• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

gallo3112013Mais feliz do que pinto no lixo! Alexandre Gallo (foto) será apresentado, nesta manhã de quinta-feira, como novo técnico da Seleção Brasileira Sub-20. O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marín, também apresentará o novo coordenador das seleções de base, Bebeto.

 

"É uma oportunidade única. Estou bastante feliz e quero retribuir todo o carinho que recebi. Me animei com o projeto da CBF. Quero viajar bastante e ajudar as categorias de base do Brasil", comentou Gallo.

 

A apresentação de ambos será no lançamento da nova camisa da Seleção Brasileira, em evento que acontecerá a partir das 10:30h, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, à altura da Avenida Princesa Isabel.

 

Dono de um título catarinense e outro pernambucano em quase 10 anos de carreira, Alexandre Gallo estava no Náutico antes de aceitar o convite da entidade máxima do futebol.

 

"Só tenho a agradecer o Náutico. A diretoria entendeu meu lado. Deixei amigos lá e continuarei a torcer por eles. Fui muito feliz no Náutico e agora quero ter o mesmo desempenho na Seleção", completou.

 

Mais de Gallo:

Gallo foi um volante de marcação de relativo sucesso nos anos 1990. Começou no Botafogo de Ribeirão Preto e passou, entre outros, por Santos, Portuguesa, Guarani, São Paulo, Botafogo, Atlético-MG e Corinthians, onde se aposentou, em 2001.

 

Já no ano seguinte foi auxiliar-técnico de Parreira, que hoje é coordenador técnico da seleção. Em 2004 Gallo começou a carreira de técnico, no Villa Nova-MG. Depois, trabalhou na Portuguesa, Santos, Inter, Figueirense, Atlético-MG, Bahia e Avaí, entre outros. Ele estava no Náutico desde o ano passado.

 

O ex-volante chega para o lugar de Emerson Ávila, técnico da seleção na fracassada campanha no Sul-Americano Sub-20, quando o Brasil foi eliminado com o último lugar do grupo na primeira fase. Na ocasião, Ávila, que era treinador do sub-17, reclamou que só na véspera da convocação ficou sabendo que comandaria também o sub-20, que estava sem treinador desde a saída de Ney Franco. Para ocupar o posto do agora técnico do São Paulo foram contratados Bebeto, que será coordenador da base, e Gallo.

 

Eliminado precocemente no Sul-Americano, o Brasil não vai defender seu título no Mundial da categoria. O próximo compromisso oficial é só no torneio continental de daqui a dois anos, no Uruguai.

 

 

 

Futebol Interior

                              

 

Os titulares do Corinthians estrearam em 2013 e tiveram trabalho, nessa quarta-feira, para derrotar de virada o Mogi Mirim. No primeiro jogo do time que venceu o Chelsea no Japão, na decisão do Mundial de Clubes da Fifa, há pouco mais de 40 dias, os gols de Jorge Henrique e Fábio Santos garantiram o triunfo corintiano por 2 a 1, no estádio do Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

 

Agora com sete pontos, o Corinthians tem a mesma pontuação do Mogi Mirim, mas fica com a quinta colocação por ter pior saldo de gols (4 a 1). Na próxima rodada, o time paulistano joga novamente no Pacaembu, desta vez contra o Oeste, no domingo, às 17 horas, na provável estreia do atacante Alexandre Pato.

 

Já o Mogi Mirim, que abriu o placar com o centroavante Henrique, terá pela frente o Bragantino, também no domingo, às 19h30, no estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim.

 

Susto!

O jogo começou com o Corinthians jogando do jeito que gosta. Com a posse de bola e trocando passes em velocidade até achar um espaço no ataque. O que não era esperado era tomar um gol logo aos 9 minutos. Em boa jogada pela direita, apesar do impedimento de Carlos Alberto no início do lance, o Mogi Mirim saiu na frente no placar com o centroavante Henrique, que se antecipou ao zagueiro Gil e chutou rasteiro sem chances para Danilo Fernandes.

 

Mesmo em desvantagem, o Corinthians não deixou de ter mais posse de bola e, aos poucos, tentava abrir a defesa adversária. Em duas tentativas, o centroavante peruano Guerrero tentou em chutes de fora da área. Na primeira, o goleiro Daniel espalmou e na segunda, a bola passou perto da trave esquerda. Quando o time da capital conseguiu penetrar na área do Mogi Mirim, os zagueiros estavam atentos e desviaram chutes perigosos de Guerrero e Emerson.

 

As coisas começaram a ficar melhores para o Corinthians com a expulsão do meia Roni aos 41 minutos. Dois minutos depois, com um pouco de sorte de Emerson, saiu o gol de empate. O atacante corintiano ganhou a disputa pela direita e ficou livre com a bola na lateral da área. Ele só teve o trabalho de olhar para o meio e cruzar rasteiro no pé de Jorge Henrique, que tocou na bola e saiu para a comemoração.

 

Dança do vira!

Com um jogador a mais em campo, o Corinthians sabia que precisaria de calma no segundo tempo para conseguir a virada. E ela veio logo no início da etapa. Aos 4 minutos, o lateral-esquerdo Piauí derrubou Jorge Henrique na área e o árbitro marcou o pênalti. Aos 6, Fábio Santos cobrou com perfeição, no ângulo direito alto de Daniel e fez o segundo gol corintiano.

 

Para melhorar ainda mais a vida do Corinthians, o volante Val recebeu dois cartões em um espaço de seis minutos e, aos 19, foi expulso. A partir de então, o jogo ficou mais monótono com os corintianos tocando mais a bola e tentando alguns lances de ataque, mas sem perigo. Ao Mogi Mirim restou se defender e atacar com apenas um jogador de frente - Waguininho. Apenas um chute, para fácil defesa de Danilo Fernandes, e vitória corintiana no Pacaembu.

 

 

futebolinterior

romulo3012013Quatro meses depois de sofrer uma grave lesão, o volante piauiense Rômulo voltou a correr esta semana. O passo importante na recuperação do jogador foi dado em São Paulo (SP), onde ele continua seu tratamento até o dia 19 de fevereiro, quando deve voltar para a Rússia.

 

No Corinthians, onde faz sua recuperação desde novembro, o jogador do Spartak Moscou ganhou a companhia do novo ídolo alvinegro, Alexandre Pato, que postou na internet uma foto com mensagem de incentivo ao piauiense.

 

"Eu e meu parceiro #romulo !!! Força irmão falta pouco!!!!", escreveu Pato ao postar a imagem no Twitter. Os dois foram colegas de seleção brasileira na conquista da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em agosto do ano passado.

 

De acordo com a assessoria de Rômulo, o jogador piauiense voltou a correr na esteira na última terça-feira. Um trabalho leve, sem forçar o joelho direito, que teve ligamento rompido no dia 24 de setembro, em jogo do Campeonato Russo.

 

Foi a primeira lesão grave na carreira do atleta, que vivia a melhor fase de sua carreira quando se lesionou. Titular da seleção brasileira, Rômulo tinha se destacado na Liga dos Campeões da Europa ao marcar um gol contra o Barcelona (ESP), uma semana antes da contusão.

 

Recuperação

Depois de ser operado na Alemanha, Rômulo desembarcou no dia 2 de novembro no Brasil. No Corinthians, foi acompanhado pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

 

No intervalo do processo de recuperação, o piauiense reservou tempo para visitar Picos, sua terra natal. Além de receber homenagens, o jogador se casou em cerimônia reservada no fórum da cidade.

 

cidadeverde

Foto: Twitter

edson portoAdversário do Barras Futebol Club na próxima segunda-feira, 4, às 20:00h no Estádio Municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Piauiense 2013, o River do Piauí, com apenas uma partida feita na competição, quando empatou fora de casa em 1x1 com o bom time do Cori-Sabbá,  já apresentou três treinadores!

 

Em seu único jogo na competição o time esteve sob a direção de Aníbal Lemos; ontem, 29, anunciou Carlos Rabello para o lugar de Aníbal Lemos, já nesta quarta-feira, 30, a diretoria dispensa Carlos Rabello e anuncia Edson Porto (foto).

 

O novo treinador do Galo já treinou o Brasiliense/DF, Botafogo de Ribeirão Preto/SP, Gama/DF, Ituano/SP, Moto Club/MA e Sampaio Correa/MA. Seus principais títulos são: Campeonato Japonês de 1995 (Yokohama F. Marinos), Campeonato Matogrossensse de 2001 (Juventude/MT).

 

A última vez que o River venceu o Barras foi no ano de 2008.

 

acessepiaui