O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou no Diário Oficial desta terça-feira (31) o cronograma oficial para a realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) impresso deste ano, nos dias 1º e 8 de novembro.

O canditado poderá pedir a isenção da inscrição e justificar a ausência nas provas do ano passado entre os dias 6 e 17 de abril na site do Inep . O resultado será divulgado no dia 24 do mesmo mês.

O período de inscrições começa em 11 de maio e termina em 22 de maio. O candidato terá entre os dias 11 e 28 de maio para pagar a taxa de inscrição, no valor de R$ 85.


Pessoas com necessidade especiais, grávidas e lactantes podem pedir atendimento especializado entre 11 e 22 de maio.

 Quem quiser ser identificado pelo nome social na prova, deverá fazer o pedido entre 25 e 29 de maio.

A aplicação da versão impresa do Enem acontecerá nos dias 1º e 8 de novembro. No primeiro dia, acontecerão as provas de Linguagens e Códigos, e de Ciências Humanas, além da redação. A prova vai começar às 13h (horário de Brasília) e vai terminar às 19h.

No domingo seguinte, os canditatos terão de responder questões sobre Matemática e Ciências da Natureza. O exame começa a ser aplicado às 13h e termina meia hora mais cedo, às 18h30.

O Inep lembra que quem se candidatar para a versão digital do Enem não poderá participar da prova impressa e vice-versa. As provas digitais, uma modalidade que começa a ser testada neste ano, acontecerão nos dias 11 e 18 de outubro.

 

R7

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI) visando aumentar o quantitativo de profissionais disponíveis, para as ações que vem executando em enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus, anunciou hoje, (30), o resultado da homologação do edital de chamamento para cadastro e seleção de profissionais em regime emergencial para atender as necessidades de combate ao Coronavírus, para lotação nos hospitais da Rede Estadual, conforme ato de lotação, fundamentado na necessidade de cada unidade.

Os candidatos selecionados, quando convocados, atuarão nas Unidades de Terapia Intensiva em uma das unidades hospitalar construída ou adaptada em qualquer cidade do Estado do Piauí, com a finalidade de combater a ação do Coronavírus (Covid-19), em regime de plantão ou diarista.

 Arquivos anexos (1)

Homologação das inscrições do seletivo SESAPI

 

Sesapi

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, lança o projeto de extensão “Em busca de extensionistas para o enfrentamento do coronavírus”. O projeto tem como objetivo incentivar e garantir a participação de extensionistas, em nível nacional, para o desenvolvimento de ações de extensão de forma remota, com vistas ao enfrentamento do Coronavírus.

“A extensão da UFPI, agora mais do que nunca, assume sua responsabilidade social, buscando alternativas para a execução de projetos e ações junto à comunidade com o uso das tecnologias e mídias acessíveis aos diversos segmentos desta comunidade, seja através de ações de extensão promovidas pelos docentes, estudantes e técnico-adminstrativos nos seus diversos campi e centros de ensino, seja através de ações promovidas pela própria Pró-Reitoria, com vistas a garantir orientações para prevenção e tratamento da doença, principalmente, entre os grupos de risco e proporcionar acesso à assistência à saúde, às manifestações culturais, artísticas, esportivas e de lazer, tão necessárias para a nossa população neste contexto”, comenta a Pró-Reitora de Extensão e Cultura, Cleânia de Sales Silva.
Segundo a Pró-Reitora, as ações desenvolvidas pela PREXC, neste momento, se voltam para o incentivo, o apoio e a garantia do desenvolvimento de ações de extensão, direcionadas ao atendimento das necessidades emergentes da pandemia a partir do uso das mídias existentes nas diversas comunidades a serem assistidas e do estabelecimento de parcerias com outras instituições e setores.

Nesse sentido, a PREXC tem enviado e-mails e memorandos para todos os coordenadores de projetos e outras ações de extensão cadastrados e que estão em andamento para que estes replanejem seus planos de trabalho, incluindo temas voltados para o coronavírus e ações remotas, de modo que seus respectivos públicos sejam assistidos neste momento. Também tem enviado e-mails e memorandos para todos os professores da UFPI e das unidades vinculadas a ela, como o Hospital Veterinário Universitário e os Colégios Técnicos, para que apresentem propostas de ações de extensão, de forma remota, com o objetivo de atender as necessidades dos diversos segmentos da sociedade em diversas áreas, como saúde, educação, cultura, tecnologia, infraestrutura, dentre outras.

“O projeto “Em busca de extensionistas para o enfrentamento do coronavírus” é uma alternativa encontrada pela PREXC não somente de incentivar a participação de docentes, técnico-administrativos e discentes da UFPI em atividades de extensão no contexto da pandemia instalada, mas, também, de outras instituições de ensino superior brasileiras, formando uma grande rede de atuação, ampliando, assim, o surgimento de novas ações de extensão e, consequentemente, as possibilidades de atendimento às demandas emergentes da pandemia do coronavirus de diversas comunidades em todo o território nacional”, explica a Pró-reitora.

Outro ponto de destaque do projeto é que ele possibilitará a minimização do trâmite de cadastro das ações de extensão neste momento, uma vez que as propostas apresentadas pelos extensionistas interessados em participar serão analisadas apenas pela equipe gestora da PREXC e se estiverem coerentes com os objetivos do projeto e as diretrizes da extensão universitária, passarão a fazer parte deste, já cadastrado na PREXC com a previsão de incluir novas ações dentro das atividades constituintes do projeto. “As ações ao enfrentamento do coronavírus são emergenciais e não podem ser submetidas a todo um processo de tramitação, que envolve muitas instâncias e demanda tempo. Também não podem contrariar as normativas da UFPI, nem provocar muitas customizações ao SIGAA. É preciso pensar em alternativas de cadastro de ações também emergenciais que não nos tragam problemas nem operacionais nem normativos e este projeto nos permite isso”, esclarece a Pró-Reitora.

A participação dos extensionistas no projeto será realizada por meio do preenchimento adequado do formulário disponível aqui.

 

Ufpi

A Universidade Federal do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (PRAEC), divulga a Portaria 07/2020 que resolve instituir, de forma excepcinal e temporária, o Auxílio Alimentação Emergencial, visando auxiliar aos discentes atualmente beneficiários da isenção da Taxa de Alimentação (ITA), que por ocasião do fechamento dos restaurantes universitários da UFPI, e devido às suas condicões de vulnerabilidade socioecon^mica, estão sem garantia de alimentação básica.

Confira a Portaria.

 

Ufpi