Uma dupla em um veículo tentou assaltar uma funcionária de uma loja de açaí na Avenida Barão de Castelo Branco, na zona Sul de Teresina, na noite dessa quarta-feira, 05. A mulher entrou em luta corporal com o assaltante, que, junto com seu comparsa, foi perseguido pelo dono da loja.

De acordo com informações, a funcionária do local estava sentada na porta quando um veículo modelo Ônix parou com dois homens. Um deles desceu e anunciou o assalto, a mulher percebendo que o bandido não estava armado, reagiu e travou uma luta corporal com o criminoso. O proprietário da loja percebeu a ação e perseguiu os acusados em sua motocicleta.

Na fuga, o suspeito deixou cair o boné e os chinelos. “Ele entrou em luta corporal com minha funcionária, peguei minha moto e fui atrás, fiz uma perseguição de cerca de 6km. Ainda cheguei a encostar a moto na traseira do carro, mas não encontrei nenhuma viatura, mesmo ligando. Para eles é muito fácil, já tinham entrado outra vez na minha loja, levado uma quantia de R$ 600, mas dessa vez ele estava desarmado”, disse o empresário.

O proprietário, que não quis se identificar, declarou ainda que está ciente que colocou a vida em risco. “Eu sai atrás no desespero achando que ele tinha levado alguma coisa, a gente não pode deixar impune, temos tentado lutar contra isso. Coloquei minha vida em risco, mas infelizmente a gente anda cansado de tantos assaltos”, afirmou.

 

mn

mototaxistaNo fim da tarde desta quarta-feira, 05, uma discussão no trânsito no Centro de Teresina terminou com um dos envolvidos baleado. O mototaxista Wilton Douglas Rocha Silva estaria tentando agredir a motorista de um carro após um acidente e foi alvejado supostamente por um policial à paisana que passava pela via e tentou impedir a agressão.

O caso ocorreu na Rua Desembargador Pires de Castro.

"Quando eu cheguei, ele [mototaxista] já estava alterado e a mulher correu para dentro. Ele correu para querer dar nela, já com um tiro na perna. Ele também queria agredir um senhor que passou com uma arma na cintura, provavelmente, um policial. Ele foi tentar tomar a arma e o policial atirou na perna dele", conta o artesão Fernando da Silva que passava no local.

Marcas de sangue ficaram na calçada da ótica. O Corpo de Bombeiros foi acionado e prestou os primeiros socorros. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

cv

 

 

joanaNa noite dessa terça-feira, 04, mais um crime de feminicídio no Piauí. O caso dessa vez ocorreu no Povoado Fujona, zona Rural de São Julião (PI), tendo como vítima fatal Joana Maria Brito, de 22 anos, mais conhecida como ‘Joana do Gonzo’.

A mãe da jovem foi quem encontrou o corpo da filha ensanguentado com perfurações de faca no rosto e pescoço. O crime aconteceu na casa da vítima, onde ela morava com dois filhos, um de 1 ano e sete meses e uma outra criança com deficiência. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local para o trabalho da perícia.

De acordo com o comandante da Polícia Militar de São Julião, sargento Xavier, vizinhos da vítima relataram que o suspeito é casado, mas mantinha um relacionamento extraconjugal com Joana.

 

 

 

falapiaui

Foto: divulgação

No início da noite dessa terça-feira, 04, um homem identificado apenas como Edmar, foi baleado após sofrer um assalto na localidade Tabocal Grande, zona rural do município de Campo Largo do Piauí.

Segundo informações, o homem que também é conhecido como “Edmar dos Peixes”, estaria voltando para casa quando foi surpreendido por criminosos em uma estrada vicinal e efetuaram disparos de arma de fogo, atingindo as pernas da vítima. Ele foi encontrado ferido por um vaqueiro que passava pelo local.

A vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman em Esperantina.

Seu estado de saúde não foi informado.

 

Com informações da revistaaz