Foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira, 16, um mototaxista que não teve seu nome informado, suspeito de tentar estuprar uma menina de 9 anos de idade. Segundo a major Elizete Lima, comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar da capital, o homem é cunhado da mãe da garota.

A comandante informou que a mãe da vítima acionou a polícia depois de um relato da criança, de que o homem teria tentado tocá-la.

“Fomos acionados para esse caso e fizemos a prisão em flagrante. Ele será conduzido à Central de Flagrantes para as devidas investigações”, contou a major. No momento da prisão, segundo a oficial, ele negou as acusações.

G1PI

 

embriagadoPoliciais Rodoviários Federais efetuaram, na noite de ontem(15), a prisão de um homem de 58 anos pelo crime de Conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool. A ação foi desencadeada após uma abordagem na rodovia BR 343 no município de Piripiri/PI.

Os policiais realizavam fiscalização de rotina quando deram ordem de parada ao homem que conduzia a motocicleta HONDA/BIZ 125 ES sem capacete de segurança e sem possuir CNH. Durante a abordagem, o homem apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica com fala desconexa e com dificuldade no equilíbrio do corpo. Foi oferecido o teste de alcoolemia, porém o condutor recusou a fazê-lo. Mesmo assim, os policiais realizaram o termo de Constatação de Embriaguez.

O homem, que mora em Piripiri/PI, confessou aos policiais que havia ingerido bebida alcoólica.

Diante dessa situação, os policiais conduziram o homem e a motocicleta até à Polícia Civil na cidade de Piripiri/PI para os procedimentos necessários. O homem responderá pelo crime de Conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool. O motorista foi autuado por: Conduzir veículo registrado que não esteja devidamente licenciado, Dirigir sob a influência de álcool e Dirigir veículo sem possuir CNH.

PRF

izanioPor volta das 19:40h desta terça-feira, 15, um homem identificado como Izanio da Silva Araújo, 36 anos, foi assassinado no bairro Escuridão em Cabeceiras do Piauí.

Segundo informações do comandante do GPM de Cabeceiras, Sargento Luís Carlos, izanio foi morto com 4 tiros de arma de fogo, os elementos fugiram em sentido a cidade de Barras, o polícia foi acionada para capturar os suspeitos e está fazendo diligências para tentar prender os criminosos.

O IML foi chamado para fazer a perícia no corpo.

cabeceirasemfoco

Foto: divulgação

saulodugadoNa noite dessa terça-feira, 15, o cantor Saulo Dugado mais uma vez se envolveu em polêmica. Ele foi conduzido pela Polícia Militar depois de agredir verbalmente e fisicamente o funcionário e dois clientes de uma hamburgueria localizada na Avenida Zequinha Freire, na zona leste de Teresina.

Visivelmente alterado, o cantor começou a gritar contra um funcionário depois de afirmar que não iria pagar um dos pedidos feitos por ele. Nesse momento, ele investiu contra um dos funcionários da hamburgueria rasgando a camisa do rapaz. "Ele pediu mais dois molhos para comer com o hambúrguer e eu levei. Depois ele disse pra não cobrar os dois molhos extras e eu falei que tinha que cobrar, então ele se exaltou. Eu fiquei distante dele mesmo com os xingamentos e não reagi, mas ele veio pra cima de mim me deu um soco e rasgou minha camisa. Um cliente que estava aqui, veio em meu socorro e também foi agredido pelo acusado", detalhou uma das vítimas.

Ainda segundo relato de testemunhas, logo depois, Saulo também investiu fisicamente contra uma mulher que acompanhava o cliente. Ela tentava tirá-lo de perto do funcionário da hamburgueria.

"Ele já é conhecido das pessoas que frequentam o local. É comum ele chegar abusando por aqui. Sempre fala a mesma coisa, que nada vai acontecer com ele por ser filho de juiz. Pelo menos é isso que sempre repete", acrescentou uma testemunha.

O que diz o cantor

Ainda no local, Saulo alegou que havia sido agredido antes e por isso reagiu. A fala do cantor, foi contestada pelos presentes. Na Central de Flagrantes, o cantor foi liberado.

GP1

Foto: reprodução Facebook