segundchamadO Ministério da Educação (MEC) divulgou, hoje (3), em seu portal, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), relativo ao segundo semestre de 2021. Os selecionados terão até o dia 11 deste mês para comprovar as informações apresentadas no ato de inscrição, por meio  dos documentos exigidos para o acesso à bolsa de estudo.

O Prouni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições particulares de educação superior. Para concorrer é necessário, no caso das bolsas integrais, que o estudante comprove renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário-mínimo.

Para as bolsas parciais, que cobrem 50% do valor das mensalidades, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários-mínimos por pessoa.

O MEC informou que só pode participar do Prouni o estudante que não tenha diploma de curso superior. É necessário, também, que o candidato tenha participado do Enem mais recente e obtido pelo menos 450 pontos de média, e que não tenha tirado zero na redação.

Nesta edição do Prouni foram ofertadas 134.329 bolsas, sendo 69.482 bolsas integrais e 64.847 parciais em 10.821 cursos ministrados em 952 instituições de ensino superior da rede privada do país.

Agência Brasil

Foto: Studio Formatura/Galois

Exame é realizado para estudantes que não concluíram os estudos na idade apropriada

encejaAs provas do Encceja 2020, que não foram aplicadas no ano passado por causa da pandemia de Covid-19, estão marcadas para 29 de agosto, nos turnos da manhã e da tarde. Para complementar os estudos para o exame, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou, em seu portal, apostilas gratuitas, além das provas de anos anteriores e dos respectivos gabaritos. 

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é voltado para quem não concluiu os estudos na idade apropriada. Por meio do Encceja, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio. 

De acordo com o Inep, mais de 1,6 milhão de participantes estão confirmados. Do total de inscritos, 301.438 buscam a certificação para o ensino fundamental e 1.328.608 para o ensino médio.  Segundo a autarquia, além de possibilitar que os estudantes sejam certificados e sigam adiante em suas trajetórias educacionais, o exame oferece parâmetros para autoavaliação que podem orientar os inscritos na continuidade da formação e na colocação no mercado de trabalho.

Além disso, segundo o Inep, os resultados do Encceja também são usados como referência nacional de avaliação. O exame possibilita, por exemplo, que os gestores educacionais utilizem esses dados para entender o cenário educacional do país e evitar que estudantes se atrasem na formação ou mesmo que abandonem os estudos.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

A Comissão Acadêmica Nacional do PROFNIT (Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação) torna pública a realização do Exame Nacional de Acesso - ENA 22, para ingressantes no PROFNIT no ano letivo de 2022.

As inscrições estarão abertas de 12h00 do horário oficial de Brasília de 25/ago/2021 até 18h00 do horário oficial de Brasília de 31/ago/2021. Mais informações sobre inscrições e cronograma podem ser obtidas no texto integral da Chamada disponível em: http://www.profnit.org.br/

O curso tem como objetivo a formação de recursos humanos já engajados ou dispostos a atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) determinadas por Lei e dos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmicos, empresarial, governamental, organizações sociais, entre outros.

O PROFNIT é um curso gratuito, presencial, com duração máxima de 24 (vinte e quatro) meses, conforme seu Regimento Nacional. A Rede PROFNIT é coordenada pelo Conselho Gestor (CG) e pela Comissão Acadêmica Nacional (CAN), e tem como Ponto Focal Sede a Universidade Federal de Alagoas.

Integram a Rede Nacional do PROFNIT 32 Pontos Focais, distribuídos por 21 estados mais o Distrito Federal. Os Pontos Focais são responsáveis, por intermédio das respectivas Comissões Acadêmicas Institucionais (CAI), sediadas em cada Ponto Focal, por toda a gestão local do PROFNIT, observando a disciplina acadêmica nacional e do ponto focal, desenvolvendo atividades desde a organização local dos processos seletivos até à divulgação de regras e procedimentos para o ingresso/matrícula.

Ufpi

 

Estudantes de todo o país que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que pretendem estudar em uma universidade pública podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) a partir desta terça-feira (3).

Desenvolvido e administrado pelo Ministério da Educação, o sistema é usado para selecionar os candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior a partir das notas obtidas no Enem.

O prazo de inscrições para o segundo processo seletivo de 2021 se encerra na próxima sexta-feira (6). Para participar da seleção, os interessados devem ter obtido nota maior que zero na redação do Enem e não ter participado do exame na condição de treineiro.

Na página do sistema é possível consultar as vagas disponíveis, pesquisando por cidades, cursos e instituições. No momento da inscrição, o candidato poderá escolher até duas opções de curso. Será possível alterar as opções durante o período das inscrições.

Conforme o cronograma divulgado pelo ministério, o resultado da seleção será divulgado no dia 10 de agosto. As matrículas serão abertas no dia 11, se estendendo até o dia 16 de agosto. De 10 a 16 de agosto, estarão abertas as inscrições para a lista de espera por vagas remanescentes, cujos contemplados serão anunciados no dia 18.

Agência Brasil