drogaenterradaNa noite dessa segunda-feira, 18, policiais civis e militares encontraram pelo menos 25 quilos de maconha enterrados em uma casa em construção do residencial Monsenhor Chaves, na Zona Sul de Teresina. Um homem foi preso suspeito de ser o dono, mas foi liberado em seguida por falta de provas que o ligassem à droga.

Segundo a polícia, a droga estava dentro de um barril, que foi enterrado em um dos cômodos. A casa, ainda em construção, não tem telhado ou piso.

De acordo com o policial Wilton Barbosa, o homem que foi preso tem passagens pela polícia. “Nosso trabalho de investigação confirmou que a droga é dessa pessoa, mas eles escondem a droga de um modo que dificulte a ligação dele com a carga. Ele é um dos que comandam o tráfico na região”, disse.

Depois da prisão, o homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento e foi liberado em seguida. A droga foi apreendida. O caso deve continuar sendo investigado pela Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre).

De acordo com a Polícia Civil, a ligação do dono do imóvel com o suspeito preso também será investigada. “Se ele usava a casa, ou era dele, ou ele tinha permissão do dono”, comentou.

 

falapiaui

Foto: reprodução

mtporcoPor volta de 5:00h da manhã de ontem, 18, um acidente de trânsito envolvendo uma motocicleta Honda Pop 100 de cor vermelha e um animal,                                                                                                                                                                                                                                                                                                        na PI-113, na altura do Riacho do Cipó zona rural de José de Freitas, deixou duas mulheres gravemente feridas.

Segundo informações as vítimas estavam se deslocando de moto de José de Freitas para a localidade Buritirana, e ao chegar na altura do Riacho do Cipó colidiram contra um porco, sofrendo ferimentos grave. As vítimas foram identificadas como sendo Maria das Dores de 58 anos, residente no bairro Santa Luzia e sua companheira, Inalda.

A senhora Maria das Dores sofreu fratura exposta em um dos braço, a outra ocupante do veículo sofreu um profundo corte no rosto. As duas foram socorridas por uma equipe do SAMU e conduzidas para o hospital Nossa Senhora do Livramento, em seguida para o HUT em Teresina, onde irão passar por uma cirurgia.

 

 

 

revistaopiniao

onibusBandidos realizaram arrastão na noite dessa segunda-feira, 18, a um ônibus da empresa Expresso São Francisco. Motorista, cobrador e passageiros viveram momentos de terror em uma estrada vicinal que fica entre as localidades Mocambo e Crioli, zona rural de José de Freitas.

De acordo com informações, o ônibus se deslocava de Teresina com vários passageiros para o povoado Quilombo, zona rural de Altos e durante o percurso o veículo foi interceptado com tiros efetuados pelos os bandidos que em seguida anunciaram o assalto e obrigaram o motorista identificado como Francisco Reserva a parar o transporte, no qual todos os ocupantes foram rendidos e sofreram um verdadeiro rapa.

Durante o assalto a dupla promoveu um verdadeiro ato de terror. O cobrador de nome Mateus, foi a primeira vítima a ter dinheiro e celular tomado, em seguida os indivíduos atacaram os passageiros, roubando bolsas, dinheiro, celular e outros pertences das vítimas. Após alguns minutos de muita tensão no interior do lotação os acusados deixaram o local e fugiram em uma motocicleta.

O ônibus foi atingido pelos tiros e ficou com o para-brisa quebrado, o motorista que é proprietário do ônibus conhecido como (Francisco Reserva) residente em José de Freitas, escapou por pouco dos tiros e também teve dinheiro e o aparelho celular levado pelos bandidos que até o momento não foram identificados. Passageiros publicaram áudios nas redes sociais relatando os momento de tensão que viveram dentro do veículo.

 

Com informações do revista opiniao

pcA Polícia Civil do Piauí, por meio da Divisão de Captura - Dicap, desencadeou nas primeiras horas de hoje (19/01), a Operação “Segue o Exercício", para dar cumprimento a 15 mandados judiciais de prisão pelos crimes de: homicídio, estupro, tráfico de drogas e roubo qualificado.

Participam da operação 60 policiais, entre civis e militares, do 1°DP, 2°DP, 3°DP, 4°DP, 5°DP, 8°DP, 9°DP, 10°DP, 11°DP, 12°DP, 17°DP, 23°DP 24°DP, DHPP, DEPRE, CORE e Força Tarefa SSP-PI.

O nome da Operação "Segue o Exercício" é uma homenagem ao Agente de Polícia Civil Diesy Less Santos Simeão, que faleceu recentemente em razão de complicações causada pela Covid-19. "Segue o Exercício" era a frase utilizada e repetida constantemente pelo saudoso policial.

Até o momento foram realizadas 10 prisões.

 

 

Polícia Civil

Subcategorias