O sonho da graduação já está em curso para 497 alunos matriculados nas formações ofertadas pelo Programa Institucional de Fomento e Indução na Inovação da Formação Inicial Continuada de Professores e Diretores Escolares (PRIL), executado no nordeste pele rede liderada pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio do Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD), com a participação da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

Para 80% desses alunos, o PRIL oferece a oportunidade da primeira graduação. Jaqueline Vale está nesse grupo. Ela faz o curso de Pedagogia no Campus Amílcar Ferreira Sobral em Floriano e começou o segundo semestre no dia 10 de agosto. “Sempre tive um sonho de fazer um curso superior e ainda não tinha tido a oportunidade, com o PRIL vou realizar esse sonho”, celebrou. A estudante destacou, ainda, que o PRIL é uma ótima oportunidade para quem deseja uma formação de qualidade para ingresso no mercado de trabalho e não pode assistir aulas presenciais todos os dias.

“As aulas dos cursos possuem atividades presenciais e remotas. O formato híbrido permite a alternância entre as modalidades, sendo ofertadas atividades síncronas e assíncronas no decorrer das disciplinas ofertadas”, informou a Coordenadora Adjunta do PRIL, Carla Leite.

A UFPI oferta pelo PRIL os cursos de Pedagogia em Teresina, Pedro II e Floriano; Letras/Português em Picos e Floriano; Química em Teresina; e Ciências da Natureza em Teresina e Picos. O objetivo do Programa é ofertar cursos de licenciaturas e de formação continuada inovadoras, que atendam às necessidades e à organização da atual política curricular da educação básica e da formação de professores e diretores escolares que atuam nessa etapa de ensino.

O trabalho articulado entre os docentes é uma das inovações do PRIL. No início de cada semestre é elaborado o Plano de Trabalho Integrado, com planejamento coletivo e garantia da interdisciplinaridade. “Essa ação fortalece o trabalho colaborativo entre os docentes do curso, possibilitando o acompanhamento dos rendimentos dos discentes de forma conjunta, estendendo a docência ao terreno das capacidades, habilidades e atitudes com uma nova metodologia de formação que rompe com o individualismo”, frisou Carla Leite.

Esse modelo já é percebido pelos alunos. Cibele Gomes, aluna do curso de Pedagogia no Campus Ministro Petrônio Portella em Teresina, destacou a qualidade dos professores e as possibilidades que surgirão para atuação profissional. “A experiência no PRIL está sendo produtiva e bastante agradável. Os professores foram maravilhosos e as disciplinas foram enriquecedoras.

O curso permite o acesso ao mercado de trabalho de maneira diversificada”, ressaltou. “A expectativa é de que os discentes, depois de formados, possam colaborar com a melhoria da educação nos locais onde atuam, sendo agente de transformação social e contribuindo para a melhoria da qualidade da educação básica, priorizando a escola pública, possibilitando vivências e aprendizagens que desenvolvam a criatividade, a inovação e a responsabilidade social”, destacou a Coordenadora do Curso de Pedagogia, Janaína Gomes. Equipe do PRIL e Administração Superior da UFPI durante visita do MEC

Acesse aqui e saiba mais sobre o PRIL.

Relacionadas:

Proposta liderada pela UFPI é aprovada pelo MEC para formação de professores da Região Nordeste

Rede liderada pela UFPI aprova nova proposta e vai receber mais de R$ 28 milhões para formação de professores registrado em: UFPI,Últimas Notícias - UFPI

Ufpi

 

A inovação de base tecnológica em diferentes áreas passa a ser realidade na Universidade Federal do Piauí (UFPI) por meio de um conjunto de ações que tem o protagonismo da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPESQI). A UFPI é a maior instituição de pesquisa da região e assume o protagonismo no ecossistema de inovação ao colocar em prática o processo que vai do incentivo à criação de novas tecnologias até a transferência dessas tecnologias.

“A gestão do Reitor Gildásio Guedes quer tirar do Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (NINTEC) as diversas propostas que já foram elaboradas e desenvolvidas pelos professores, técnico-administrativos e alunos”, explicou o Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação, Luiz Santos Júnior. Uma das ações da PROPESQI será a reforma e ampliação do prédio onde funciona atualmente a Incubadora de Empresas do Agronegócio Piauiense (INEAGRO), localizado no Centro de Ciências Agrárias (CCA).

O espaço vai abrigar a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Teresina (INBATE), que passará a funcionar efetivamente a partir da seleção de propostas inovadoras, por meio de edital que será lançado na próxima quarta-feira (17). Luiz Júnior informou que a Prefeitura Universitária já está trabalhando no projeto de reforma e adaptação do prédio. “A PROPESQI está com sua equipe dedicada para entregar o prédio à comunidade o quanto antes”, destacou.

O local recebeu na manhã de hoje (10) a visita do Pró-Reitor Luiz Santos Júnior acompanhado da Coordenadora de Pesquisa e Inovação, Keylla Urtiga; Coordenador de Infraestrutura de Pesquisa da PROPESQI, Anderson Lobo; assessora da PROPESQI, Eliciana Vieira; e assistente administrativa da PROPESQI, Maria Eduarda Silva Alcântara. A equipe foi recepcionada pelo Diretor da INEAGRO, Luiz Augusto de Oliveira. “Precisamos colocar as empresas incubadas de forma mais cômoda e prática para funcionamento. Como esse setor será transformando num centro tecnológico, então, trará maior visibilidade e todos ganham com isso, tanto a INEAGRO, e a INBATE, como as outras que virão para cá”, destacou Luiz Augusto. Outra ação de fortalecimento da inovação é o Edital de Seleção de Propostas Inovadoras para Incubação de Negócios / InovaUFPI, com aporte financeiro de até R$ 250.000,00 para pagamento de bolsas a servidores e discentes da UFPI para desenvolvimento de negócios que potencializem a aplicabilidade de processos, produtos ou serviços inovadores. As propostas selecionadas serão incubadas na INBATE.

Segundo a Coordenadora de Pesquisa e Inovação, Keylla Urtiga, a proposta do edital é apoiar o desenvolvimento do ciclo de inovação de forma completa, até que os produtos possam alcançar o mercado. “Estamos envolvendo propostas que vão desde a ideação do produto até as que possuem um mínimo produto viável (MVP) desenvolvido. Então, se você tem um serviço, um processo ou um produto inovador poderá concorrer nessa chamada. A PROPESQI apoia fortemente o empreendedorismo impulsionado pela inovação em nossa instituição, o que estamos materializando por meio dessas iniciativas”, frisou a Coordenadora. “Queremos incentivar a inovação na UFPI, mostrar que temos condições e é esse o motivo da nossa felicidade”, celebrou o Pró-reitor Luiz Júnior.

O lançamento do Edital de Seleção de Propostas Inovadoras para Incubação de Negócios / InovaUFPI será no dia 17 de agosto de 2022, às 10h, com transmissão pelo canal da UFPI no YouTube.

Acesse aqui.

Ufpi

O Grupo de Teatro Estudantil da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), o “Kahuaham”, Coordenador pelo Professor Moisés Chaves, participa pela segunda vez do “II ENREFAEB NORDESTE 2022 e II SEMINÁRIO DA FAEB”.

faeb

As inscrições devem ser feitas a partir do dia 10 de julho até o dia 10 de agosto, através de formulário online. O seminário acontece no dia 15 a 18 de agosto, de forma híbrida. O evento tem como objetivo divulgar experiências de discentes, em formação inicial, de ações pedagógicas na Educação Infantil, no Ensino Fundamental, Ensino Médio e de Pesquisas em andamento ou concluídas, contribuindo, assim, para a construção coletiva da reflexão a respeito da Arte no Currículo enquanto área de conhecimento, campo de ensino e de aprendizagem na Educação Escolarizada, na Formação Docente e na Pesquisa Acadêmica e/ou Profissional sob as dimensões epistemológicas, pedagógicas e metodológicas em Artes Visuais, Dança, Música e Teatro.

O professor Moisés Chaves destaca a importância da participação do grupo de teatro no evento e a honra em representar a universidade para além dos muros. “Eu vejo com muita alegria esse encontro, pois trás uma maior visibilidade para o grupo de teatro , além do reconhecimento do trabalho que desenvolvemos dentro da instituição, por isso ficamos honrado em participar desse momento com outros estados do nordeste”, destaca.

Programação:

-15 de agosto

08:00- 9:45 – MESADEABERTURA REGIONAL :A Arte no currículo: Questões de Formação Docente e Políticas Públicas. Exibição pelo canal do youtube AMAEMA. Dr.Arão Parananguá/PI/MA( Mediador) Dra. FabianaVidal/ PE Dr. LúizRicardo/PR Me. Thaís deBrito/MA Dr.JefersonAlves/RN

-17 de agosto

8:00 – 8:30 -ABERTURA- Piauí/Credenciamento. Local: Pátio da Escola Técnica de Teatro Professor José Gomes Campos 8:3o – 10:30 – COMUNICAÇÕES CIENTÍFICAS/ RELATOS DE EXPERIÊNCIAS. Formato RODA DE CONVERSAS( Por eixos e áreas ) Local: Salas da Escola Gomes Campos Comissão Científica/PI Prof.Dr.Roberto Freitas-Dança Prof. Me.Raquel Rocha- UFPI-Artes Visuais Prof. MeRodrigo Alves de Melo- IFPI- Música Prof. Especialista Jesus Viana- Secult/RPV

10:30- 12:30 – OFICINAS EWORKSHOPS( Teatro, Dança, Musica) Local: Salas da Escola Gomes Campos “Práticas Teatrais no Ambiente Educacional” Professora Aretha Sammia Público Alvo: Estudantes e Estagiários de Teatro “Danças Livres” Professor Leo Barbosa Público Alvo : Adolescentes e Adultos “Expressão Corporal” Professora Lyvia Moura Público Alvo: Estudantes de Artes Cênicas ,Atores, Bailarinos, Modelos, Cantores e Circenses. “Produção Cultural” Professor Aci Campelo “Processos Criativos dos Fanzines: Da Marginalidade à Sala de Aula” Professora Ioneide santos Nascimento Público Alvo: Professores e Estudantes( Ensino Médio e Superior) “Corpo, Voz e Performance Musical” Professora Andressa Pierote Público Alvo: A partir de 13 anos

19:30– LIVE MOSTRA DE ARTE- EDUCADORES E ARTISTAS EDUCADORESDO PIAUÍ. Local: Theatro 4 de Setembro PROCESSO DE CRIAÇÃO DOSARTE-EDUCADORES Apresentadores :Débora Santos e Junior Marks

TEATRO-Aretha Sammia Mourão -” Flict´s “- Ziraldo ( Grupo de Teatro da APAE) TEATRO-Moises Chaves – “Santo Inquérito” ( Grupo De Teatro da UESPI) TEATRO- Marina Marques – ” Tribo do Tempo”-Ari Veras (Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) TEATRO- Claudia Amorim- “Lenços e Ventos e outras Histórias” ( Grupo Experimental de Montagem da Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) TEATRO- Tcheska Valetim- “Paraneia”-Afonso Nilson ( Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) DANÇA-Lyvia Moura- Performance :”Desiludidos” DANÇA-Dedé- “#Provoca” ( Escola Técnica de Teatro Gomes Campos)

Performance -Alunos da UFPI DANÇA-Elizabeth Báttali- Performance: “Cinco Mil e Catorze” (Secult/NAIDIRCEU) CANTO/MÚSICA- Claudia Simone ( Secult/CEC/Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) CANTO/MÚSICA-Abdala e Johnny Ricky- “Sonhos”- Peninha ( Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) CANTO/MÚSICA-Katia Goldinho e Marlon- “O amor vem pra cada um ” e “Ilusão(Zizi Possi/Katia Goldinho ) – ( Escola Técnica de Teatro Gomes Campos) CANTO/MUSICA-VagnerRibeiro- Pe. Mestre Ibiapina ” O Profeta do Baião do Piauí” (CEC)

Transmissão : Tv garrincha

-18 de agosto

18: 00-19:00 -INAUGURAÇÃO : SALADE LEITURAS INTERATIVAS/BIBLIOTECA- TARCÍSO PRADO Local: Escola Técnica de Teatro Professor José Gomes Campos Espetáculo ” Sociedade dos Poetas Trágicos” -Baseado no Livro de Zózimo Tavares Com dramaturgia e direção de Aci Campelo . Realização A&C Promoções Culturais.

19:30 -20:30 – MESADE ENCERRAMENTO:A Arte no currículo: Questões de Formação Docente e Políticas Públicas( Conclusões e Proposições). Exibição pelo canal do youtube AMAEMA. “O Sol há de brilhar mais uma vez: A arte no currículo,(e) eterno movimento”: Formação de Professores e Mercado de Trabalho em Artes. Rafaela Cristina/MA Rafella Mélo/PE Covidado( Mediador) Augustoneto/PI Adeilza Gomes/RN LilianeAlves/PR

Uespi