mulherbaleadaUma mulher foi baleada no braço, durante tentativa de assalto em frente a agência do Banco do Brasil na cidade de Cristino Castro, Sul do Piauí. Uma dupla de criminosos que estava em uma moto, aguardava na frente da agência o proprietário da Casa Lotérica da cidade que chegou por volta das 11:23h com um malote de dinheiro para depósito.

O empresário Sales, quando viu a ação da dupla correu para dentro da agência, no exato momento em que uma mulher da cidade de Santa Luz, identificada por Loyslene, estava saindo, de acordo com informações de clientes, vários tiros foram disparados e a mulher levou um tiro no braço.

A vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Bom Jesus, onde estar sob cuidados médicos. A direção do hospital ainda não deu informações sobre o estado de saúde de Loyslene.

Conforme informações o proprietário da Casa Lotérica não foi atingido por nenhum disparo. A dupla fugiu, a polícia foi acionada e esteve no local investigando a tentativa de assalto.

 

 

portal pontox

galhosDurante uma forte chuva com ventania que atingiu a cidade de Buriti dos Lopes, na tarde dessa terça-feira, 14, pelo menos duas arvores caíram.

As árvores eram bastante antigas, e uma delas, caiu sobre um quiosque de madeira de uma cafezeira que fica localizado rua Euclides de Miranda, na praça matriz Nossa Senhora dos Remédios no centro da cidade.arvore

O quiosque ficou parcialmente destruído, não havia ninguém no momento do incidente, só prejuízos ao proprietário.

Uma outra árvore caiu na rua Jacob Bruno, no bairro Outro Lado da Passagem e devido ela ter a copa muito extensa, os galhos tomaram de conta de toda pista, impedindo o fluxo de veículos.

 

 

 

portaldo rurik

byancaPor volta das 5:00h da manhã de segunda-feira, 13, uma blogueira foi agredida a socos por três mulheres ao sair de uma festa no município de São Raimundo Nonato. A jovem de 17 anos, que tem mais de 12 mil seguidores no Instagram, foi retirada de dentro do seu carro à força pelas três suspeitas que passaram a lhe esmurrar o rosto.

A vítima - Byanca Ribeiro Oliveira - registrou boletim de ocorrência e o caso ganhou repercussão nas redes sociais com a hastag #somostodasbyanca.

Byanca conta que o crime ocorreu quando saia de uma prévia de Carnaval em São Raimundo Nonato. "Elas abriram a porta do meu carro, me puxaram pelo cabelo, eu cair no chão, e elas me xingavam de todo nome e passaram a me esmurrar no rosto", conta a vítima.

Ela disse que não sabe o motivo da violência e nem conhece as agressoras. "Era muita raiva de mim e não sei qual o motivo". Uma postagem no Instagram de Byanca mostra manchas vermelhas no rosto, na perna e no pescoço. A vítima revela que está abalada e atribuiu a violência ao crime de ódio.

"Não estou querendo sair de casa com medo. Minhas amigas estão me dando força e isso está ajudando". Após o crime, Byanca recebeu apoio e solidariedade de vários internautas.

A Polícia Civil informou que vai intimar as três jovens suspeitas. Elas vão responder por crime de lesão corporal.

Ontem, a jovem gravou um vídeo, pediu justiça e estava visivelmente abalada.

cidadeverde

francirramosNa madrugada desta terça-feira, 14, um homem acusado de invadir casas e estuprar mulheres em Campo Maior é preso. Foram 15 dias de investigação até a prisão de Francisrramos de Jesus Freire, conhecido por Pirrolinha. O suspeito já foi condenado por estupro, quando em 2005 abusou de uma garota na margem do rio Surubim, em Campo Maior, enquanto a mãe da menina lavava roupas.

O CRIME

O criminoso entrava em casas do bairro Parque Estrela e sempre escolhia as residências onde as vítimas eram mulheres e moravam sozinhas. O que intrigava os policiais era o fato dele não arrombar as portas, apenas danificar as cercas elétricas para ter acesso aos imóveis, porém as portas eram abertas sem sinal de arrombamento.

Um das vítimas relatou para os investigadores que certa noite acordou com um homem agachado ao lado de sua cama e tocando em suas partes íntimas, o que caracteriza estupro. A vítima gritou e o suspeito correu.

Outra vítima disse que por várias vezes subtraíram dinheiro de sua carteira e algumas joias e que acreditava que o suspeito tivesse colocado alguma substância na água da sua geladeira. A vítima declarou que seu quarto ficava trancado e por isso acha que nunca foi violentada, mas tinha certeza que o criminoso entrou lá inúmeras vezes.

AÇÃO POLICIAL

A polícia passou a trabalhar com hipótese de ser algum dos operários que trabalharam nas construções das casas da região e teve acesso às chaves, bem como tinha conhecimento de quem eram as proprietárias e que as mulheres moravam sozinhas.

Uma equipe de policiais civis realizou cerca de 6 campanas, juntamente com policiais militares, no intuito de flagrar a ação do criminoso. Por várias vezes entraram pela madrugada e por volta das 3 horas da manhã desta terça-feira tiveram êxito.

O bandido danificou a cerca elétrica da casa de uma das vítimas e pulou para dentro do imóvel. A polícia chegou a deu voz de prisão.

O criminoso confessou que tinha entrado na casa das duas vítimas e que colocava clonazepan [inibidor das funções do sistema nervoso central ] na água para dopar as vítimas e facilitar sua ação.

Na casa do homem, a polícia encontrou uma pulseira, dois anéis e um colar de uma das vítimas, além do frasco de clonazepan.

O criminoso também afirma ter trabalhado na construção de casas na região.

 

Com informações do campomaioremfoco