Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 01, pela Polícia Civil do Estado do Piauí, através de trabalho conjunto da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) e do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), nas cidades de Teresina e Agricolândia, a Operação Faker, cujo objetivo é cumprir um mandado de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão e sequestro patrimonial contra pessoas envolvidas em crimes de fraude documental, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

elinaldo

Os policiais cumpriram o mandado de prisão preventiva contra o proprietário de um escritório de contabilidade identificado como Elinaldo Soares Silva. Com a operação deflagrada nesta quinta, esta é a terceira vez que Elinaldo é preso.

Na decisão judicial, foi autorizado ainda o sequestro patrimonial contra os bens dos alvos até o montante de R$ 28.253.726,45 (vinte e oito milhões, duzentos e cinquenta e três mil reais, setecentos e vinte e seis reais e quarenta e cinco centavos).

Essa operação é resultado do desdobramento de trabalho do Greco feito ainda em abril/2019 contra um escritório de contabilidade de Teresina, quando vários documentos falsos, cartões bancários e carimbos foram lá apreendidos.

De posse daquela documentação, os policiais civis da Deccor continuaram os trabalhos e perceberam que havia uma forte organização criminosa atuando no Piauí e no Maranhão com fraudes documentais e lavagem de dinheiro, contando, para tanto, com potencial participação de cartórios, estabelecimentos bancários e outros entes.

Foi visto que várias pessoas e empresas fictícias eram criadas pelo grupo criminoso, quando para elas era transferido o passivo de várias empresas verdadeiras, muitas delas endividadas com bancos, com o fisco, além de outros delitos.

A investigação mostrou que a partir dessas pessoas físicas e jurídicas falsas (cujo termo popular remete à expressão de língua inglesa “fakes”), o grupo conseguia movimentar quantias em dinheiro de forma dissimulada, com o objetivo de esconder seu patrimônio e causar prejuízo às reais vítimas (fisco e bancos).

Participam da operação 42 policiais civis do Greco e Deccor.

Com informações do MN

Foto: reprodução Whatsapp

Um homem de iniciais J.G.I, suspeito do assassinato de Jailson Alves da Silva, mais conhecido por Manin Bisteca, ex-jogador da SEP entre os anos de 2009 e 2011, foi preso no final da manhã desta quarta-feira, 30.

matousep

De acordo com informações extraoficiais, o suspeito foi preso em sua residência, no povoado Capitão de Campos, zona rural de Picos.

Equipes da DHTL (Delegacia de Homicídios, Tráfico de Drogas e Latrocínio) e Patrulha Rural da Polícia Militar de Picos foram as responsáveis pela prisão.

O CRIME

Um homem foi assassinado na noite de 18 de abril de 2022, em uma residência na localidade Morro Grande, na zona rural de Picos.

Identificado por Jailson Alves da Silva, mais conhecido por Manin Bisteca, ex-jogador da SEP entre os anos de 2009 e 2011, foi atingido por um disparo de arma de fogo.

Com informações do cidadesnanet

Os Policiais Rodoviários Federais do Piauí recuperaram quatro motocicletas com registro de furto em Teresina, nas BRs 343 e 316, na tarde dessa terça-feira (29/11).

mtos

Uma equipe estava realizando fiscalização de rotina quando se deparou com um motocicleta abandonada nas margens da rodovia. A equipe verificou que a motocicleta estava adulterada e conseguiu identificar o veículo original, que possuía registro de roubo em Timon-MA, no dia (24/11). O veículo foi encaminhado para a Central de Flagrantes. Foi feito contato com o proprietário da motocicleta e posteriormente teve sua motocicleta restituída. Logo após essa ocorrência, a equipe se deslocou até a BR-343 para realizar fiscalização, quando avistou duas motocicletas transitando juntas em alta velocidade, seguindo no sentido de José de Freitas. De imediato, a guarnição deu ordem de parada às duas motocicletas e iniciou a abordagem.

Nesse momento os policiais identificaram que as duas motocicletas estavam com indícios de adulteração. Foi feita a identificação veicular e foi constatado que as duas motocicletas eram oriundas de crime, a primeira uma Honda/CG 160 Titan Amarela, com registro de Furto em Teresina/PI, no dia (11/11), era conduzida por um homem de 18 anos. A segunda era uma Honda/CG 160 Titan Vermelha, com registro de Furto na capital no dia (28/11) conduzida por um homem de 26 anos.

Questionados sobre a ilicitude dos veículos, disseram não ter ciência do registro de furto, e que iriam até José de Freitas entregar a Titan Amarela na rodoviária pelo valor de R$ 500. Não souberam dizer quem receberia o veículo. Além disso, junto ao condutor de 26 anos havia provas que ele tinha outra motocicleta oriunda de crime. Dito isso, os policiais localizaram a outra motocicleta, sem placa de identificação, em uma residência abandonada. Ao ser realizada a consulta, foi possível identificar que se tratava da motocicleta Honda/CG 160 Titan Prata, com registro de furto em Teresina, no dia (29/11), portanto no mesmo dia em que foi recuperada.

Diante de todas as informações, a equipe PRF encaminhou as três motocicletas e os dois indivíduos, até à Central de Flagrantes.

PRF

No último domingo, 27, a Polícia Militar prendeu um homem identificado pelas iniciais C.F.S.  na localidade Beco do Juruna, zona rural do município de Corrente.

arara

Segundo relato do 7º Batalhão de Polícia Militar, a Força Tática foi acionada por volta das 11h30 para atendimento a uma ocorrência de agressão naquela localidade. Chegando ao local, a vítima relatou ter sofrido agressões físicas por parte do seu próprio irmão, tendo inclusive efetuado disparos de um rifle calibre 22, que atingiu uma bananeira.

O agressor foi localizado e, durante buscas na residência com a finalidade de encontrar a arma utilizada, os policiais encontraram dois filhotes de Arara-Canindé, espécie que faz parte de uma lista de animais vulneráveis ao tráfico. A arma do agressor não foi localizada.

O suspeito foi preso em flagrante e será autuado pelo crime de violência doméstica e por crime ambiental.

Com informações do portal corrente