A Sony confirmou nesta quinta-feira, 12, que cortará 10 mil empregos no mundo todo como parte da nova estratégia para reforçar suas divisões principais e obter vendas de 6 trilhões de ienes (US$ 74,1 bilhões) em 2014. Em uma apresentação de seu novo plano estratégico, o presidente do grupo, Kazuo Hirai, confirmou a redução de elenco, que representa 6% de sua força de trabalho, e indicou que a empresa se concentrará em seu setor eletrônico e trabalhará para revitalizar sua produção de televisores.

 

A multinacional japonesa anunciou nesta mesma semana que espera para o ano fiscal de 2011, que terminou em 31 de março, um prejuízo recorde de 520 bilhões de ienes (US$ 6,5 bilhões). A nova estratégia da Sony apostará em fortalecer os setores de imagem digital, videogames e dispositivos móveis, e neles concentrar o investimento e o desenvolvimento tecnológico.

 

Com estes segmentos, a empresa espera gerar até 70% das vendas totais e 85% do lucro operacional da área de eletrônica até 2014.

 

No setor de televisores, que registra perdas há sete anos, a Sony desenhou um plano de desenvolvimento para, segundo Hirai, "recuperá-lo e depois empreender o crescimento" a fim de voltar a lucrar no ano fiscal de 2013. O objetivo é reduzir os custos fixos desta divisão em 60% e os custos operacionais em 30%, detalhou a companhia em comunicado.

 

A gigante da eletrônica também planeja expandir suas operações nos mercados emergentes, responsáveis por 1,8 trilhão de ienes (US$ 22,2 bilhões) em vendas no ano fiscal de 2011, a 2,6 trilhões de ienes (US$ 32,1 bilhões) em 2014.

 

A nova estratégia prevê ainda criar e desenvolver novos segmentos, como o setor médico e o de tecnologia "4K" (que oferece uma resolução quatro vezes superior ao formato HD), e otimizar seus recursos com medidas como concentrar os investimentos.


EFE

Com objetivo traçar estratégias para fortalecer o Partido Comunista do Brasil (PCdoB),  comitê municipal de Picos, os filiados e membros da executiva estiveram reunidos no último dia 9, no restaurante local. Na oportunidade foram recepcionados, José Carvalho Rufino (vice presidente do Comitê Estadual) e o deputado federal Osmar Júnior, presidente da sigla no Piauí.


pcdobdepicosO diretor regional do DNCOS, Zé Carvalho, durante seu pronunciamento lembrou aos filiados e a diretoria do Partido, ser o PCdoB um Partido aberto a críticas. Externou que o Partido não pode se ater somente a cargos, mas é fundamental discutir as ideologias e colocá-las em prática. A reunião interna do Partido contou com vários pré-candidatos a vereadores.


O deputado federal Osmar Junior elogiou a reunião e, apontou como um dos itens da boa estruturação, o fato de o Partido contar com um elenco de bons nomes para a disputa das eleições no legislativo municipal. Ele disse acreditar que o PCdoB está pronto para prestar uma grande contribuição no cenário político picoense, com os nomes que se encontram para serem apreciados pelos eleitores.

O parlamentar acentuou o nome de Glauber Silva, presidente do Partido em Picos, como uma opção para disputar as eleições para o Executivo ou pode também integrar segundo, o deputado, uma chapa majoritária numa possível aliança com outros Partidos. “Picos é uma cidade importante, com uma economia dinâmica que está precisando dá um grande salto administrativo. As eleições permitirão que se construa as condições para erguer o progresso”, observou.


Ao ser indagado acerca de o presidente do Partido Comunista do Brasil, seção de Picos está sendo cogitado para compor a chapa do deputado estadual do PMDB, Kléber Eulálio pré-candidato a prefeito de Picos, Osmar Júnior avaliou a possibilidade como positiva, no entanto, lembrou ser um dos objetivos do Partido participar de uma chapa majoritária nas eleições de outubro.


Outro fato positivo na avaliação do congressista diz respeito à atuação do PCdoB, nos mais diversos segmentos sociais: Movimento Negro, Sindicatos, Associação de Moradores de Bairros, dentre outros. “Essa chapa diversificada vai permitir uma grande votação dos seus candidatos que postulam ocupar uma cadeira no legislativo picoense”, analisou.

Ainda com relação às eleições vindouras, ele aconselhou aos candidatos comunistas que queiram lograr sucesso na campanha, que os mesmos devem ser claros ao transmitir uma mensagem ao povo. “Muita gente diz que o povo não quer saber de ideias, de projetos, mas isso não condiz com a verdade, o povo quer saber do seu candidato, o que ele pensa. O candidato precisa ter um determinada postura, visão, propostas, e acima de tudo humildade, ou seja, precisa pedir o voto e mostrar que é capaz de ser um bom representante, que vai honrar a confiança que recebeu dos eleitores”, finalizou.

Fonte: Ascom
Pelo menos 124 prefeituras do Piauí estão ameaçadas do fornecimento de energia elétrica por atraso nas contas de luz com a Eletrobras Distribuição Piauí. A empresa inicia hoje o processo de cobrança das contas em atraso destas prefeituras. São débitos referentes ao ano de 2011 e dívidas anteriores que tinham sido parceladas e que não foram quitadas.


Há casos de prefeituras que devem contas de energia ainda de 2009. A Eletrobras Piauí não informa os nomes das cidades em que os prefeitos não pagaram as contas de energia. No último dia 30 de março, a Eletrobras Piauí determinou o corte de energia de 43 prefeituras.


Hoje será encaminhado o primeiro aviso de cobrança para os prefeitos devedores. De acordo com Rafaela Moreira, do setor de grandes clientes e órgãos públicos da Eletrobras Piauí, a empresa não pode revelar os nomes das prefeituras devedoras, mas a lista atualizada será encaminhada para o Tribunal de Contas do Estado (TCE).


As dívidas podem resultar na reprovação das contas dos municípios ou no bloqueio das contas das prefeituras. Segundo Rafaela Moreira, o primeiro procedimento é o de telecobrança. "Primeiro procuramos informar os gestores, a lista está sendo finalizada. Temos uma régua de cortes que é obedecida em três datas do mês, a primeira é o dia 10", explica Rafaela.


Ela disse que o procedimento geralmente termina com negociação de débito e pelo menos 40 prefeituras ficam sem energia até o final do mês. No ano passado, a empresa firmou acordo com cerca de 100 prefeituras que aderiram ao parcelamento dos débitos. Algumas prefeituras não honraram o parcelamento e entraram na lista de cortes.  De acordo com Antonio Pereira, assistente da presidência da Eletrobras, foram negociados débitos de quase R$ 100 milhões. Ele disse que as negociações são encaminhadas para o departamento comercial da empresa.
Diário do Povo
Com o passar dos dias e aproximação das eleições de outubro deste ano (2012) estão se inspirando alguns prazos que foram  definidos pela Justiça Eleitoral (JE), quanto aos eleitores e os quem tem interesse em entrar na disputa postulando alguns cargos. O chefe de cartório da 9ª Zona Eleitoral em Floriano, servidor da Justiça Eleitoral, Lívio Amorim numa entrevista ao piauinoticias.com voltou a explicar situações importantes direcionados ao público votante.
livioamorim

Ele disse que restam apenas 30 dias para o encerramento do prazo para as novas inscrições eleitorais e para as transferências, ou seja, as pessoas que desejam votar no município florianense, por exemplo, tem até o dia 09 de maio para o processo de mudança de local de votação. “Aqueles eleitores novos, de 16 e 18 anos que queiram votar tem até a data citada acima para se habilitarem”, explicou.



As pessoas que se encaixam nesse padrão de informações e que não tiverem atenção quanto às datas no sentido de realizar os procedimentos estabelecidos pela JE podem ter o prejuízo de não votar naqueles caindidatos (as) que por ventura tenham escolhido como postulantes a representantes no poder executivo local, ou mesmo, como legislador na Câmara Municipal.


Os documentos pessoais são imprescindíveis no momento do interessado procurar a Justiça para algumas atividades direcionadas as situações já citadas.
Da redação
IMAGEM: piauinoticias.com

Subcategorias