• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

judicasCerca de 30 atletas da Federação Piauiense de Judô treinaram na manhã deste sábado, 09, no Circulo Militar, centro de Teresina. Segundo um dos técnicos, o treino visa à participação do Estado em campeonato regional que será realizado no mês de abril deste ano.

De acordo com o técnico Fabieldo Tores, o treino terá duas etapas: a primeira atividade realizada no tatame e a segunda na piscina. Para ele, o amor ao judô está acima de qualquer festividade.

 

“Acredito que até para se divertir é preciso se programar. Eu gosto de carnaval, mas gosto mais do judô. É possível se ter vida social, pois o treino não impede de se divertir. E com certeza todos que compareceram hoje estão felizes”, disse Fabieldo Tores.

Ainda segundo o técnico, a Federação do Piauí participará do campeonato Brasileiro Regional, a ser realizado em Macapá (AP). Ele ressaltou ainda que o Estado tem direito a levar 100 atletas, mas é preciso ajuda financeira.

 

“Infelizmente dificilmente levaremos os 100 atletas. Mas nossa expectativa é que pelo menos 50 atletas possam participar. Precisamos de ajuda financeira do Governo ou da iniciativa privada”, declarou o técnico

A atividade terá continuidade na segunda, 11, a partir das 9:00h e seguirá o mesmo roteiro deste sábado, com treinos no tatame e piscina até ás 11:40h.

 

cidadeverde

sarah922013Na primeira competição de 2013, Sarah Menezes foi surpreendida por uma já conhecida rival francesa e está fora da disputa pelo ouro no Grand Slam de Paris. Mas a campeã olímpica se recuperou e tenta ainda neste sábado, 9, o bronze.

 

Sarah Menezes venceu sua estreia contra a chinesa Qin Qin Mo, mas foi superada nas quartas-de-final pela francesa Laëtitia Payet, a quem já havia vencido em outras duas oportunidades.

 

Líder do ranking mundial e cabeça-de-chave principal da categoria 48kg, Sarah Menezes teve de ir para a repescagem para seguir no torneio. Venceu a francesa Armandine Buchard por Ippon.

 

As disputas por medalhas começam às 12h (horário do Piauí). Sarah Menezes luta pelo bronze contra Urantsetseg Munkhbat, da Mongólia. O ouro será disputado entre a francesa Payet e a japonesa Haruna Asami, vice-líder do ranking mundial. O outro bronze ficará com Aurore Climance, da França, ou Maria Celia Laborde, de Cuba.

 

 

com informações do cidadeverde

 

A Fifa divulgou nessa sexta, 8,  a segunda versão do catálogo de Centros de Treinamento de Seleções (CTS), com 70 opções. São 16 novidades em relação à primeira versão, que tinha 54 CTS.

 

Cada opção é composta por um hotel e um local de treinamento. Entre as novas opções, estão os campos da Gávea, na sede do Flamengo, no Rio de Janeiro, e do Corinthians, no CT Joaquim Grava, em São Paulo.

 

Sede do Fla, que recebeu a seleção olímpica em julho, está autorizada pela Fifa a receber seleções durante o período de preparação para a Copa do Mundo de 2014 .

Os CTS que constam no catálogo poderão ser escolhidos pelas seleções que vão disputar a Copa do Mundo. Apenas a região Norte não teve outros centros incluídos na segunda versão.

 

Confira as novas opções por região:

 

Região Nordeste: uma nova opção

 

- São Luis (MA): Hotel Pestana São Luis e Complexo Esportivo Governador João Castelo (Castelão)

 

Região Centro-Oeste: uma nova opção

 

- Brasília (DF):  Manhattan Plaza e Vila Olímpica Corpo de Bombeiros

 

Região Sul: cinco novas opções

 

-  Londrina (PR):  Hotel Comfort Suítes Londrina e CT SM Sports

- Gramado (RS): Hotel Alpestre  e CT Vila Olímpica Várzea Grande

-Novo Hamburgo (RS): Swan Tower Novo Hamburgo e Estádio do Vale

- Florianópolis (SC): Sofitel Florianópolis e Estádio Aderbal Ramos da Silva (Ressacada)

- Florianópolis (SC): Il Campanário Vilaggio Resort e Jurerê Sports Center

 

Região Sudeste: nove novas opções

 

- Belo Horizonte (MG):  San Diego Suítes Pampulha e Toca da Raposa II

- Macaé (RJ):  Comfort Suítes Macaé e Estádio Municipal Cláudio Moacyr de Azevedo (Moacyrzão)

-Rio de Janeiro (RJ):  Caesar Park, Ipanema e Estádio da Gávea José Padilha

- Piracicaba (SP): Arco Hotel Premium Piracicaba e Estádio Municipal Barão da Serra Negra

- Atibaia (SP): Bourbon Atibaia Spa Resort e Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort

- Campinas (SP): Vitória Hotel Concept Campinas e Estádio Brinco de Ouro da Princesa

- Campinas (SP:)  The Palms Hotel e Estádio Moisés Lucarelli

- Itatiba (SP) e Bragança Paulista (SP): Villa D´angelo Resort Hotel (em Itatiba) e Colégio AZ Bilingue (em Bragança Paulista)

- Guarulhos (SP) e São Paulo (SP):  Caesar Park & Business Int´l Airport (em Guarulhos ) e CT Joaquim Grava (São Paulo)

 

 

G1 

 

 

sarah522013A Seleção Brasileira de judô terá, neste fim de semana, a primeira competição oficial do ciclo olímpico para a Rio-2016. Na França, os judocas brasileiros disputam o Grand Slam de Paris, etapa do Circuito Mundial que reunirá 390 atletas de 55 países.

 

O Brasil será representado por 12 judocas na Cidade Luz: os medalhista olímpicos em Londres Sarah Menezes (48kg), Felipe Kitadai (60kg) e Rafael Silva (+100kg), ao lado de Gabriela Chibana (48kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (57kg), Claudirene Cezar (+78kg), Charles Chibana (66kg), Bruno Mendonça (73kg), Victor Penalber (81kg), Nacif Elias (90kg) e Renan Nunes (100kg).

 

- Tenho ótimas lembranças de Paris. Foi aqui, em 2008, que dei início à minha caminhada para os Jogos de Pequim. Mesmo sem ter ganho uma medalha, tive uma boa performance e acabei indo aos Jogos - lembra a leve Ketleyn Quadros, na China, conquistou a primeira medalha olímpica individual feminina da história do esporte brasileiro.

 

Já a campeã olímpica Sarah Menezes voltará a competir depois de quase seis meses de descanso, treinos e compromissos profissionais pós-medalha olímpica. No Mundial de 2011, realizado em Paris, no mesmo local, a piauiense conquistou a medalha de bronze batendo no caminho uma das principais atletas locais, a experiente e multi-medalhista Frederique Jossinet. Felipe Kitadai e Rafael Silva também lutam em Paris, após terem subido ao pódio no Grand Slam de Tóquio, em dezembro passado.

 

O Grand Slam de Paris marcará, também, o início dos testes das novas regras de competição adotadas pela Federação Internacional de Judô (FIJ). A experimentação se dará até agosto, no Campeonato Mundial do Rio de Janeiro. Entre as novidades estão a pesagem na véspera das lutas e o fim do Golden Score, entre outros.

 

 

Lancenet