• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O Sindicato dos Hospitais do Piauí (SINDHOSPI), por meio de seu vice-presidente, Lúcio Brígido, faz um apelo sobre o impasse de uma divida dos convênios Plamta/Iapep, do Governo do Estado, e Plante/IPMT, da Prefeitura de Teresina, junto aos hospitais particulares e filantrópicos da capital.



O vice-presidente do SINDHOSPI relatou em entrevista, que desde agosto de 2011 o governo não repassa o pagamento das dívidas de atendimentos e internações feitas pelos convênios Plamta e Plamte. Lúcio Brígido faz um apelo ao governo que, segundo ele, continua ignorando a situação. Ele ainda relata que o governo todo mês desconta a contribuição no contracheque do servidor público.


O IAPEP ainda não se pronunciou de quando vai atualizar essa situação. “Estão devendo, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro e já estamos no final de janeiro e não temos nenhuma posição”, disse o vice-presidente.


Lúcio ainda frisou que o Plamte/IPMT entrou em negociação com a dívida antiga, pagando julho, agosto e setembro, com o compromisso de em até três meses atualizar toda a situação. Os hospitais particulares e filantrópicos exigem do Plamta/IAPEP uma solução urgente e definitiva para esse problema que existe há anos.


O SINDHOSPI, com o apoio do Sindicato dos Médicos e outras entidades, realizam no próximo dia 24, as 14:00h, no auditório do SINDHOSPI, uma Assembléia Geral Extraordinária. Na oportunidade, serão discutidas que medidas serão tomadas diante da indiferença do Governo do Estado em relação à negociação.

 

 

Cidade Verde

 

Quatro homens armados assaltaram por volta das 15:30h, dessa sexta-feira, 20, a Prefeitura de Eliseu Martins, cidade localizada a 489 quilômetros de Teresina, na região Sul do Piauí.

 

 

 

Segundo informações do prefeito Maciano Pereira, os assaltantes acompanharam a secretária da Prefeitura desde Canto do Buriti, onde havia sacado uma quantia de aproximadamente R$ 12 mil, até Eliseu Martins. "Eles estavam em um veículo Gol, de cor preta, e quando chegaram em frente a Prefeitura, abordaram a funcionária e levaram toda a quantia em dinheiro, além de documentos e celulares.

 

 

 

Ainda de acordo com o prefeito, os bandidos fugiram levando o carro da secretária, que foi abandonado a 5 Km de Eliseu Martins. "Eles seguiram no sentido das cidades de Pavussu e Canavieira", informou Maciano Pereira.

 

 

 

Neste momento, a polícia da cidade faz buscas na região. A guarnição conta com o apoio das polícias de Rio Grande do Piauí, Canto do Buriti e Canavieira.



Portal da Clube

 

A Secretaria de Defesa Civil está selecionando Engenheiro Eletricista para atuar nos projetos específicos, de duração determinada, executados pela Sedec. A vaga é para a cidade de Teresina, com remuneração de R$ 3.500,00 mensais, com carga horária de 40 horas semanais.

As inscrições seguem até o dia 26 de janeiro. O candidato deve efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 30,00, através de depósito bancário, pagável na conta da Secretaria da Defesa Civil, no Banco do Brasil conta nº. 7340-7, Agência 3791-5, e se dirigir à Secretaria Estadual da Defesa Civil, localizada na Av. Antonino Freire, 1473, Centro, Edifício Dona Antonieta Araújo, 5º andar, munido do comprovante de pagamento da taxa, cópias autenticadas do Diploma, do comprovante do registro no Crea, curriculum vitae e CPF.

O resultado da seleção será divulgado dia 31 de janeiro.

Clique aqui e confira o edital


Fonte: governodopiaui

Uma tragédia em família ocorrida na noite dessa quinta-feira,19, por volta das 23:00h na Rua Santo António em frente ao Banco do Nordeste em Picos, onde o pai conhecido por Luiz Pintor matou com cinco tiros de revolver o seu próprio filho, William Lopes dos Santos, 32 anos solteiro, residente na Travessa Joaquim Paraíba de Oliveira cruzando com a Rua São José no centro da cidade.


Segundo informações de populares que viram o crime, Luís Pintor passava pela Rua Santo Antônio quando encontrou o seu filho que andava em companhia de um amigo, quando o mesmo sacou o revolver e desferiu um tiro a queima roupa, logo que William caiu no chão o pai deu mais quatro tiros e fugiu em destino ignorado.


Mesmo levando cinco tiros, William ainda foi socorrido por uma equipe do Samu e chegou a ser levado para o Hospital Regional Justino Luz, mais não resistiu aos disparos e morreu logo em seguida.


De acordo com amigos da família que pediram para que seus nomes não fossem divulgados, a convivência em família entre os dois não era harmoniosa principalmente porque William era muito agressivo e recentemente havia batido em sua avó devido ao uso de drogas, pois o mesmo era usuário e tinha dependência química.


William como era mais conhecido, era funcionário público municipal em Picos e trabalhava como pintor, restaurando prédios públicos municipais. Segundo um amigo próximo a ele, as discussões em família não era de hoje, pois já vinha de algum tempo, o que terminou com uma tragédia, frisou.


Logo após o crime a Polícia militar foi acionada para tentar prender o pai, mas até o momento ele não havia sido pego, pois mesmo estando a pé no momento do crime, Luís Pintou conseguiu fugir do flagrante.


A ser dado morto pela equipe médica que o atendeu, o corpo de William foi levado para o necrotério do hospital para ser periciado pela Polícia Civil e por um médico legista. Com esse crime, é mais uma tragédia ocorrida em família causando comoção popular.

 

 

Meio Norte