Policiais Rodoviários Federais efetuaram, na manhã de ontem, 25, a prisão de um homem de 38 anos pelo crime de Conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool. A ação foi desencadeada após uma abordagem na BR 135 no município de Cristino Castro.

Os policiais realizavam ronda ostensiva quando abordaram o veículo conduzido pelo acusado. Durante a fiscalização, foi constatado que o homem estava com a habilitação vencida desde 2017. Além disso, foi percebido que ele apresentava hálito etílico, agitação e dificuldade na fala. Questionado se havia ingerido bebida alcoólica, o homem confirmou que bebeu durante a madrugada.

Por esse motivo foi ofertado o teste de etilômetro, que resultou em 1.49 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, índice 37 vezes acima do limite regulamentado e que configura crime de trânsito.

Diante das informações constatadas, foi dada voz de prisão ao condutor e feito o encaminhamento para a Delegacia de Polícia Civil de Bom Jesus-PI para os procedimentos legais.

PRF

Na noite dessa segunda-feira, 25, a Polícia Militar localizou o suspeito de matar o sargento Cleto de Paula Cortez, após um assalto na última quinta-feira, na zona Leste de Teresina. Na abordagem, houve confronto com troca de tiros e Diego Azevedo acabou atingido. Ele foi socorrido até o HUT, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na noite de ontem.

cletosargento

“Ele estava na região da Vila Bandeirante. Foi confirmada sua localização, foi feito um cerco policial, ele tentou reagir e tentou fugir da prisão”, informou o comandante geral da PM, coronel Scheiwann Lopes.

Ainda segundo o comandante geral, a mãe do suspeito prestou depoimento ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e ainda chegou negociar uma rendição.

Com o suspeito, a Polícia Militar encontrou uma arma, que pode ter sido usada para matar o sargento na última quinta-feira, e que vai ser periciada.

“De pronto, determinei que não medissem esforços no sentido de capturar esse indivíduo. Entendemos que um ataque a um policial militar é um ataque ao próprio estado. Determinei de imediato todas as diligências possíveis. Conseguimos, pelo serviço de inteligência, identificar o indivíduo e aí começaram as buscas de localização e prisão”, destacou o comandante geral.

Durante as buscas dos últimos dias, a PM também já havia apreendido a motocicleta usada no dia do crime.

A Polícia Militar também recebeu a informação de que a arma do sargento Cleto, tomada de assalto pelo suspeito, foi vendida. “Já sabemos que ele vendeu e para quem vendeu”, disse Scheiwann Lopes.

O crime

O sargento Cleto de Paula Cortez foi alvejado com três disparos de arma de fogo, um na cabeça e dois no peito, no começo da tarde de quinta-feira (21), durante tentativa de assalto no bairro São Cristóvão, zona Leste de Teresina. O militar ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Autoproteção

Diante dos recentes casos de ataques à policiais militares, o comandante geral, coronel Scheiwann Lopes, anunciou que será ofertado um curso de autoproteção. A ideia é que os policiais sejam preparados para situações que possam ocorrer durante os momentos de folga, como assaltos e outros tipos de atentado.

Com informações do cidadeverde

RF no Piauí divulga na manhã de hoje (25) o resultado da Operação Tiradentes 2022, com destaque para o aumento dos esforços institucionais e ações educativas, visando a redução de acidentes.

Educação para o trânsito

Durante o feriado, 566 pessoas foram alcançadas com atividades educativas, como eventos, ações em terminais rodoviários e comandos educativos que contam com palestras planejadas e adaptadas ao público-alvo.

São abordados temas relacionados ao trânsito, como uso do capacete de segurança, uso correto e obrigatório do cinto de segurança, principalmente em transporte coletivo de passageiros, do respeito às regras de trânsito e da prudência nas viagens, além de informar sobre o número de emergência da PRF: 191, importante ferramenta no auxílio aos usuários da rodovia federal e no combate à criminalidade.

Parâmetros de acidentalidade

No ano passado, não houve Operação Tiradentes 2021, contudo, neste ano, a PRF contabilizou 16 acidentes, 08 acidentes graves, 49 feridos e 2 mortos.

Enfrentamento à criminalidade

Ao longo dos quatro dias de operação, 22 pessoas foram presas, 6 delas por crimes de trânsito.

Esforços de Fiscalização

A maior presença ostensiva da PRF nas rodovias também refletiram maior número de abordados. Um total de 2.080 veículos e 2.076 pessoas foram fiscalizadas pelos policiais. Foram lavrados 1.358 autos de infrações por diversas infrações.

Infrações de Trânsito

Foram lavrados 118 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança, 49 por não uso do cinto de segurança e 79 por Ultrapassagem em local proibido. Com relação à fiscalização de alcoolemia, foram realizados 1391 Testes de alcoolemia e lavrados 33 autos de infração, resultando em 3 pessoas presas por esse motivo. As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves.

PRF

Desapareceu na manhã desta segunda-feira, 25, uma adolescente de apenas 14 anos no município de Beneditinos, região norte do Piauí. O fato aconteceu por volta das 6h30, qando a vítima estava indo para escola. A jovem relata que foi levada por homens que estavam em um carro de cor branca. No momento da abordagem, os acusados teriam mostrado uma arma para a vítima e lhe ameaçado para entrar no carro, caracterizando um suposto sequestro.

Em entrevista exclusiva, a mãe da vítima, que vamos preservar a identidade, relatou como tudo aconteceu: “Ela passou por mim indo para a escola. Quando eu olho para trás, eu já vejo ela entrando em um carro branco, e foi embora. Daí eu não tenho mais informação. Eu pedi ajuda para o Conselho Tutelar e quando foi agora perto do meio-dia outro carro deixou ela no mesmo local.”, disse.

Testemunhas relataram para o Conselho Tutelar que viram a adolescente saindo do carro por volta do meio-dia, após ficar 6 horas desaparecida. Ela afirmou que só lembra de que o veículo com os suspeitos se deslocou para uma estrada que dá acesso ao município de Altos-PI. A mãe afirma que levará sua filha para realizar uma série de exames médicos, já que pode ter sido dopada e abusada sexualmente: “Ela relata que não sabe o que aconteceu. Chegou nervosa. Vou levar ela ao médico”, disse.

Com informações do Diário de Campo Maior.