• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

 

O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, informou neste sábado (27) que o horário de verão vai resultar em uma demora maior na apuração do votos, pelo horário de Brasília, no segundo turno das eleições municipais, marcadas para este domingo (28).No primeiro turno, 90% dos votos foram apurados até as 20h do dia da votação, pelo horário da capital federal. No segundo turno, porém, esse percentual deverá ser alcançado somente às 21h30 deste domingo, justamente por conta do horário de verão, que, em alguns estados, como Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima, representa duas horas a menos do que o horário de Brasília.

 urnasbiometricas7102012

"Nossa expectativa é que, pelo menos, tenhamos a mesma performance que tivemos no primeiro turno. Ou seja, por volta de 20h, no primeiro turno, sem considerar a divisão de fusos horários, tivemos 90% de votos apurados. Entendemos que, com a defasagem de fusos horários, por volta de 21h30 tenhamos essa mesma marca, com o horário de Brasília", declarou Janino.

 

A presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, também falou sobre a demora naior na apuração por conta do início do horário de verão.

 

"Temos algo que não tivemos no primeiro turno. Temos três horários no Brasil. São quatro estados com duas horas de diferença, temos o horário de Brasília e temos alguns estados com uma hora de diferença a menos. Isso vai fazer com que a apuração não seja, no horário de Brasília, nos mesmos termos que foi no primeiro turno", declarou.

 

Segundo ela, a totalização dos votos poderá ser até mais rápida neste domingo, em relação ao primeiro turno, mas a diferença de fusos horários implicará uma demora maior, pelo horário de Brasília, de divulgação dos resultados.

 

"A totalização será, talvez, até com uma diferença muito menor em termos de duração do período de totalização. Apenas a divulgação – como nós temos de tomar o horário de Brasília – não será na mesma rapidez, mas com muito menor índice de possibilidade de qualquer inconsistência", explicou Cármem Lúcia.

 

O secretário Giuseppe Janino também informou que foi feita uma verificação de sistemas do TSE neste sábado pela manhã, procedimento que, segundo ele, serve para verificação por parte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Ministério Público e de partidos.

 

"É uma fase do procedimento que se inicia desde a abertura de todos os programas para análise e verificação do Ministério Público, da OAB e partidos políticos. Eles assinam digitalmente todos estes programas e, no final, se verifica. Estamos verificando se os sistemas de verificação que estão instalados nos "data-centers" de cada TRE, que são de autoria do TSE, estão íntegros. Está tudo ok, sem nenhum problema", declarou o secretário após o procedimento.

 

Em relação às urnas eletrônicas a serem utilizadas na votação deste domingo (28), Janino afirmou que também não foram identificados problemas. "As urnas foram preparadas nesta semana. Estão todas lacradas e em processo de deslocamento para os locais de votação", disse.

 

G1

 

O Governo do Piauí aguarda uma decisão do Ministério da Agricultura sobre o pedido de adiamento da campanha de vacinação contra a febre aftosa no estado. O rebanho, que está debilitado por causa da seca, pode não resistir ao manejo necessário para a aplicação da vacina.

 

O rebanho bovino sofre com os efeitos d estiagem prolongada no município de Francinópolis, que a cerca de 200 quilômetros de distância de Teresina. Muitos animais começaram a morrer de fome e sede. Sem chuva, o pasto da maioria das propriedades da região desapareceu. Os reservatórios, que também não resistiram à seca, estão completamente vazios.

 

O criador Manoel Aquino mantém um pequeno rebanho para produção de leite. A escassez da ração deixou os animais estão debilitados. Ele está preocupado com a vacinação contra a febre aftosa e teme que os animais não resistam.

 

O governo do Piauí solicitou ao Ministério da Agricultura a suspensão por tempo indeterminado da vacinação contra aftosa. A Agência de Defesa Agropecuária avalia que a situação do rebanho é precária, principalmente nos 187 municípios que decretaram situação de emergência por causa da seca.

 

O estoque de vacina contra aftosa é reduzido nas lojas especializadas. Os comerciantes aguardam uma decisão oficial para solicitar o produto ao fabricante.  resposta do Ministério da Agricultura deveria sair nessa sexta-feira (26). Antes da decisão, o ministério resolveu consultar outros estados do Nordeste para saber a condição do rebanho da região.

 

 

G1

 

O ex-vereador Enoque Ramos  que legislou pelo município de Floriano no período de 1996 a 2000, à época integrante do PSDB, após mais de dez anos fora do cenário político  tentou voltar a Câmara Municipal, mas não foi possível devido a sua votação.

 

O ex-parlamentar hoje integrenoqueramos27102012ante do PTB, partido liderado pelo prefeito Joel Rodrigues, teve nas urnas no dia 7 passado, exatos 310 votos.

 


 Nessa manhã de sábado, 27,   o líder comunitário, presidente do Conselho das Associações de Moradores de Floriano (Consamf), esteve na redação da piauinoticias.com e falou do processo de campanha afirmando que teve apoio de familiares e amigos.

 

 

“Estou com mais de dez anos fora da política, ou seja, sem um mandato e avalio de forma positiva a votação que tive através dos amigos, familiares e populares. Isso mostra que o nosso trabalho foi reconhecido”, disse ele.  Enoque é mais uma das pessoas que disputaram as eleições passadas e que começam a se projetar para a próxima campanha de prefeito e vereadores, que deve ocorrer dentro de 4 anos.

 

 

Da redação

IMAGEM: piauinoticias.com

 

No final da tarde desta sexta-feira (26), o candidato à reeleição Elmano Férrer (PTB) convocou uma coletiva de imprensa em sua residência.

 

Segundo Elmano, a coligação de Firmino Filho criou um factoide ao dizer que eles protocolaram na Polícia Federal denúncia contra uma possível compra de votos por parte do candidato Elmano Férrer: “Diziam que iam lá, fazer uma denúncia no sentido de que nós estávamos recebendo R$ 25 milhões de reais para compra de votos, isso é uma grande inverdade”.

 

 

GP1

Subcategorias

A informação sobre como deve funcionar as empresas nessa quinta é da presidente da Classe Comerciária a líder Jocilena Falcão.  Ela recebeu o repórter Ivan Nunes, do Piauí Notícias, para externar sobre como será o funcionamento das empresas no Dia de Corpus Christi.

jocinala

Na entrevista, Jocilana informa que algumas empresas consideradas essências estarão em funcionamento, mas cumprindo o que determina a Lei e o acordo firmado entre as classes de patrôes e empregados do comércio local.

O Sindicato, ainda de acordo com ela, deve agir no caso de algum empreendedor descumprir o acordo. Veja a entrevista com a lider Jocilane Falcão. 

Da redação