×

Observação

There is no category chosen or category doesn't contain any items

simposiO Serviço de Psicologia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) promove nesta sexta-feira (13), às 10h, a 10ª edição do CINEPSI – Psicologia e Mídias Audiovisuais: Processos de Subjetivação do Ser Humano na Contemporaneidade, com a exibição do filme “Para salvar uma vida”. A sessão será no auditório do NEAD (Núcleo de Educação à Distância), no campus Poeta Torquato Neto.

Destinado a servidores efetivos, funcionários terceirizados, professores e alunos da instituição, a nova edição do CINEPSI busca discutir o suicídio e os aspectos de suas implicações, aproveitando a campanha do “Setembro Amarelo”. Para isso, o Serviço de Psicologia escolheu um filme voltado para esta temática.

Segundo o Filmow, site especializado em filmes e séries, “Para salvar uma vida” conta a história de Jake Taylor, um jovem estudante que decide mudar a sua vida e também sacrificar seus sonhos para salvar outras vidas, depois que um antigo amigo de infância, Roger Dawson, comete suicídio.
De acordo com a psicóloga da UESPI e coordenadora do CINEPSI, Mariane Siqueira, após o filme serão levantados questionamentos a respeito do suicídio e será feita a divulgação de alguns serviços de Psicologia disponíveis na capital, dentre eles o próprio serviço oferecido pela UESPI.

“Nós iremos trabalhar a questão da prevenção do suicídio. Isso só é possível através da educação, da informação e falando sobre o assunto, tratando com a sua devida importância. Então, iremos falar de maneira didática sobre o que precede o suicídio, além dos mitos e tabus que envolvem a temática”, explica.
CINEPSI

Próximo de promover a sua 10º edição, o CINEPSI teve início em 14 de novembro de 2018. O projeto surgiu com a proposta de levar temas que são relevantes dentro da sociedade e promover um espaço de discussão e entretenimento, em que haja a contribuição e recepção de informações a respeito da promoção de saúde mental e qualidade de vida.

“Queremos atrair cada vez mais pessoas ao nosso projeto e mostrar a elas a importância de discutir temáticas relacionadas à saúde mental. Nosso objetivo é criar o hábito nelas de participarem com frequência dos nossos encontros quinzenais, trocando experiências e debatendo a respeito de temáticas relevantes no contexto atual. Tudo isso feito através de filmes, séries e documentários, o que acaba deixando a discussão mais ampla e interessante”, finaliza.

 

Uespi

Hoje, 9 de setembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realiza o treinamento dos coordenadores que vão aplicar as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos residentes no exterior (Encceja Exterior) 2019.

thumbna

As provas do Encceja são voltadas para brasileiros que não concluíram a educação básica em idade adequada, mas ainda almejam essa certificação. Com o resultado da prova, os participantes que conseguirem atingir o mínimo de pontuação adequada podem pegar o certificado do ensino fundamental ou médio.

A avaliação será aplicada no dia 15 de setembro, em 18 cidades de 12 países. Ao todo, o exame será feito por 1.812 brasileiros que vivem fora do Brasil. O local de prova já pode ser consultado pelos candidatos por meio do Cartão de Confirmação que está disponível na Página do Participante. O Inep recomenda que, no dia do exame, cada inscrito imprima e leve o cartão. Apesar de não ser um item obrigatório, pode facilitar o acesso a sala de provas.

O Encceja para brasileiros residentes no exterior submetidos a Penas Privativas de Liberdade (Encceja Exterior PPL) será aplicado somente em Tóquio, no Japão, entre os dias 16 e 27 de setembro. 

Países com provas do Encceja Exterior 2019

Bruxelas (Bélgica); Barcelona e Madri (Espanha); Boston, Houston, Nova Iorque e Miami (Estados Unidos); Paris (França); Caiena (Guiana Francesa); Amsterdã (Holanda); Roma (Itália); Nagoia, Hamamatsu e Tóquio (Japão); Lisboa (Portugal); Londres (Reino Unido), Genebra (Suíça) e Paramaribo (Suriname).

*com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

A Pró-Reitoria de Ensino de Pós-Graduação (PRPG), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), torna público o presente Edital para concessão do Prêmio UFPI de Dissertação e Tese 2019, referente às dissertações e teses defendidas em 2018 e produtos de trabalhos em andamento. O Prêmio UFPI de Dissertação e Tese objetiva reconhecer os melhores trabalhados desenvolvidos nesta IES; realizar a autoavaliação institucional e estimular a difusão de novos conhecimentos.

Confira.

 

Ufpi

As inscrições para o Exame Nacional de Acesso ao Mestrado Profissional em Ensino de História (ProfHistória), coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), encerram no dia 29 de setembro. Ao todo, estão sendo ofertadas, a nível nacional, 711 vagas. Na UESPI, são 20 vagas para ampla concorrência para o campus de Parnaíba.

Reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação, o ProfHistória visa a formação continuada do docente que atua na Educação Básica no ensino da História, propiciando qualificação certificada para o exercício da profissão.

Para se inscrever, os interessados devem preencher dois requisitos: ser portador de diploma de curso superior de licenciatura, devidamente registrado no Ministério da Educação; atuar como professor de História em qualquer ano da Educação Básica.

As inscrições custam R$ 120,00 e devem ser realizadas através do site do ProfHistória.

Confira o Edital

 

Uespi