pneuUm acidente que ocorreu no início da noite dessa quarta-feira, 25, por volta das 18:30h, quase se provoca uma tragédia. A dona de casa Maria Antônia Silva Soares, de 34 anos, sofreu várias fraturas, e a sua filha Maria Clara Silva Soares, apenas de 10 anos, escoriações e fratura de fêmur. As duas foram atingidas por um pneu que sacou de um dos eixos de um caminhão, tipo carreta, que passava pela BR-343, em Campo Maior.

O incidente foi na altura de uma revenda de gás, na margem da BR-343. Mãe e filha faziam caminhada na pista de cooper, na margem do Açude de Campo Maior, quando um dos pneus da carreta que passava sacou do eixo e atingiu mãe e filha com violência.

As duas vítimas foram socorridas pelo SAMU e levadas para o Hospital Regional de Campo Maior, onde receberam cuidados médicos e tiveram confirmadas as fraturas.

O motorista do caminhão não foi identificado, uma vez que se evadiu do local sem prestar socorro às vítimas. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para identificar o veículo e o motorista e ainda investigar as causas do acidente. 

 

portalcampomaior

 

Na tarde dessa quarta-feira, 25, o teto de um galpão de uma indústria de beneficiamento de caju desabou e deixou seis pessoas feridas na região dos Tabuleiros Litorâneos, em Parnaíba, no litoral do Piauí.  

tetoindustria

Segundo o Corpo de Bombeiros, seis trabalhadores estavam no interior do galpão no momento do desabamento. Quatro tiveram ferimentos leves e dois sofreram ferimentos graves.

Todos foram socorridos e encaminhados ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. Ainda não se sabe o que teria provocado o desabamento. O local deve ser interditado.

 

Com informações do piauiemdia

O médico florianense Francisco Pedrosa, que por muito anos morou em Floriano, foi infectado pelo novo coronavírus.

Dr. Pedrosa, de família tradicional em Floriano, teria externado num grupo de amigo que está tendo boa recuperação da Covid19.

Ainda internado em um hospital da capital piauiense onde reside há vários anos.

Dr Pedrosa

Dr. Pedrosa, que mora em Teresina há vários anos, esteve em uma Unidade de Terapia Intensiva – UTI, devido as consequencias respiratórias da doença, mas seu quadro de saúde tem melhorado.

"Estive durante 4 dias na UTI, devido a um pico febril, e queda na saturação do oxigênio, procurei rapidamente me internar pra não complicar mais. Ontem deixei a UTI e estou no quarto, com boa evolução clínica, estado geral bom, sem febre há mais de cinco dias, respirando bem, e com sinais vitais normais, saturação de manutenção em torno de 94%. Os exames do sangue também se mostram estáveis. Fiz essa tarde uma TC de controle. Por fim, clinicamente me sinto bem", externou o médico que é especialista no sistema gástrico e atua em hospitais da capital piauiense.

Da redação

incendioNa tarde desta quarta-feira, 25, um incêndio em vegetação próximo à estação Jóquei da Equatorial Piauí, que fica às margens da Avenida João XXIII, provocou instabilidade no fornecimento de energia na zona leste de Teresina.


Em entrevista, uma moradora do bairro São Cristóvão, relatou que o fogo provocou a queda no fornecimento de energia por duas vezes.


“Eu trabalho com a venda de salgados e bolo e estava utilizando alguns aparelhos na produção do material que eu vendo, quando por duas vezes, o fornecimento de energia aqui em casa foi interrompido. Mas graças a Deus logo tudo voltou ao normal”, falou a empresária.


A fumaça provocada pelo incêndio dificultou a visibilidade dos motoristas que trafegavam pela BR 343. Por conta da situação a Polícia Rodoviária Federal esteve no local organizando o trânsito.

 

Com informações do gp1