• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

A adesão dos municípios do Piauí ao Sistema Nacional de Cultura (SNC) foi debatida na manhã desta terça-feira, 6, no prédio da Fundação Cultural do Piauí (Fundac), através da consultoria da UNESCO e da participação de órgãos e agentes culturais do Estado. O Sistema Nacional de Cultura vincula à cultura recursos orçamentários da União, do Estado e do Município.

 

“O SNC trabalha de forma integrada e pactuada entre o Estado e a sociedade civil. Isso se dá nas três esferas de Governo: municipal, estadual e federal. Esperamos que, de forma integrada, essa nova política de cultura democratize o acesso aos bens e serviços culturais à toda sociedade, além de fomentar uma distribuição mais justa de recursos a todos os entes federados”  explica a consultora da Unesco, Cristina do Vale.

 

A reunião definiu estratégias de implementação do Sistema Nacional de Cultura em todo o Estado. No Piauí, há uma adesão de 6,7% dos municípios ao SNC e, até fevereiro de 2013, espera-se que a meta alcançada seja de 15%.

 

Ainda este ano serão realizados seminários territoriais e oficinas para quinze municípios do interior do Piauí, no calendário já constam as regiões de Parnaíba e São Raimundo Nonato. “Vamos trabalhar para que mais regiões recebam as informações acerca do Sistema Nacional de Cultura, já que a adesão de cada município é voluntária”, reforçou o assessor técnico da Fundac, Francisco Pelé.

 

O Sistema Nacional de Cultura é considerado um avanço para as políticas públicas de apoio a cultura do país, já que permite estruturar os setores culturais de cada município, através da qualificação da cultura como setor de transformação e agente de desenvolvimento social.

 

 govpi

anselmoNa quarta-feira, 7, será aberto o Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões, em Floriano, no Piauí. O evento, que contará com uma intensa programação de exibições, oficinas e apresentações artísticas segue até o próximo dia 11, quando se realiza a cerimônia para premiação e entrega do troféu Cacto de Ouro.

 

Um dos convidados este ano é o ator global e escritor Anselmo Vasconcellos. Além de exibir “O Carteiro”, ele também lança o livro “Comédia, a arte da irreverência” e ministra oficina durante o Encontro Nacional.

 

Segundo ele, oficinas são o grande laboratório de trocas e conversações que geram forte enriquecimento dos participantes. “É uma realização que dedico grande energia e viajo o Brasil realizando”, aponta, lembrando que o livro "Comedia a arte da irreverência", foi resultado de uma das oficinas que ele ministrou. “(O livro) foi escrito por sugestão de uma oficineira, Raquel Villela, jornalista e bancária, e assim estabelecemos uma excelente parceria e o livro foi sendo trabalhado por pesquisas e conversas que enveredaram por cinco anos contínuos de formatação e análises”, afirma Anselmo. “Costumo dizer que o livro é um pequeno David diante do Golias do conhecimento”, completa o ator.

 

“O Carteiro”, filme que Anselmo exibe em Floriano, é uma inspiração poética do ator e diretor Reginaldo Faria, que se traduz numa estória de amores emaranhados em uma confusão engraçadíssima e surpreendente que se dá a partir da interferência de um jovem carteiro nas correspondências de uma pacata cidade de interior, onde quase nada acontece. Ele altera as cartas e escreve como sendo outras pessoas. Uma nova vida se insurge a partir das mudanças produzidas pelas alterações que o carteiro faz na comunicação escrita, e ele mesmo acaba se apaixonando por uma jovem que se corresponde com um namorado à distancia.

 

“Poético, engraçado e com profundo senso de justiça o filme encanta e sou um admirador entusiasmado deste filme que aposta num caminho totalmente diferente das comédias atuais”, adianta o diretor sobre “O Carteiro”.

 

Em sua sétima edição o Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões terá abertura às 19h, no Cine Teatro Maria Bonita, e deverá receber cerca de 10 mil pessoas.

 

O Encontro contará com a exibição de 21 filmes na mostra competitiva entre longas e curtas de todo o Brasil. Além da mostra competitiva, haverá as mostras não competitivas, que totalizam 27 filmes. As exibições competitivas ocorrerão no Cine Teatro Maria Bonita, sempre às 19h30min, e não competitivas no Cine Teatro Cidade Cenográfica, Universidade Federal do Piauí e Universidade Estadual do Piauí. A previsão é que todos os diretores marquem presença durante a apresentação de seus respectivos filmes.

 

O evento é uma realização do Escândalo Legalizado Teatro, Teatro Cidade Cenográfica e ESCALET Produções Cinematográficas.

 

 

Ascom

O 19º Festival Nacional de Monólogos Ana Maria Rêgo – Ano Adalmir Miranda inicia na noite desta terça-feira, 6, a partir das 19:00h, no Theatro 4 de Setembro. Em sua noite de abertura, duas obras nordestinas serão apresentadas. A entrada é franca e o evento segue até sexta-feira, 9.

 

Neste ano, o Festival homenageia Adalmir Miranda. Ele é formado em Letras e em Educação Artística – Música pela Universidade Federal do Piauí, com especialização em História da arte e da arquitetura pelo Instituto “Camilo Filho”.

 

O festival é organizado pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e traz peças de estados como Minas Gerais e Rio Grande do Norte.

 

Portal da clube

alcacuzO Boca da Noite desta semana traz o som da Alcaçuz, banda piauiense formada em 2008, nascida da necessidade de buscar o novo. A apresentação acontece no Clube dos Diários - Espaço Cultural Osório Júnior, com entrada gratuita, às 19:00h. O Boca da Noite é realizado semanalmente, todas as quartas-feiras, pelo Governo do Estado, através da Fundação Cultural do Estado (Fundac).

 

Formada por Pedro Ben (guitarra/vocal), Rafael Ribeiro (baixo) e João Leite (bateria), a banda mistura diversas concepções musicais em suas canções, porém, sempre com base no Rock, não se prendendo a rótulos.

 

A banda firmou-se após a experiência de seus integrantes com a antiga banda Filosofia de Farmácia, o que representou não apenas uma mudança de nome, mas toda a conquista de um estilo e identidade sonora própria, antes uma embolada de gêneros, que veio formar a Alcaçuz, com uma gama de novas composições.

 

Alcaçuz possui duas demos gravadas, uma de 2009 com 13 faixas e uma de 2011 com 11 faixas, todas autorais. Tais músicas encontram-se em diversos sites na internet (myspace, trama, soundcloud, 4shared), todas disponíveis para baixar e diversos vídeos no youtube para assistir.

 

Fundac