• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O Ginásio Coberto Deffala Attem, bairro Tiberão em Floriano-PI, recebeu grande público nesse final de semana, dias 14 e 15 de janeiro. O município florianense está sediando a segunda etapa da Copa Norte de Futsal e pelo menos, três jogos foram realizados com presenças de grande público.


No sacrifício a representação de Cristino Castro jogou três partidas no final de semana e conseguiu uma vitória. A equipe do Agora Floriano, que tem o apoio do jornalista Silas Freire, foi um dos times participantes da competição que enfrentou Cristino Castro e ganhou pelo placar de 9 x 2.

Os demais jogos foram:

Cristino Castro 2 x 5 Jerumenha

Cristino Castro 8 x 2 Força Jovem

Novas partidas deverão ser realizadas na quinta-feira e terá o confronto entre duas das melhores equipes da competição. O Agora Floriano que é treinado pelo Jr. Bocão vai enfrentar a representação esportiva de Jerumenha. De acordo com informações como se trata de um grande jogo, pelo menos é o que se espera, há uma aposta sendo feita entre torcedores no valor de R$ 1.000,00 pela vitória no tempo normal de uma das equipes.

 

Da redação

IMAGEM: Ilustrativa

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, reclamou das exigências feitas pelo governo federal em relação a realização da Copa do Mundo no país. O dirigente, que já havia criticado o atraso na aprovação da Lei Geral da Copa, afirmou que o país pediu mais que os outros que sediaram o Mundial.

“Porque vocês ganharam cinco vezes a Copa, vocês acham que podem pedir, pedir”, afirmou Valcke, ao lado do ministro do esporte, Aldo Rebelo, e do membro do conselho administrativo do COL (Comitê Organizador Local da Copa), Ronaldo.

O dirigente se referia, principalmente, ao texto da Lei Geral da Copa, documento que deverá dar garantias à Fifa, dona do Mundial. A primeira versão do texto do projeto de lei, encaminhado ao Congresso Nacional em setembro de 2011, desagradou a entidade máxima do futebol. Após se reunir com Valcke, a presidenta Dilma Roussef admitiu alterações no projeto de lei e novo texto foi redigido. O documento está sendo analisado pelos deputados. O governo e a Fifa esperam que ele seja votado até março.

“Acho que agora é o momento de assinar o acordo. Todos nós estamos focando nessa lei”, afirmou Valcke, que chegou a ironizar o que, segundo ele, é uma demora na aprovação do texto. “Agora nossa missão é fazer essa lei nascer. Agora é a hora de fazer esse bebê nascer. A gente tem que fazer esse bebê nascer, já passaram os nove meses”, disse.

Apesar das críticas, Valcke tentou se mostrar alinhado com o governo e com o COL, que esteve representado por Ronaldo. “Não há nada errado na nossa relação”, declarou o dirigente. “Será a melhor Copa de todos os tempos”, completou.

Na terça-feira, a comitiva da Fifa visitará Fortaleza e Salvador. Na quinta-feira, haverá uma reunião com o COL no Rio de Janeiro. Faltando menos de três anos para o Mundial, a entidade planeja visitas ao Brasil a cada dois meses. Todas as 12 sedes receberão a comitiva até o final de 2012.

 

Fonte: IG

Bruno Senna será piloto da Williams na temporada 2012 da Fórmula 1. A confirmação veio na manhã desta terça-feira, 17, em um comunicado oficial do time inglês. O brasileiro será companheiro do venezuelano Pastor Maldonado, substituindo o compatriota Rubens Barrichello na equipe. Desta forma, o recordista de participações na categoria fica sem um cockpit na categoria depois de 19 anos – a não ser que acerte com a pequena HRT, único time que ainda não definiu seu segundo piloto para esta temporada.

- Sinto-me privilegiado pelo fato de a Williams me ter escolhido como um de seus pilotos. A equipe tem uma grande tradição e espero poder escrever um bom capítulo em sua história - disse Bruno Senna.
Rubens Barrichello se manifestou rapidamente depois do anúncio. O piloto lamentou no Twitter por ter perdido a vaga, mas desejou sucesso para o compatriota.
- Fala galera. Pois é, não estarei guiando o carro da Williams este ano. Desejo ao meu amigo Bruno Senna muita sorte. O futuro está em aberto… - escreveu Rubinho.

Atualmente com 28 anos, Bruno Senna estreou na Fórmula 1 em 2010, justamente pela HRT, sofrendo com um equipamento extremamente limitado. No ano seguinte, transferiu-se para a Renault-Lotus (atual Lotus), atuando como

piloto reserva até a 11ª etapa, quando ganhou a vaga do alemão Nick Heidfeld. Ao todo, foram 26 participações na categoria, tendo como melhor resultado um nono lugar. Ele chega à Williams com um aporte financeiro próximo a R$ 30 milhões, provenientes de três empresas, entre elas o grupo que pertence ao bilionário Eike Batista.

Não é a primeira vez que um Senna vai guiar pela Williams, que já contou com o tricampeão Ayrton Senna, tio de Bruno, em seus cockpits. Em 1983, ano em que foi campeão britânico de Fórmula 3, Ayrton fez um teste que impressionou Frank Williams, fundador da equipe. Mas a parceria entre ambos só seria concretizada em 1994, quando o brasileiro tentava o quarto título mundial. Após marcar três poles em três corridas, o piloto morreu em um acidente nas primeiras voltas do GP de San Marino. Desde então, o time carrega o famoso “S do Senna” adesivado nos bicos de suas máquinas.

A chegada de Bruno ao time de Grove também fecha as portas para outro brasileiro na equipe. Com 325 corridas disputadas, a mais longa carreira de um piloto na Fórmula 1, Rubens Barrichello fica perto de encerrar sua história na categoria. Desde 1993, ele correu pelas equipes Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn, além da própria Williams, onde competiu nas duas últimas temporadas.

 

Fonte: globoesporte.com

Em tempos distintos, Flamengo e Corinthians empataram por 2 a 2, em amistoso disputado neste domingo, no estádio do Café, em Londrina-PR. Com os titulares em campo, o Timão fez valer o maior entrosamento para abrir dois gols de vantagem no primeiro tempo, com Alex e Liedson. Na etapa final, porém, com os times reservas em campo, a garotada rubro-negra reagiu e igualou o placar, com o argentino Bottinelli e Negueba.

O Flamengo encerra a fase de preparação no interior do Paraná sem um caminho traçado. O técnico Vanderlei Luxemburgo e 16 jogadores viajam nesta segunda-feira para a Bolívia, onde enfrentam o Real Potosí, dia 25, pela fase preliminar da Taça Libertadores. Sem receber a cinco meses, Ronaldinho Gaúcho está na relação de atletas, mas decidirá se segue com o grupo apenas momentos antes do embarque. Ele aguarda pelo pagamento R$ 3,75 milhões.

Já o Corinthians continuará sua pré-temporada em São Paulo. Na quarta-feira, o Timão enfrenta a Portuguesa, às 21:00h (horário de Brasília), no Pacaembu, em partida que marcará a entrega das faixas aos campeões das Séries A e B em 2011. A estreia no Campeonato Paulista está marcada para o próximo dia 21, contra o Mirassol, também em São Paulo.

Corinthians domina e abre 2 X 0

O maior entrosamento e a permanência de todos os titulares campeões brasileiros fizeram a diferença a favor do Corinthians no primeiro tempo. A marcação adiantada no campo de ataque, característica da equipe em 2011, atrapalhou ainda mais a já confusa defesa do Flamengo, que aceitou a pressão para jogar nos contra-ataques, mas errou em demasia no setor ofensivo.

Itamar, nova aposta de Vanderlei Luxemburgo para a camisa 9 rubro-negra, foi o maior exemplo disso ao perder um gol incrível logo aos 11 minutos. Com suas peças avançadas, o Timão abriu espaços na defesa, mas os cariocas não souberam aproveitar. Em cruzamento pela direita de Renato, o centroavante apareceu livre na pequena área e cabeceou para fora.

As falhas defensivas não foram exclusividade do Corinthians. Um presente de Airton colocou os paulistas em vantagem, aos 25. O volante errou passe na entrada da área e deu a bola de presente para Alex. Com muita categoria, o reforço mais caro do Timão em 2011 (R$ 14 milhões) bateu com categoria, no canto direito alto de Felipe. Golaço!

O Flamengo tentou reagir, mas teve pouca força no ataque. Ronaldinho e Deivid estavam em uma tarde discreta. O melhor lance foi em um cruzamento de Junior Cesar que desviou em Danilo e obrigou Julio Cesar a espalmar para escanteio. No mais, só deu Timão. Danilo parou em Felipe com um chute forte pela esquerda. Coube a Liedson, aos 45, receber na área, proteger a bola e bater rasteiro no canto direito baixo para fazer 2 a 0.
Bottinelli, sempre ele!
Os times voltaram para a etapa final com 11 alterações cada. Sem o mesmo entrosamento, a superioridade do Corinthians acabou, e o Flamengo passou a controlar o jogo. Com mais velocidade no setor ofensivo, o Rubro-Negro avançou e aproveitou os espaços dados pela defesa rival.

A estrela do argentino Bottinelli voltou a brilhar em Londrina. Autor de dois gols em dois jogos no estádio do Café, o jogador deixou sua marca novamente e deu início à reação carioca. Aos 22 minutos, ele recebeu belo passe de Lucas nas costas da zaga e tocou bonito na saída de Danilo Fernandes.
Adriano, que pela primeira vez atuou por um tempo completo com a camisa do Corinthians, decepcionou. Apesar dos elogios feitos pela comissão técnica, o jogador mostrou que continua fora de forma e muito abaixo tecnicamente. Com ele preso entre os zagueiros, o Timão não levou perigo em nenhum momento.

Melhor para o Flamengo, apostando na velocidade dos homens de frente. O gol de empate veio aos 35. O recém-contratado Magal cruzou da esquerda e Negueba, livre de marcação, bateu rasteiro. Aos 45, o atacante ainda teve a chance de virar o jogo, mas desperdiçou uma chance incrível. Em contra-ataque, ele apareceu livre na área e errou feio ao tentar encobrir o goleiro Danilo Fernandes.

 

 

Globo Esporte