Empenhados e animados para expor suas habilidades com os experimentos de foguetes a base de garrafas pet e solução de bicarbonato com vinagre, estudantes da rede estadual de ensino do Piauí, embarcaram no último domingo (27) para o Rio de Janeiro para participarem da 34ª Jornada de Foguetes da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

estuda

Na Unidade Escolar Luís Teixeira, localizada na cidade de Luzilândia, os seis estudantes, Francisco Victor Ferreira, Gabriel Caldas, Kaio Santos, Carlos Daniel Rodrigues, Eduardo Gonçalves e Ivo Otávio Silva, selecionados para participar da competição nacional, haviam conquistado 3 medalhas de ouro e 3 de bronze pelos lançamentos dos foguetes realizados pela escola, com a orientação do professor da disciplina de Física, Francisco Leonardo.

De acordo com a diretora da instituição de ensino, Gardênia Boiba, para a preparação dos alunos foram realizados mais de cem lançamentos de foguetes durante o ano. “Desde maio de 2022, foram feitos mais de cem lançamentos de testes e foram construídos dezenas de foguetes. Essas competições são um grande incentivo para os nossos alunos, principalmente nas áreas de Ciências da Natureza. A tecnologia de lançamento dos foguetes é imprescindível para o aprimoramento das tecnologias de comunicação”, reforça a gestora.

A Mostra Brasileira de Foguetes é uma olimpíada inteiramente experimental, pois consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional sob a supervisão de um professor orientador, geralmente da disciplina de Física.

A diretora do Centro Estadual de Tempo Integral Pinheiro Machado, localizado no bairro Dirceu Arcoverde, Rejane Coelho, que embarcou com a equipe de sua escola para a competição, relata que já é a quarta vez que os estudantes da sua escola participam da Mostra de Foguetes e sempre têm alcançado medalhas. "Essa já é a 4ª vez que nossa escola participa e todas as vezes ganhamos medalhas. Além de ser muito importante por causa da aprendizagem, os alunos se sentem muito valorizados e estimulados a participar. Todos os anos eles já começam a se empolgar e construir os foguetes no início do ano. Eles vêm se preparando desde o mês de agosto. Para conseguirmos participar, tivemos que passar por uma competição interna na escola,  com lançamento de foguetes que chegaram a alcançar mais de 200 metros", conta ela.

A 34ª Jornada de Foguetes terá sua abertura realizada na segunda (28), a partir das 20h, no Hotel Fazenda Ribeirão, localizado no município de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro. A programação se estende até quinta-feira (01), onde todos os alunos recebem um certificado de participação, bem como os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares. Além da distribuição de medalhas para os alunos que obtiveram os maiores alcances em seus respectivos níveis.

Mostra Brasileira de Foguetes

A MOBFOG é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional. A MOBFOG tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronáutica, Física, Astronomia e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, alunos, professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

Na manhã deste sábado (26), a Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Educação, promoveu o penúltimo aulão do Pré-Flo 2022, no auditório do CEEP. O projeto tem por objetivo reforçar o aprendizado de alunos dos anos iniciais e final, do Ensino Fundamental, com aulas de reforço nas disciplinas de português e matemática. Neste sábado, o público-alvo foram os alunos do 9º ano.

nilfranyo

A ação faz parte do Programa Pacto pela Aprendizagem, lançado no mês de julho, quando ocorreu a aula inaugural do projeto Pré-Flo. O projeto tem preparado alunos para provas importantes, a exemplo da prova SAEPI, que foi aplicada no último dia 28 de outubro, onde os alunos de 2º, 5º e 9º anos participaram de aulões.

A abertura do aulão desde sábado, foi prestigiada pelo secretário de Educação, Nylfranyo Ferreira, pelas diretoras de ensino Hortência Vaz e Solange Barros e equipe de professores. Durante toda a manhã, os alunos tiveram aulas de revisão de português e matemática, com a resolução de exercícios práticos.

A previsão é que o último aulão seja realizado no próximo dia 10 de dezembro. De acordo com o secretário Nylfranyo Ferreira, os alunos do 9º ano estão sendo preparados para os testes seletivos do IFPI e do CTF. “Estamos reforçando o aprendizado dos nossos alunos para que eles tenham chances de concorrer igualmente as vagas ofertaras pelos institutos”, disse Nylfranyo.

Secom

Na manhã do sábado (26), a Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Educação, promoveu o penúltimo aulão do Pré-Flo 2022, no auditório do CEEP. O projeto tem por objetivo reforçar o aprendizado de alunos dos anos iniciais e final, do Ensino Fundamental, com aulas de reforço nas disciplinas de português e matemática. Neste sábado, o público-alvo foram os alunos do 9º ano.

 aulaao

A ação faz parte do Programa Pacto pela Aprendizagem, lançado no mês de julho, quando ocorreu a aula inaugural do projeto Pré-Flo. O projeto tem preparado alunos para provas importantes, a exemplo da prova SAEPI, que foi aplicada no último dia 28 de outubro, onde os alunos de 2º, 5º e 9º anos participaram de aulões.

 

A abertura do aulão desde sábado, foi prestigiada pelo secretário de Educação, Nylfranyo Ferreira, pelas diretoras de ensino Hortência Vaz e Solange Barros e equipe de professores. Durante toda a manhã, os alunos tiveram aulas de revisão de português e matemática, com a resolução de exercícios práticos.

 

A previsão é que o último aulão seja realizado no próximo dia 10 de dezembro. De acordo com o secretário Nylfranyo Ferreira, os alunos do 9º ano estão sendo preparados para os testes seletivos do IFPI e do CTF. “Estamos reforçando o aprendizado dos nossos alunos para que eles tenham chances de concorrer igualmente as vagas ofertaras pelos institutos”, disse Nylfranyo.

O projeto de extensão LABIT – Laboratório Itinerante de Ciências da Natureza abre seleção para bolsistas por meio do Programa Institucional de Bolsa de Extensão (PIBEX/UFPI). São ofertadas 4 (quatro) vagas para bolsistas e 6 (seis) vagas para voluntários. O projeto de extensão é coordenado pela Profa. Dra. Ágata Laisa Laremberg Alves Cavalcanti (LEDOC/CAFS) e pela Profa Ma. Maria do Carmo Gomes Lustosa (LEDOC/CAFS) e será desenvolvido de forma semi-presencial, através de encontros online, pela plataforma Google Meet e encontros presenciais, realizados no CAFS/UFPI e nas escolas do campo, onde serão desenvolvidas ações do projeto.

Confira aqui.

Ufpi