hanseniaseO Brasil é o segundo país do mundo em número de casos de hanseníase. Diante dessa realidade, professores da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) participam desde 2018 do projeto “Territórios Estigmatizados pela Hanseníase, construção e persistência em áreas da cidade de Floriao”.

Uma das atividades em andamento é o concurso de redação sobre a discriminação da hanseníase, que está sendo executada na escola Odorico Castelo Branco. O lançamento do evento aconteceu na última terça-feira (21), e contou com painelistas, mesa de aberturas, palestras, apresentações culturais e representantes do município, Secretaria de Saúde do Estado do Piauí e UESPI. A premiação para os melhores textos acontecerá no dia mundial de combate a hanseníase – 12 de setembro.


O objetivo da oficina é estimular estudantes, professores gestores e demais membros da comunidade à discutirem sobre a hanseníase no Brasil e no Piauí, bem como suas formas de contágio e tratamento, com a finalidade de promover a eliminação do estigma e preconceito em relação à doença.

Segundo a Professora do curso de Pedagogia e Coordenadora do Programa de Acompanhamento de Egressos – PAE da UESPI, Dalva Stella Ferreira, o município de Floriano foi escolhido por ter o maior coeficiente de detecção de casos da doença no Piauí. “É de fundamental importância os professores da instituição contribuírem para o aspecto social da sociedade. Dessa maneira, há um maior engajamento em extensão, com a participação dos docentes ligados as áreas de educação, história e saúde”, explica.


Com a ajuda dos professores da UESPI, o projeto é idealizado pelo Movimento de Reintegração das Pessoas Acometidas pela Hanseníase no Piauí – MORHAN, Holanda Hanseníase Relief – NHR e Prefeitura da cidade de Floriano com a parceria da Universidade Federal do Ceará.

 

Uespi

Ageração Alphaé formada por pessoas nascidas a partir de 2010 que possuem domínio da tecnologia como uma extensão da sua forma de conhecer o mundo: através de uma tela. A nova realidade traz aspectos positivos e negativos no que se refere ao desenvolvimento dessa geração.Uma geração totalmente tecnológica e considerada a primeira 100% nativa digital.

thumbna

Joice Cadore Sonego,professora do curso de Psicologia da FSG Centro Universitário, ressalta que a tecnologia auxilia os processos de ensino-aprendizagem. “Quanto aos aspectos positivos, pode-se citar o acesso rápido à informação, a facilidade em se comunicar com o que está longe, além da tecnologia poder ser usada em atividades pedagógicas e escolares”. Porém, nas questões do desenvolvimento psíquico e emocional, Sonego alerta para a importância da interação da criança com outras pessoas, pois as telas dificultam esse relacionamento.

Geraçãointeligente

Por conta do acesso à tecnologia que favorece a aprendizagem, o acesso à informação é muito mais fácil do que em épocas anteriores. “Quanto a essa geração ser “mais inteligente”, pode-se pensar que as crianças estão expostas a muitos estímulos, o que pode auxiliar no seu processo de desenvolvimento, fazendo com que se tenha a percepção de que as “crianças de hoje em dia” são mais espertas e inteligentes do que nós, adultos e idosos de hoje, fomos”, explica a especialista.

“Sabe-se que as crianças aprendem por imitação de modelos e, se a criança tem pais que não “desgrudam” do smartphone ou do tablet, como ela vai fazer diferente? Estamos todos imersos na tecnologia, mas os pais são os responsáveis por dosar esse uso por parte das crianças e oferecer às mesmas outras possibilidades de entretenimento e de convívio social”, conclui Joice Sonego, também doutora em Psicologia pela UFRGS.

Agência Educa Mais Brasil

 

As profissões na área de saúde estão entre as carreiras mais promissoras até 2020. É o que revela uma projeção do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos. Apesar do estudo ter sido realizado tendo como base o mercado norte-americano, a lista também funciona como indicação do que pode acontecer nos demais países no decorrer dos anos. No Brasil, por exemplo, entre as graduações mais concorridas estão sempre os cursos de saúde, em especial a graduação em Medicina.

thumbnail FOTO 6

E, na lista das profissões mais promissoras, a saúdetambém é o grande destaque. Isso pode ser explicado devido ao aumento da expectativa de vida e envelhecimento da população, além da maior preocupação com hábitos mais saudáveis.

Veja abaixo a lista das carreiras mais promissoras em 2020. 

  1. 1. Engenheiro biomédico
  2. 2. Coordenador de Eventos
  3. 3. Radiologista
  4. 4. Intérprete e tradutor
  5. 5. Analista de pesquisas de mercado e especialista em marketing
  6. 6. Terapeuta familiar
  7. 7. Fisioterapeuta
  8. 8. Dentista
  9. 9. Fonoaudiólogo especializado em audiologia
  10. 10. Educadores em saúde e qualidade de vida

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Os alunos do turno da manhã da Escola Normal Osvaldo da Costa e Silva - ENOCS, em Floriano-PI, com apoio dos professores estarão nesta manhã de sexta-feira, 23, desenvolvendo uma ação de conhecimento voltada hstória de Floriano.

lewandowisk

O estudante Fábio Lewandowisk, um dos colaboradores do projeto, há pouco numa entrevista detalhou sobre o que estará ocorrendo.

 

Da redação