• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

Após decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de suspender venda de linhas da Tim no Piauí e em mais 17 estados, além do Distrito Federal, na última quarta-feira, 18. A operadora informou na noite dessa quinta-feira, 19, que entrará hoje, 20, com um mandado de segurança para não ser forçada a interromper as vendas e ativações de novos chips.

 

Em nota, a Tim considerou a punição excessiva e avaliou que a decisão provoca um desequilíbrio na competitividade do mercado. “A suspensão das vendas foi baseada em dados e indicadores diferentes daqueles usualmente estabelecidos pela própria Anatel para acompanhar o desempenho da rede.”

 

No comunicado, a empresa argumenta ainda que, com base no Índice de Desempenho no Atendimento da Anatel (IDA), que mede volume e prazo de atendimento das reclamações na Anatel, a operadora vem apresentando bons resultados.

 

“A Tim reduziu em 36% a taxa de reclamações no primeiro trimestre deste ano sobre o ano passado, e hoje tem a segunda melhor performance do setor. A Tim em 2012 também é a operadora menos demandada nos Procons integrados ao SINDEC, posição assumida desde julho de 2011?, relata a Tim, referindo-se ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça.

 

Suspensão

A suspensão das vendas de chips para telefonia móvel e internet banda larga, da Oi, TIM e Claro entra em vigor a partir do próximo dia 23. Em cada estado do país, será suspensa a venda de chips de uma operadora – a que tiver apresentado o pior desempenho no local.

 

A Tim liderou as perdas da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nessa quinta, fechando em queda de quase 9% (8,87%, a R$ 8,62), com o impacto da decisão da Anatel.

 

Governo

Punidas por problemas na qualidade dos serviços oferecidos, as empresas de telefonia celular “falharam” ao calcular a demanda por seus produtos, avaliou o secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Cezar Alvarez. “É fruto de um erro de cálculo. Descasaram o arrojo dos planos com a infraestrutura. Houve uma falha das empresas.”


Agência Estado

Frank dos Santos Silva, de 16 anos, morreu na tarde dessa quinta-feira, 19, quando foi atingido com um tiro na cabeça durante perseguição e troca de tiros com a polícia após roubar, junto com um segundo infrator, a arma de um segurança de banco.

 

A perseguição foi realizada pelas proximidades da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (Adufpi), na Avenida Universitária, na tarde de ontem. Os dois suspeitos foram atingidos e a polícia encaminhou a dupla para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Frank morreu no hospital.

 

A reportagem teve acesso a  um vídeo em que Frank aparecia contando dinheiro que supostamente seria fruto de assalto a uma farmácia. Frank aparecia com várias cédulas na frente da própria família.

incendiopatos1972012Um incêndio ocorrido na manhã desta quinta-feira, 19, em um depósito de gás, causou pânico na população da cidade de Patos do Piauí. O fogo teria iniciado em um veículo Fiat Uno, que estava dentro do prédio. Com o aquecimento do local, o gás dos botijões foi exalado e o fogo tomou grandes proporções. As chamas chegavam a mais de 20 metros de altura.

 

A cena foi assustadora, conta populares que assistiram o incêndio. Em pânico e com receio do fogo se espalhar pelos prédios vizinhos, a população retirou móveis e eletrodomésticos de uma loja ao lado. O fogo só foi controlado cerca de 40 minutos depois com a ajuda de carros pipa da Prefeitura Municipal. O Corpo de Bombeiros de Picos foi acionado, mas 1 hora depois ainda não tinha chegado ao local do ocorrido.

 

O carro foi totalmente destruído pelas chamas e a estrutura do prédio comprometida.


Cidades na net

Após a implantação do primeiro módulo do Ronda Cidadão no município de Picos, há pouco mais de um mês, a criminalidade naquela região reduziu de forma significativa. Segundo dados contabilizados pelo 4º Batalhão de Policiamento Militar, as principais ocorrências registradas na cidade diminuíram, a exemplo das agressões domésticas, do roubo a comércios e transeuntes, bem como os casos de ameaças.

 

O programa de policiamento comunitário foi implantado em Picos no dia 14 de junho, o qual conta com um efetivo de 14 policiais treinados para atuar junto à população e duas viaturas com equipamentos que viabilizam uma comunicação mais rápida e eficiente. O módulo instalado na cidade atua nos seguintes bairros: Centro, Canto da Várzea, Paroquial, São José, Aerolândia, Passagem das Pedras, Cidade de Deus, Boa Vista e Papelão.

 

“No início do mês de julho foi realizada uma operação em conjunto com o Conselho Tutelar nos bares e casas noturnas de Picos, advertindo os proprietários sobre o fornecimento de bebidas alcoólicas para menores”, explica o capitão Rcharle Antônio Malheiros de França, comandante do Ronda Cidadão em Picos. É válido ressaltar que, na oportunidade, duas menores foram encaminhadas pelo Conselho Tutelar às suas residências e seus pais foram notificados.

 

Além da visita aos estabelecimentos comerciais do município, os policiais também realizam visitas diárias aos colégios incluídos no raio de atuação do módulo de policiamento, dando maior segurança aos estudantes e evitando que estes se envolvam com drogas. Abaixo segue algumas das principais ocorrências registradas antes e depois da implantação do Ronda Cidadão em Picos, acompanhados das respectivas estatísticas referentes ao primeiro mês de atuação do módulo.

 

Ccom