Uma moto foi roubada nessa terça-feira, 30, por volta das 18:00h. O crime foi no bairro Nossa Senhora Daguia hoje considerado, pelas polícias um local onde há muita venda de drogas, inclusive já foi feito uma operação pela Polícia Militar com uso de helicóptero no sentido de prender os traficantes e combater tráfico

A motocicleta roubada é uma modelo Bros 160, cor preta, placa: PIW-0349. Os suspeitos do crime são dois homens ainda não idententificados.

 

Da redação

carroadulteredPoliciais Rodoviários Federais realizaram a prisão na noite de ontem(29) de um homem de 47 anos acusado de adulteração de elemento de identificação de veículo automotor e posse de drogas para consumo. A ação foi desencadeada quando os policiais abordaram o veículo GM/D-20 CUSTOM na rodovia BR 343 na cidade de Parnaíba/PI.

Os policiais ao abordar o veículo verificaram, através da documentação apresentada pelo condutor, que a placa de identificação pertencia a um outro veículo com as mesmas características. Após uma verificação mais aprofundada, foi detectado que o veículo original estava com sua documentação atrasada.

O condutor informou aos policiais que trocou as placas pra não ser descoberto e afirmou que não possuía CNH.

Os policiais, aos fazer a vistoria no interior do veículo, encontraram nove unidades do comprimido Nobésio Extraforte, mais conhecido como “rebites” que é usado pelos motoristas pra prolongar o tempo na direção do veículo.

Desta forma, os policiais conduziram o homem, a droga e o veículo até à Polícia Civil na cidade de Parnaíba/PI para os procedimentos necessários. O homem irá responder pelos crimes de Adulteração de sinal identificador de veículo automotor – Art. 311 da Lei 2.848/1940 (Código Penal) e Porte de droga para consumo (Consumado) – Art. 28 da Lei 11.343/2006 (de Drogas).

 

PRF

Foi preso na cidade de Palmeirais, um homem de 21 anos de idade, que não teve o nome revelado, suspeito de agredir a companheira e mantê-la em cárcere privado por 12 horas, entre as 22h de domingo (28) até as 10h de segunda-feira (29).

A vítima vivia com o suspeito há quatro anos e tem 20 anos de idade. Ela relatou para a polícia que levou um soco, foi arrastada e as agressões foram motivadas por causa de ciúmes.

O delegado Tiago Silva prendeu o homem em flagrante após a polícia ser acionada pelo Conselho Tutelar. Na residência do casal, a mulher tinha uma lesão no rosto, próximo ao olho, e ela relatou aos policiais que estava mantida presa em casa pelo companheiro nas últimas 12h. O suspeito também teria arrastado as costas da companheira na parede.

“A lesão era aparente, dava para ver claramente que ela foi agredida. Ela fez exame de corpo de delito, e o IML constatou as lesões, por isso ele foi autuado pelas agressões e cárcere privado”, explicou Tiago Silva. O homem passou por uma audiência de custódia.

Segundo o delegado, a vítima relatou que as agressões teriam sido por ciúmes. O suspeito acreditava que ele estava sendo traído pela vítima, por isso cometeu as agressões. A vítima deixou a residência onde morava e foi para casa de famílias porque estava com medo de novas agressões.

Uma arma, em posse do homem, foi aprendida na casa onde a vítima estava em cárcere privado.

 

G1

carretecargaPoliciais Rodoviários Federais recuperaram, na tarde de ontem(29), uma carreta que havia sido tomada de assalto na madrugada de ontem(29) na cidade de Parnamirim/PE. A ação foi desencadeada quando os policiais receberam a informação que o veículo de carga havia perdido o sinal do rastreador e realizaram a fiscalização na rodovia BR 316 no município de Valença do Piauí/PI.


Os policiais abordaram um veículo de carga VOLVO/FH 400 4X2T que era conduzido por um homem de 34 anos. Foi iniciada a verificação documental e detectaram que a CNH apresentada possuía indícios de falsificação quanto à sua categoria. Além disso, os policiais encontraram no interior da cabine 12 unidades de anfetaminas.


Os policiais verificaram que o veículo tinha sinais de arrombamento e que sua carga, no valor de quase meio milhão de reais, havia sido subtraída. Indagado pelos policiais sobre o paradeiro do proprietário da carreta, o homem entrou diversas vezes em contradição e também não informou de maneira convincente qual sua origem e destino, bem como o motivo da viagem.

O condutor informou que recebeu o veículo daquela forma em Ouricuri/PE e que receberia a quantia de R$ 5.000,00 para deixar na cidade de Teresina/PI.
Ao fazer as devidas pesquisas, os policiais detectaram que o homem responde processos por: Apropriação Indébita, Estelionato, Associação Criminosa, Uso de Documento Falso, Roubo de Cargas Majorado, Sequestro, Cárcere Privado, Formação de quadrilha e Porte Ilegal de Arma de Fogo.

Há informações que o homem pertence a uma Organização Criminosa de Assalto a Cargas atuando nos estados do Piauí, Maranhão e Pernambuco e é considerado de alta periculosidade.

Como há informações que a carga foi roubada no estado de Pernambuco, Policiais Rodoviários Federais daquele estado iniciaram diligências no sentido de localizar a carga e o caminhoneiro que ainda encontram-se desaparecido.

Desta forma, os policiais encaminharam o homem, a CNH falsificada e o veículo de carga à Delegacia de Polícia Civil do município de Valença do Piauí/PI para os procedimentos cabíveis. O homem responderá pelos crimes de Roubo Consumado De Carga – Art. 157 da Lei 2.848/1940 (Código Penal), Roubo Consumado De Veículo – Art. 157 da Lei 2.848/1940 (Código Penal), Uso de documento falso – Art. 304 da Lei 2.848/1940 (Código Penal) e Porte de droga para consumo Consumado – Art. 28 da Lei 11.343/2006 (de Drogas).

 

PRF