jailsonUm professor identificado como Jailson Silva, mais conhecido como ‘Jajá’ foi encontrado com sinais de espancamento no município de Esperantina, na manhã desta sexta-feira, 17.

Segundo a Polícia Militar, o educador foi vítima de um assalto e reagiu, no momento que foi agredido pelos criminosos.

A vítima ficou desacordada no Centro da cidade e foi encontrado por populares caído com bastante sangramento. O professor foi levado para o Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman e logo em seguida, por conta da gravidade dos ferimentos, encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Um Boletim de Ocorrência foi registrado por amigos da vítima. Até o momento ninguém foi preso.

 

 

 

meionorte

Um foragido do sistema prisional identificado como Francisco Wilson Rodrigues da Silva, o “Nego”, foi preso na tarde de ontem, 16, durante operação de rotina realizada pelas policias Civil e Militar, em José de Freitas.

"Nego Wilson" foi localizado e preso pela polícia quando se encontrava em sua casa localizada na rua Regina Santana, no bairro Matadouro. Ele foi dominado e levado para a delegacia, onde foi cumprido o mandado de prisão e agora será encaminhado de volta para a prisão.

Ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas em José de Freitas.  Ele  também é acusado de ameaçar de morte, através das redes sociais o secretário de Segurança Fábio Abreu.

 

Realidadeemfoco.com

carroprefNa noite dessa quinta-feira, 16, dois homens foram presos , com o carro utilizado no assassinato do prefeito de Granjeiro, Gregório Neto, de 54 anos, no Ceará. Durante a ação da polícia, o primeiro homem preso atirou contra os policiais e, por isso, foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. A apreensão do veículo foi divulgada pelo secretário de segurança pública, André Costa.

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, titular da Gerência de Polícia Especializada (GPE), o primeiro homem foi preso no bairro Gurupi, Zona Sudeste de Teresina, e é suspeito de repassar o veículo para um empresário que, em seguida, guardou o carro em uma garagem na Avenida Barão de Gurguéia, Zona Sul da capital piauiense.

O empresário relatou à polícia que o homem apenas pediu para que ele guardasse o carro na garagem e não deu mais detalhes. Os dois suspeitos foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina, onde o primeiro preso foi autuado por tentativa de homicídio e o segundo por receptação.

O crime

O prefeito da cidade de Granjeiro, no Ceará, João Gregório Neto, foi morto a tiros enquanto caminhava próximo à parede do Açude Junco, na manhã de terça-feira (24). A vítima foi atingida pelas costas.

Segundo moradores da cidade, um carro com suspeitos foi visto se aproximando do gestor municipal. Logo depois, foram ouvidos pelo menos três disparos. Moradores tentaram socorrer o prefeito, mas quando chegaram próximo ao local ele já estava morto. A autoria e a motivação da morte ainda não foram confirmadas pela polícia. De acordo com uma fonte da polícia, o carro utilizado pelos criminosos foi flagrado por uma câmera de segurança.

A Polícia Civil cumpriu, no início do mês de janeiro, mandados de prisão e busca e apreensão sobre o assassinato do gestor da cidade. Após investigações, o atual prefeito de Granjeiro, no Ceará, Ticiano Tomé, e o pai dele, Vicente Félix de Souza, de 60 anos, são suspeitos de envolvimento no assassinato de João Gregório Neto, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

O político Vicente Félix de Souza já começou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. A Polícia Civil solicitou a prisão de Vicente no dia 9 deste mês, mas o pedido foi negado pela Justiça Estadual, que determinou o uso do aparelho.

 

G1 PI

Foto: divulgação/André Costa

operaçaoDurante operação integrada das polícias Civil e Militar do Piauí, um fuzil semiautomático calibre .50, de fabricação norte-americana, foi apreendido. O fuzil e outros tipos de armamentos, além de munições e drogas, estavam enterrados em um sítio na zona rural de Teresina.

A apreensão ocorreu na noite dessa quinta-feira, 16. O fuzil .50 tem capacidade de perfurar blindagens de carro-forte e abater aeronaves. Foi a primeira apreensão desse tipo de armamento no Piauí.

A operação resultou ainda na prisão de três pessoas, apreensão de três veículos roubados, entre esses, um carro clonado com blindagem à prova de balas. Segundo o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, as investigações iniciaram há duas semanas após diligências no estado do Maranhão.

"Após investigações fizemos acompanhamento dos alvos e localizamos um sítio na zona rural de Teresina, onde o material estava enterrado", explica o delegado.

A operação foi deflagrada pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) em parceria com o Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública.

 

cidadeverde