A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), no uso de suas atribuições, considerando o Edital MEC - SESu no 29, de 23 de abril de 2019, o Edital no 007/2019 – UFPI, de 31 de maio de 2019 e alterações e o Edital 13/2019 – PREG/UFPI, visando assegurar os Princípios do Contraditório e da Ampla Defesa, torna público o resultado da análise dos recursos interpostos pelos candidatos, por meio do Sistema de Seleção Unificada – Sisu - Edição 2/2019, referente à primeira chamada da Lista de Espera.

Confira.

 

Ufpi

Para complementar a graduaçãoestudantes podem se inscrever no Programa de Mobilidade Nacional ofertado em 22 Instituições de Ensino Superior (IES) filiadas à Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem). Ao todo, são disponibilizadas 2.209 vagas para ingresso no segundo semestre de 2019. As inscrições foram prorrogadas e serão encerradas em 08 de julho.  O candidato não tem custos operacionais com o programa, mas deverá arcar comas despesas pessoais como, moradia, alimentação e transporte durante a experiência.

As oportunidades são para que os graduandos possam cursar um semestre em universidades associadas à Abruem. Podem participar estudantes de graduação regularmente matriculados em IES Estaduais e Municipais que aderiram ao Programa de Mobilidade Nacional no período indicado,desde que cumpram os requisitos obrigatórios.Neste caso, de acordo com o edital, os interessados devem contatar o coordenador da instituição de ensino em que possui a matrícula regular para realizar a inscrição por meio da apresentação de documentos como Declaração de Matrícula, Histórico Acadêmico, Plano de Estudos (PE) e Carta de Recomendação. 

thumbnail FOTO 1


Após o envio da documentação, a IES de destino fará a análise da documentação até o dia 23 de julho e enviará a Carta de Aceite ou a Carta de Recusa para a IES de origem. As aulas terão início a partir de agosto, de acordo com o calendário da universidade. A mobilidade acadêmica tem duração variável entre seis e 12 meses. A iniciativa é organizada pela Câmara de Internacionalização e Mobilidade da associação, que abre editais com periodicidade semestral para a seleção de estudantes interessados em oportunidades de intercâmbio nacional.


Cronograma

Inscrições: até 08 de julho
Análise das candidaturas: de 09 a 23 de julho
Início das aulas: a partir de agosto de 2019

Universidades associadas
Centro Universitário das Faculdades Associadas de Ensino (FAE)
Universidade do Estado do Amazonas (UEA) 
Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO) 
Universidade Estadual de Feira De Santana (UEFS
Universidade Estadual de Goiás (UEG) 
Universidade Estadual de Londrina (UEL) 
Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) 
Universidade Estadual de Maringá (UEM) 
Universidade Do Estado de Mato Grosso (Unemat) 
Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) 
Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP) 
Universidade do Estado do Pará (UEPA) 
Universidade de Pernambuco (UPE
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) 
Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN
Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) 
Universidade Estadual de Roraima (UERR) 
Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC
Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) 
Universidade de Taubaté (UNITAU) 
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

O prazo para os estudantes renovarem contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ficará aberto até o dia 31 de agosto. O aditamento deve ser feito pela internet. Ao todo, 128 mil estudantes que contrataram o Fies a partir de janeiro de 2018 devem fazer o procedimento.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, uma das condições para o aditamento é estar com os pagamentos em dia. A não realização do aditamento por três semestres consecutivos pode ocasionar o cancelamento do contrato.

Os estudantes também podem fazer o pedido de suspensão ou encerramento do semestre pelo mesmo sistema. A partir de segunda-feira (8), será possível solicitar a transferência de instituição de ensino.

Caso haja necessidade de alterações no contrato, como a troca de fiador, o estudante deve comparecer a uma agência da Caixa. Nesse caso específico, o estudante deverá comparecer com o novo fiador e apresentar a documentação necessária para assinatura de termo aditivo ao contrato.

Novo Fies

O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies juro zero é voltada para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.

Além do juro zero, o Novo Fies oferece a modalidade P-Fies para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

O aditamento está aberto apenas para contratos firmados junto à Caixa. O aditamento dos contratos firmados antes de 2018 seguem cronograma definido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

 

Agência Brasil