ponilaFoi presa em flagrante na manhã dessa quarta-feira, 06, pela Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Oeiras e do Núcleo de Inteligência da Policia Civil, coordenados pelo delegado Antônio Nilton, uma mulher identificada como Maria Diaponila Oliveira de Sousa, conhecida pelo codinome de "PONILA", em face da prática do delito de tráfico de drogas.drogas

A prisão de "PONILA" ocorreu após cumprimento de mandado de busca e apreensão decretado no curso de investigação em tramite na delegacia de Oeiras, desencadeada a partir de outras prisões anteriormente realizadas.

A acusada foi presa em sua residência no bairro, na avenida Antônio Tapety no bairro Jureminha e no local foi apreendida uma grande quantidade de drogas dos tipos crack, cocaína e maconha, além de balança de precisão e outros elementos ligados ao tráfico de drogas. Foram apreendidos 1kg 269 gramas de cocaína; 200 gramas de maconha e 50 gramas de crack.

O delegado Antônio Nilton informou que as investigações continuam para identificar supostos associados de PONILA na prática do crime de tráfico de drogas em Oeiras.

 

 

muraldavila

bateriasNa tarde desta quarta-feira, 06, foi preso flagrante, um homem identificado como Jeferson de Sousa, de 30 anos, quando tentava furtar seis baterias de uma torre de telefonia móvel, no bairro Parque Poti, na zona Sudeste de Teresina. De acordo com a polícia, o material apreendido foi avaliado em R$ 12 mil.

Segundo o Capitão do Batalhão de Ronda Ostensivas de Natureza Especial (BPRone), Tanaka Hitler, a prisão aconteceu depois de uma denúncia anônima. 

“Os populares acionaram a gente depois que viram ele entrando no local onde ficam essas baterias dessa torre de celulares. Quando chegamos lá, ele estava saindo com as seis baterias e fizemos a prisão em flagrante. O indivíduo estava vestindo uma farda de uma empresa para não levantar suspeitas e, durante a ação, usou um martelo e alicates para cometer o crime”, disse.

Ainda segundo o capitão, o material furtado seria vendido ou usado em paredões de som. “Essas baterias além de serem usadas para telefonia celular são usadas também em paredões de som. Todos os paredões de som grande têm essas baterias de gel. Então elas custam aproximadamente R$ 2 mil e são geralmente vendidas para esse público”, contou.

A polícia informou ainda que Jeferson já tinha sido preso e responde pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Após a prisão, ele foi encaminhado à Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis.

 

portalodia

Foto: Elias Fontenele

carretaUm grave acidente foi registrado nessa terça-feira, 05, na PI 247, em Uruçuí, Sul do Piauí e deixou o motorista de carreta identificado como Ramon Elmano de Brito, sem vida.

Ramon Elmano conduzia uma carreta, que estava transportando cerca de 33 toneladas de milho. O acidente aconteceu na Ladeira Barra da Volta, que fica a 60 KM de Uruçui, sentido a Ribeiro Gonçalves.

“É uma ladeira muito perigosa, em virtude de não ter inclinação na curva, e geralmente ela tende a jogar o veículo pela tangente. Tanto faz ser uma carreta, como um carro pequeno. Ela tem esse defeito de engenharia. Já é o quarto acidente em menos de dois meses, com dois óbitos. Lá não tem nenhuma sinalização, só uns X, feitos pelos próprios motoristas, indicando para os demais diminuir para 30 KM/H, mas isso tem que ser feito em um lugar bastante longe da ladeira. Caminhoneiros inexperientes geralmente não seguem essa regra, por falta mesmo de experiência, e terminam se acidentando”, lamentou o Capitão Reginaldo, do Décimo Batalhão da Polícia Militar (BPM) em Uruçui, em entrevista ao Portal Fala Nordeste.

 

Com informações falanordeste

Foto: divulgação WhatsApp

giovanaA Polícia Civil do Piauí iniciou as investigações sobre o desaparecimento da adolescente Giovanna Gabriely Belém Oliveira, de 17 anos, que desapareceu após fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no último domingo (03), em uma faculdade particular localizada na avenida Valter Alencar, no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina.

Quem assume o caso é o delegado Antônio Barbosa, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). O pai da jovem, o pastor Gudson Costam, pediu para que as pessoas parem de espalhar notícias falsas sobre o sumiço da filha, pois isso pode atrapalhar a investigação policial.

Imagens de câmeras de segurança mostram a última vez que a adolescente Giovanna Gabriely Belém Oliveira, de 17 anos, foi vista dentro de uma faculdade particular no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina.

“Ontem eu tive que ficar até duas da manhã tendo que rebater uma fake news dizendo que a Giovanna tinha sido encontrada, quem dera que fosse, mas já está tão cansativo, nós não dormimos mais, queria pedir encarecidamente a todos que acreditem apenas na família. Eu prometo vir aqui quando encontrarem ela, com notícias maravilhosas sobre ela”, declarou.

O pai ainda fez um apelo para que as pessoas ajudem a divulgar a foto da filha. “Quanto mais forte for a divulgação mais Teresina vai ficar cercada de pessoas querendo encontrar a Giovanna, todo mundo está se desdobrando para isso, eu conto com a ajuda de todos”, pontuou. Qualquer informação da Giovanna ligar para (86) 99933-9682.

 

meionorte