A Comissão Acadêmica Nacional do PROFNIT (Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação) torna pública a realização do Exame Nacional de Acesso - ENA 23, para ingressantes no PROFNIT no ano letivo de 2023.

As inscrições estarão abertas de 12h do horário oficial de Brasília de 15 de setembro até 23h59 do horário oficial de Brasília de 22 de stembro Mais informações sobre inscrições e cronograma podem ser obtidas acessando aqui.

O curso tem como objetivo a formação de recursos humanos já engajados ou dispostos a atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) determinadas por Lei e dos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmicos, empresarial, governamental, organizações sociais, entre outros.

O PROFNIT é um curso gratuito, presencial, com duração máxima de 24 (vinte e quatro) meses, conforme seu Regimento Nacional. A Rede PROFNIT é coordenada pelo Conselho Gestor (CG) e pela Comissão Acadêmica Nacional (CAN), e tem como Ponto Focal Sede a Universidade Federal de Alagoas.

Integram a Rede Nacional do PROFNIT 37 Pontos Focais, distribuídos por 23 estados mais o Distrito Federal. Os Pontos Focais são responsáveis, por intermédio das respectivas Comissões Acadêmicas Institucionais (CAI), sediadas em cada Ponto Focal, por toda a gestão local do PROFNIT, observando a disciplina acadêmica nacional e do ponto focal, desenvolvendo atividades desde a organização local dos processos seletivos até à divulgação de regras e procedimentos para o ingresso/matrícula.

Confira o edital.

Os candidatos pré-selecionados ao Fundo de Financiamento Estudantil ( Fies) deverão apresentar de hoje (17) até a próxima sexta-feira (19) a complementação das informações das inscrições pelo endereço eletrônico.

Em 2022 foram ofertadas 110.925 vagas para o Fies. Pelas regras do programa, todos os não pré-selecionados na chamada única serão, automaticamente, incluídos na lista de espera. “Cabe ao candidato acompanhar, na página do Fies, sua eventual pré-seleção durante as convocações por meio da lista de espera, que serão realizadas no período de 22 de agosto a 22 de setembro”, alertou o Ministério da Educação.

Após a etapa de complementação da inscrição, é necessária a validação das informações declaradas no ato da inscrição. O prazo é de até cinco dias úteis após a data da complementação da inscrição, realizada na página do Fies, no portal Acesso Único.

O procedimento de validar as informações deve ser realizado diretamente na instituição de ensino superior para a qual o candidato tenha sido pré-selecionado. Cabe à instituição informar ao estudante sobre o meio a ser utilizado para o recebimento da documentação exigida, que pode ser em formato físico ou digital. FIES

O Fies é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas aderentes ao programa.

Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, fez os últimos ajustes no Projeto “Primeiros Socorros nas Escolas”, que tem como objetivo capacitar os trabalhadores da educação pública municipal sobre as condutas a serem tomadas diante de situações emergenciais, como também, aumentar a segurança de crianças e adolescentes dentro do espaço escolar ou recreativo.

karolina

Em reunião com a secretária de Saúde, Caroline Reis, representantes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Núcleo de Educação Permanente (NEPS) e Secretaria Municipal de Educação, ficaram alinhadas as atribuições de cada ente no projeto. Na reunião foram discutidas, ainda, as propostas de cronograma e execução do treinamento previsto para novembro de 2022.

A importância dos primeiros socorros na escola

Situações simples, como brincar com os colegas no pátio da escola ou comer um lanche na cantina, podem resultar em acidentes graves envolvendo crianças e adolescentes. Isso inclui quedas, fraturas e asfixia por engasgo, por exemplo.

Por essas e outras razões, profissionais que trabalham em escolas precisam conhecer técnicas de primeiros socorros. Afinal de contas, elas são indispensáveis em momentos de emergência, quando você precisa agir de forma rápida enquanto espera o atendimento médico especializado.

Principais causas de acidentes escolares

A organização não-governamental Criança Segura analisou os dados do Ministério da Saúde entre os anos de 2011 e 2017 e identificou quais são as principais causas de acidentes envolvendo crianças e adolescentes no Brasil.

De acordo com a pesquisa, mais de 40 mil morreram por conta de afogamento, sufocamento, intoxicação e quedas. Ao mesmo tempo, o número de hospitalizações pelas mesmas causas atingiu quase 680 mil pessoas na faixa etária de 0 a 14 anos.

No caso específico dos acidentes escolares, eles são responsáveis por grande parte do montante citado, já que os colégios abrigam muitas crianças e adolescentes, público que, por natureza, é mais agitado, distraído e imaturo. Isso significa que, quando estão juntos, os estudantes têm uma propensão maior de se colocarem em situações de risco.

Com informações do Ministério da Saúde e IBGE

Foto: Secom

Uma sessão solene se realizou nessa manhã de terça-feira, 16, na Câmara de Vereadores, de Foriano, onde se tratou um pouco da história da cidade, em relação ao patrimônio local, principalmente os prédios. Os trabalhos foram direcionados aos historiadores, dado ao seu dia que é celebrado em 19 de agosto.

rubens

Durante a sessão foi colocada a importância de algumas estruturas de prédios históricos, estruturas antigas como o prédio da família Mazuad que desabou no centro de Floriano, há algum tempo, em 2020, dado a falta de manutenção, bem como a importância desse profissional. 

Prédio desaba no centro de FLO. A situação foi registrada na noite dessa terça.

Trecho da Rua São Pedro onde houve o desabamento de um casarão está liberado.  O historiador  Rubens Freitas estava presente na sessão e numa entrevista, ao Ivan Nunes, fez colocações. Veja:  

Da redação