• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Policiais do 10º DP, 4º DP e Polinter conseguiram prender na noite de ontem, 11, uma quadrilha especializada em roubos de carros. Segundo levantamento dos policiais, os carros eram roubados em Teresina e levados para Salvador (BA).

 

Com a quadrilha, foi encontrado um plano de fuga, indicando as cidades onde deveriam passar, rotas para desviar de postos policiais e o destino final era a capital baiana. Foram presos Renan de Sousa Lima, foragido Major César, Daison kennedy Soares Marinho, Cláudio Tiago Silva Sobrinho, Daniel Delano de Sousa Lima e Monalisa Portela Fontenele.

 

Eles estavam em dois carros, um Palio, roubado no bairro Bela Vista, e um Celta, roubado no bairro Saci. Uma das vítimas contou que a ação do bando é violenta. Segundo ela, eram três casais. Uma das mulheres chegou a mandar atirar nas costas da vítima por entender que ela iria se mover. Outro integrante do bando não permitiu.


Cidadeverde

Policiais das Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Rone) prenderam no final da tarde dessa quarta-feira, 11, três homens identificados como Antônio Marcos Fernandes Rosa, 42 anos, Francisco Adriano da Silva Araújo, 32 anos e Emanuel Francisco do Nascimento Cruz, 35 anos acusados de terem cometido o assalto à Joalheiria Toinha Bandeira que ocorreu no final da manhã do mesmo dia.


A polícia chegou até os acusados através da denúncia de populares de que eles estariam comemorando o assalto próximo a um bar, na comunidade Estaca Zero, entre Alto Longá e Beneditinos.

 


Com os três homens foram encontradas as jóias advindas do furto à loja, além de dinheiro e um veículo, gol branco, e duas armas de fogo utilizadas para cometer o crime. De acordo com a polícia, o trio pode estar envolvido com o assalto à Agência dos Correios de Alto Longá.



GP1

prefeito copy copyA 2ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Estado, conhecida como “Câmara de Gás, condenou na última terça-feira, 10, o prefeito de Aroeira do Itaim, Gilmar Francisco de Deus, a 07 anos e 11 meses de reclusão pela prática dos crimes de dispensa/inexigibilidade de licitação, apropriação/desvio de verba pública e estelionato. A pena deverá ser cumprida inicialmente em regime semiaberto.



O prefeito foi ainda condenado a 05 anos e 06 meses de detenção a ser cumprida inicialmente em regime semiaberto, por violação ao disposto no art. 89, da Lei nº 8.666/93, c/c o art. 71, CP; art. 1º, VI e VII do Decreto-Lei nº 201/67, e ao pagamento de multa de 95 dias-multa, sem prejuízo da reparação civil do dano causado ao patrimônio público, também foi condenado à perda do cargo de Prefeito, à inabilitação, pelo prazo de 05 anos, para o exercício de cargo ou função pública e à suspensão dos direitos políticos.


O gestor Gilmar Francisco de Deus já foi condenado pela 2ª Câmara Especializada Criminal a 07 anos e 06 meses de cadeia em 2011 pelos crimes de peculato (desvio de recursos públicos) e falsificação de documentos públicos.



GP1

A 12ª rodada de licitações de blocos de petróleo e gás poderá incluir os Estados do Acre, Piauí, Mato Grosso, Maranhão e norte do Paraná, disse nesta quarta-feira, 11, a diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard. A autoridade da Agência Nacional do Petróleo disse ainda, em audiência da Câmara dos Deputados, que a 12ª rodada só será realizada após a aprovação do projeto de lei que define uma nova divisão dos royalties no país. Ela disse acreditar, porém, que somente após as eleições municipais em outubro o Congresso deverá aprovar o projeto.

 

Magda falou sobre a 12ª rodada, mas primeiro deverá ser feita 11ª Rodada, que já recebeu aval do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).  O governo já sinalizou que as duas rodadas somente serão realizadas após a aprovação completa do novo marco regulatório do setor de petróleo e gás.

 

O Congresso Nacional aprovou em 2010 os projetos de lei que tratam da criação do modelo de partilha e da nova estatal do setor, a Pré-Sal S.A. Mas ficou pendente de aprovação o projeto que trata das atuais regras de distribuição de royalties de petróleo.

 

Magda afirmou nesta quarta-feira que a discussão sobre royalties no Congresso "contamina" o processo de retomada das rodadas de licitação de blocos de produção de petróleo e gás. O temor, segundo ela, refere- se à possibilidade de haver, no Congresso, alguma mudança na alíquota dos royalties cobrada das petroleiras, prejudicando as avaliações econômicas dos investidores interessados nas rodadas.

 

A postergação da retomada das rodadas, disse ela, está prejudicando particularmente os pequenos produtores de campos terrestres, que aguardam a realização da 11ª Rodada. A diretora-geral da ANP disse também nesta quarta-feira que não há poço sem indício de hidrocarbonetos na bacia do São Francisco, e que todos os poços perfurados até agora mostraram indícios de gás, mas não se sabe ainda se todos são comercialmente produtivos.

 

"Não há poços secos" na bacia do São Francisco, afirmou ela durante uma audiência na Câmara dos Deputados, em Brasília.


G1