico Marcão no empate por 3 a 3 com o Coritiba. Ambos foram por opção técnica. Os outros desfalques foram Marcos Paulo e Muriel, que devem retornar para o clássico.

 

Lançe

rodrigocaioO Flamengo irá a campo para treinar no CT do Brasiliense às 16h, mas, minutos antes, o clube atualizou a situação de Rodrigo Caio, que deixou o jogo contra o Palmeiras, na última noite, com dores musculares. Via assessoria, o Rubro-Negro relatou o seguinte, após exame:

- Na manhã desta sexta-feira (22.01), o atleta Rodrigo Caio realizou exame, que constatou lesão no adutor da coxa direita. Iniciou tratamento integral - informou o Flamengo, que, como de praxe, não divulga prazos de recuperação.

Portanto, Rodrigo Caio vira baixa e não enfrentará o Athletico-PR, neste domingo, em duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante do Palmeiras, Gustavo Henrique entrou na vaga do camisa 3 e formou a dupla de zaga com Willian Arão, que iniciou o jogo na função defensiva.
Com eles, o Flamengo, aliás, chegou a um feito inédito neste Brasileiro: ficou sem sofrer gol em dois jogos consecutivos, nas vitórias contra Goiás e Palmeiras, pela primeira vez na competição.

Para encarar o Furacão, pode ser que Willian Arão inicie com Gustavo Henrique na zaga, o que seria uma dupla inédita para começar um jogo e a oitava diferente do grupo principal do Flamengo na temporada.


Independente de quem jogar, o Flamengo, que também não terá Renê e Bruno Henrique (suspensos), poderá ficar a um ponto da liderança neste fim de semana. Agora com 55 pontos, na terceira colocação e a quatro do Internacional, o líder, o clube carioca enfrenta o Athletico às 16h de domingo, na Arena da Baixada, no terceiro de cinco jogos consecutivos fora do Rio.

 

Lançe

 

flamngApós meses de expectativas não alcançadas, partidas frustrantes e eliminações (Copa do Brasil e Conmebol Libertadores), o Flamengo encaixou um bom jogo, foi envolvente e intenso e passou com moral contra o Palmeiras, no Estádio Mané Garrincha, na noite da última quinta-feira (21), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020. Com o 2 a 0 e o bom desempenho, o Rubro-Negro chegou aos 55 pontos e se colocou mais uma vez na briga pelo Brasileirão.

E tudo isso após mudanças e reflexões de Rogério Ceni. Com Willian Arão improvisado na zaga – o que causou certo espanto, mas funcionou – e Diego e Gerson no meio de campo, o Mais Querido conseguiu trabalhar melhor a bola, não correu tantos riscos como em outras partidas e teve qualidade para rodar a bola da defesa ao ataque. Além disso, Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta também foram bem e participaram constantemente da criação e finalização das jogadas.

Os demais atletas do Flamengo não comprometeram. E, no todo, foram bem. O único que não conseguiu subir de nível foi Everton Ribeiro. O meio-campista segue em baixa e tem falhado mais do que o normal... Uma situação para Rogério Ceni ficar de olho.


Em si, o Flamengo fez sua melhor partida em muito tempo, sobretudo no recorte da primeira etapa, e não deu muitas chances ao finalista da Copa do Brasil e da Conmebol Libertadores. Com esse desempenho, o Mais Querido se colocou na briga pelo bicampeonato nacional, no entanto, para manter sua coroa, vai ter que continuar ‘brigando’, se esforçando além do limite, disputando e competindo no mais alto nível. Todo jogo agora é decisão.

“O time entendeu que, além do talento, é preciso se esforçar mais. O mais importante é que esse espírito permaneça até o fim do campeonato. Hoje, jogamos com outra rotação, outra intensidade”, declarou Rogério Ceni, em entrevista coletiva, após o triunfo em Brasília.

 

90min

Foto: Getty Imagens