• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Numa imagem de vídeo que está repercutindo nas redes sociais, é possível ver um pescador lançando uma rede de pesca em uma avenida na zona sudeste urbana de Teresina. Em outro vídeo, o resultado da pesca, um balde com mais de 5 peixes. A cena aconteceu na Avenida Joaquim Nelson, onde são colecionados os problemas de inundação causados pelas chuvas, dentre eles, inúmeros carros que passam no local e ficam sem placa.

placas

Alguns motoristas que conseguiram passar pelo ponto de alagamento, desde a última segunda-feira (19), estão voltando ao local na tentativa de encontrar a placa de seus veículos. Mais de 100 placas foram resgatadas por pescadores e por funcionários de uma empresa que funciona no local.

Os veículos que enfrentam a força da água acabam perdendo a placa dianteira.

O sargento Sidney Oliveira passou pelo local nesta quarta-feira (21) e ao chegar em casa, na região do Grande Dirceu, percebeu que a placa dianteira do seu veículo havia caído.

"Eu só percebi que perdi a placa quando cheguei em casa. Mais tarde eu vi em grupos nas redes sociais que os funcionários da empresa estavam guardando algumas placas. Infelizmente não achei a minha, mas aqui eu consegui o telefone de uma outra pessoa que recolheu placas aqui e guardou. Vou entrar em contato para ver se ele encontrou a minha", disse.

O autônomo Mauro Sérgio Moraes, também esteve no local hoje. Ele perdeu a placa do seu veículo ontem (21), quando passou pelo local por volta das 18h.

"Eu faço entrega nos condomínios aqui da região. E ontem passei por aqui por volta das 18h e era um aguaceiro maior do mundo. Quando cheguei em casa notei que o carro tava sem a ação" disse.

Mauro Sérgio também não encontrou a placa do seu veículo.

"Na verdade isso aqui é uma gentileza do segurança aqui da empresa, que conseguem resgatar as placas, antes delas caírem na galeria. Os pescadores também conseguem pegar placas, quando eles jogam as redes para pescar peixes aqui no local e entregam aqui na empresa", explicou o operador de máquinas Bruno.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, trafegar sem a placa é considerado infração gravíssima, e gera multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira do condutor. Além disso, o veículo é apreendido.

Os motoristas ouvidos por nossa reportagem explicaram que a placa traseira dos veículos é presa pelo lacre do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), já a placa dianteira não tem esse lacre e fica suscetível a cair em situações como alagamentos.

Com inforamções do cidadeverde

Na última terça-feira, 20, fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (ADAPI) realizaram a apreensão de mais de 75 litros de agrotóxicos em estabelecimentos comerciais nas cidades de Rio Grande do Piauí e Itaueira. A operação, foi desencadeada após receberem denúncias anônimas sobre a comercialização ilegal e o armazenamento inadequado desses produtos.

agrotoxicos

Em Rio Grande do Piauí, os agrotóxicos foram descobertos armazenados em um depósito de um supermercado. Um total de 67 litros estava oculto sob caixas vazias. "Devido ao perigo de contaminação cruzada, principalmente em estabelecimentos como supermercados, onde há o risco de contaminação dos alimentos por agrotóxicos, é proibida a venda desses produtos. O estabelecimento em questão não possuía registro junto à ADAPI para essa atividade. Além disso, a armazenagem desses produtos deve obedecer a normas específicas estabelecidas por leis federais e estaduais", explicou Olavo Castelo Branco, Coordenador de Controle de Agrotóxicos da ADAPI.

Já em Itaueira, localizada a 35km de Rio Grande do Piauí, as apreensões ocorreram em dois estabelecimentos comerciais, ambos sem registro para comercialização junto à ADAPI. "No primeiro local, encontramos 42 litros de agrotóxicos armazenados no banheiro; no segundo, havia 15 frascos de um produto e 5 litros de outro expostos à venda. Ambas as situações representam riscos tanto para os trabalhadores quanto para os clientes", relatou um dos fiscais envolvidos na operação.

A ADAPI esclarece e reforça que a venda de agrotóxicos está sujeita a regulamentos estabelecidos pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), bem como por leis e decretos estaduais da própria Agência. "Para a comercialização de agrotóxicos, os estabelecimentos devem possuir registro junto à Agência de Defesa Agropecuária do estado. Para obter esse registro, é necessário cumprir uma série de critérios e requisitos, incluindo a disponibilidade de um local apropriado para armazenamento desses produtos, que não represente riscos, e a implementação de controle de estoque, entre outros. Além disso, é obrigatória a presença de um engenheiro agrônomo como responsável técnico", destaca Ozael David, Gerente de Defesa Vegetal.

Com informações e foto da Adapi

Por volta das 4:00h da madrugada desta quinta-feira, 22, um incêndio atingiu um supermercado, no bairro Água Mineral, zona Norte de Teresina.

fogosupermarcado

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as chamas iniciaram na parte da cozinha do estabelecimento, e não havia ninguém no local no momento do ocorrido.

“A gente recebeu o acionamento depois das 4h da manhã, e a informação inicial é que havia um incêndio em um supermercado aqui na zona Norte. De imediato, a gente veio com nossas guarnições, verificamos a veracidade, conseguimos acessar o interior da loja, localizamos o foco do incêndio e fizemos o combate. O foco foi na região que tem uma padaria, uma cozinha e não tinha nenhuma vítima no local. Tinha apenas o foco do incêndio. Foi feito o combate e debelado o incêndio”, destacou o tenente Duarte, comandante da equipe que atendeu a ocorrência.

Ainda de acordo com os bombeiros, o fogo foi rapidamente controlado, e o estabelecimento teve apenas danos materiais. O tenente Duarte informou também que houve o acúmulo de bastante fumaça no supermercado durante o combate às chamas, mas os acessos foram abertos para a dispersão.

“O foco do incêndio não foi muito grande, mas gerou muita fumaça e o ambiente confinado. É uma loja bem fechada, o que a torna mais propícia para armazenar fumaça. No entanto, o acesso da loja foi aberto para que a fumaça se dispersasse”, acrescentou.

Uma perícia irá apontar o que teria provocado o incêndio.

Com informações do cidade verde 

Na noite dessa terça-feira, 20, parte do teto de uma sala do Cinépolis Rio Poty, cinema localizado dentro do shopping na zona Norte de Teresina, desabou sobre um casal.

tetocinema

Uma pessoa que estava no local relatou que a queda do teto ocorreu durante a exibição do filme Nosso Lar 2, que iniciou às 20h10.

Segundo a testemunha, que quis ser identificada apenas pelo nome de Mariana, a mulher atingida sofreu apenas um pequeno arranhão. Mariana contou ainda que o casal comprou os assentos em outra fileira, mas como a sala estava vaga, o casal decidiu ocupar outros assentos e acabou sendo atingido por pedaços de madeira.

“No momento ficamos desesperados. Demorou muito para alguém do cinema ir até a sala. Não pararam o filme, não evacuaram a sala. Ou seja, não tinha ninguém monitorando”, disse Mariana.

Ela disse ainda que o cinema ofereceu o ressarcimento e um voucher para as pessoas que assistiam ao filme no momento do incidente. “Sinceramente, não vou nem usar por medo de voltar”, concluiu.

Chovia em Teresina no momento em que o teto do cinema desabou. Imagens que circulam na internet mostram o buraco que ficou no teto do estabelecimento.

O Piauíhoje.com tentou contato com o Cinépolis para esclarecer sobre o fato, mas até o fechamento desta matéria não obteve respostas.

Com informações do piaui hoje