Policiais Rodoviários Federais recuperaram na tarde de ontem, 10, uma motocicleta que havia sido tomada de assalto em 2016. A ação aconteceu na BR 343 na cidade de Parnaíba/PI.

Os policiais estavam realizando trabalho de rotina, quando abordaram a motocicleta HONDA/CG 150 TITAN KS que estava transitando nas proximidade da rodovia, sendo conduzida por um homem de 52 anos. Os policiais verificaram que os elementos de identificação apontaram para uma motocicleta que havia sido tomada de assalto no dia 25/08/2016 na cidade de Parnaíba/PI, portanto há quase cinco anos.

Diante desse cenário, os policiais encaminharam o veículo e o homem até a Polícia Civil na cidade de Parnaíba/PI para os procedimentos que o caso requer. Ele responderá pelo crime de Receptação.

PRF

A idosa Josefa Rodrigues Bezerra, que mora na região do Irapuá I, que é a mãe do cantor e tecladista Henrique Felisberto está infectada pelo novo coronavírus.

As informações chegaram até a redação do Piauí Notícias nessa quinta-feira. De acordo com informações, a dona Josefa esteve de aniversário  no dia 03 passado, foi quando, possivelmente, a mesma teria se infectado, apesar de que não houve celebração da data.

josefa

O cantor Felisberto também está infectado e se tratando em casa, após passar por observação médica. Ambos, de acordo com dados repassados ao PN, passam bem.

A dona Josefa, após, também receber atendimento médico, está em tratamento e reagindo bem.  Na imagem tirada em junho de 2019, a dona Josefa aparece com a Alcemary Rodrigues.

Da redação

 

Policiais Rodoviários Federais recuperaram na manhã de ontem, 09, um veículo que havia sido furtado no estado do Maranhão. A ação aconteceu na BR 316 na cidade de Picos/PI.

Os policiais estavam realizando fiscalização de rotina, quando deram ordem de parada ao veículo GM/D 20 CUSTOM DELUXE que era conduzido por um homem de 26 anos. O condutor desobedeceu a ordem de parada, empreendendo fuga, sendo necessário a realização de um acompanhamento tático. Durante a ação o condutor efetuou diversas manobras que por muito pouco não causaram acidentes colocando em risco a vida de pedestres e de outros condutores.

O homem foi alcançado pelos policiais, porém abandonou o veículo empreendendo fuga a pé sendo alcançado por Policiais Militares. Foi verificado que o veículo havia sido furtado no dia anterior(08) em um estacionamento de um supermercado na cidade de Caxias/MA.

O homem, que reside em Imperatriz/MA não informou para os policiais qual o seu destino e nem pra quem entregaria o veículo. Os policiais ainda realizaram diligências no sentido de identificar outras pessoas envolvidas no cometimento do crime e verificaram que um veículo TOYOTA/ETIOS HB CROSS com dois homens de 37 e 39 anos estavam dando segurança ao veículo furtado. Os policiais conseguiram interceptar o veículo e prender os dois homens que são naturais de Santa Catarina e do maranhão

Diante desse cenário, os policiais encaminharam os dois veículos e os homens até a Central de Flagrantes na cidade de Picos/PI para os procedimentos que o caso requer. Ele poderá responder pelos crimes de Receptação e Associação Criminosa.

PRF

organizcriminosaFoi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 10, pelo Ministério Público do Estado do Maranhão, através do Grupo de Atuação de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), em parceria com o Gaeco do Piauí, a "Operação Mormaço", com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atua no Piauí e no Maranhão.

Os alvos dos mandados são pessoas físicas e jurídicas nas cidades de Teresina, Timon-MA e Caxias-MA.

Por meio de alguns investigados e de pessoas ligadas a eles, os investigadores apontaram que o dinheiro era aplicado em agências de veículos, arenas esportivas e aquisição de imóveis, além de outros segmentos empresariais. Essa manobra financeira tinha a clara intenção de dificultar o rastreamento dos valores.

Após representação formulada pelo Gaeco maranhense, a 1ª Vara Criminal do Termo Judiciário de São Luis-MA, que atua no processamento e julgamento dos crimes de organizações criminosas, determinou o sequestro de bens móveis e imóveis avaliados em aproximadamente R$8 milhões, além de bloqueio de ativos financeiros diversos.

Ainda conforme as investigações, foi possível detectar movimentações de ativos dos investigados que chegaram próximo aos R$90 milhões.

Histórico

O Gaeco do MP-MA remeteu informações à Superintendência da Polícia Federal em Teresina em 2020, repassando a notícia de que traficantes estariam solicitando autorizações de registros de arma de fogo na capital piauiense. A partir daí, a Superintendência Regional do Piauí desencadeou a operação Integração I, com o Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas do Maranhão, em 9 de setembro do mesmo ano.

Em seguida, os dados colhidos foram compartilhados com a Superintendência da Polícia Federal maranhense, viabilizando a atividade de hoje, enquanto coube ao GAECO-MA deflagrar a operação Mormaço, atingindo em cheio o patrimônio da organização criminosa.

 

GP1

MP-MA