• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Os candidatos a cargo eletivo nas cidades de Campo Maior e Jatobá do Piauí não conseguiram fazer os registros de suas candidaturas. A informação foi confirmada pelo promotor de justiça Cláudio Bastos. Segundo ele, nenhum candidato a prefeito ou vereador em Jatobá conseguiu fazer o registro até o final do prazo, que encerrou às 19:00h de ontem, 05.

 

O atual prefeito de Campo Maior, Paulo Martins (PT), e Antonio Sena (PSD), adversário, também não. Somente o candidato Edilson, o Palhaço Piteco (PHS), conseguiu registrar a sua candidatura e de seu vice.

 

Segundo Cláudio Bastos, os candidatos deveriam entregar as mídias com os documentos necessários para os registros. Ele ficou de plantão até às 19:00h esperando.

 

A Lei 23.373, resolução do Tribunal Superior Eleitoral, diz que até ontem os partidos políticos poderiam fazer o registro das candidaturas em bloco. Depois desse prazo, os candidatos precisam fazer os registros individualmente, num prazo de 48 horas.

 

Cidade verde

 

A propaganda eleitoral será permitida a partir de hoje, 6. De acordo com a Lei das Eleições também está liberada a propaganda eleitoral na internet, mas está proibida a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga. Nesta data, também estão liberados os comícios das 8:00h às 00:00h. Partidos políticos e coligações podem usar, no período ente às 8:00h e as 22:00h, alto-falantes e amplificadores de som nas sedes deles ou em veículos.

 

A partir de sábado, 7, estará proibida a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos e inaugurações. A partir desta data também é proibido que candidatos compareçam a inaugurações de obras públicas.

 

Dia 18 de Julho termina o prazo para que candidatos, partidos políticos, coligações e o Ministério Público Eleitoral impugnem candidaturas, conforme determina a Lei Complementar nº 64/1.990.

 

Os eleitores fora do domicílio eleitoral têm até o dia 8 de agosto para requerer a segunda via do título de eleitor.

 

A propaganda eleitoral no rádio e na televisão começa dia 21 de agosto e vai até o dia 4 de outubro, três dias antes do primeiro turno de votações. Nas localidades em que houver segundo turno, o dia será 28 de outubro.


Agência Brasil

O trabalhador autônomo Francisco Rozenildo Gomes da Silva, o Maluquinho, de 32 anos, foi assassinado na madrugada dessa sexta-feira, 06, por volta de 4:00h na Rua Araripina, na Vila Prainha, na Zona Sul de Teresina. A dona de casa Francisca Pereira de Araújo disse que ele foi esfaqueado na frente de uma casa, chegou a andar alguns metros, mas caiu de sua bicicleta. Ela disse que os vizinhos não sabem quem foi responsável pelo crime.

 

A mulher de Francisco, a dona de casa Jani Ferreira de França, falou que a vítima estava sempre sob efeito de drogas e furtava algumas pessoas da região. “Desde que eu conheço, sempre foi assim”.


Meio norte

Um jovem foi preso na manhã desta quinta-feira, 5, por policiais do 6º Batalhão da PM sob acusação de ameaça de morte ao proprietário de um trailer no bairro Parque Piauí, zona sul de Teresina. Segundo informou a polícia, as ameaças teriam começado após a vítima ter presenciado o suspeito tentando assaltar uma mulher.

 

De acordo com informações do major Jonh Feitosa, do 6º Batalhão, a vítima Mauro Lucio dos Santos Machado, 42 anos, declarou que seu trailer teria sido arrombado pelo acusado, identificado como Herlon Wallas Pinheiro Alves, 25 anos, alguns dias atrás.

 

Após o fato, o proprietário passou a dormir dentro do trailer para tentar flagrar a ação, mas teria, na semana passada, presenciado o suspeito atacando uma mulher e gritado pedindo socorro. Desde então, passou a ser ameaçado de morte.

 

Segundo relatos da vítima a polícia, na manhã desta quinta ele teria passado em frente ao seu trailer armado. “Ele passou em frente ao local onde a vítima trabalha e teria o ameaçado com um revólver”, informou o major.

 

A polícia, assim que tomou conhecimento dos fatos, começou as diligências e conseguiu prender o acusado na Vila Nova, próximo ao bairro Parque Piauí. Com ele a polícia não encontrou a arma, mas mesmo assim o encaminhado a Central de Flagrantes para que sejam tomadas as devidas providências.


Cidadeverde