twittersecretariaA secretária da Educação Básica, Maria do Pilar, anunciou em sua página no Twitter, nesta quinta-feira, 26, que deixa o cargo no MEC (Ministério da Educação). A mudança surge dois dias após a saída de Fernando Haddad e a posse do ministro Aloizio Mercadante à frente da pasta.

 

 

 

Em seu lugar, segundo Pilar, assumirá Cesar Callegari, ex-presidente da Câmara de Educação Básica no CNE (Conselho Nacional de Educação). Na mensagem divulgada no Twitter, ela desejou "sorte, energia e bom humor" a Callegari.

 

 

 

O MEC, no entanto, ainda não confirma a informação. Segundo a assessoria de imprensa, trata-se de uma “manifestação isolada” de Pilar.  Saídas de outros membros da cúpula do ministério são especuladas. Entre eles, a presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Malvina Tuttman.

 

 

 

Outros secretários que podem deixar a pasta são Eliezer Pacheco (Educação Profissional e Tecnológica) e Carlos Augusto Abicalil (Articulação com os Sistemas de Ensino). Os substitutos ficarão a critério de Mercadante.


R7

 

A editora alemã Editorial Académica Española/EAE que é uma marca da LAP LAMBERT Academic Publishing GmbH & Co. KG, situada na cidade de Saarbrücken, Alemanha, estará publicando o trabalho resultado de tese doutoral da prof. Dra. Alcilia Afonso(Kaki), vinculada ao curso de Arquitetura e Urbanismo da UFPI, cujo título é " La arquitectura moderna en Recife en los años 50".

 


O trabalho resgata os critérios projetuais da arquitetura moderna produzida em Recife pelos arquitetos e professores Mário Russo, Acácio Gil Borsói, Delfim Amorim e Heitor Maia Neto, que produziram edificações voltadas para o clima tropical brasileiro, usando soluções, técnicas e materiais locais, resultando em um rico acervo moderno, e que vem influenciando a várias gerações.


O livro será comercializado dentro em breve, em livrarias e através do site Amazon.
 

 

UFPI

Está liberado para consulta pela internet o resultado da segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação. Foram convocados 62.285 candidatos, que têm a segunda-feira, 30, e a terça, 31, para providenciar a matrícula na instituição de ensino na qual foram aprovados.

Os candidatos não selecionados em nenhuma das duas opções nas chamadas regulares ou que tenham sido selecionados pela segunda opção, mas pretendem continuar concorrendo pela primeira, podem aderir à lista de espera. A participação na lista deve ser confirmada on-line, no sistema. O estudante concorrerá à vaga apenas pela primeira opção.

O prazo de adesão, a partir desta quinta-feira, 26, vai até 1º de fevereiro.

A consulta ao resultado da segunda convocação deve ser feita na página do Sisu na internet. A documentação necessária para a matrícula consta do boletim de acompanhamento do estudante, disponível na mesma página e também nas instituições de ensino participantes do sistema.



Assessoria de Comunicação Social


igorO estudante do 7° período do curso de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Igor Nunes Rodrigues, foi um dos 17 selecionados para participar da segunda edição do projeto "A Gente Transforma (AGT) 2012 - Chapada do Araripe/Piauí", criado pelo reconhecido designer Marcelo Rosenbaum.


Igor Nunes concorreu com mais de 200 candidatos de todo país, estudantes das áreas de arquitetura, design, serviço social e engenharia. Os selecionados passarão 15 dias na localidade de Várzea Queimada, município de Jaicós (a 400 km de Teresina), próximo a divisa dos estados do Piauí, Ceará e Pernambuco.


Sob a supervisão de profissionais, coordenados pelo designer Marcelo Rosenbaum, os estudantes têm a tarefa de encontrar soluções, junto à comunidade, para melhoria do saneamento básico, iluminação das casas, problema da água contaminada e falta de infraestrutura.


Para concorrer a uma das vagas, os candidatos enviaram vídeo de apresentação e texto sobre como o design sustentável pode requalificar a vida das pessoas do povoado de Várzea Queimada. "Resolvi me inscrever motivado pelo interesse na área de sustentabilidade, pela experiência de trabalhar com profissionais renomados e pela oportunidade de aliar arquitetura com trabalho social", disse o estudante.


No texto enviado pelo estudante da UFPI, ele dá sugestões de iluminação e circulação de ar sustentáveis que podem melhorar a qualidade das moradias da região. "Os espaços devem ser pensados em conjunto com os moradores de modo a haver sempre a identificação do usuário, de sua cultura ao espaço.


Elementos vazados como cobogós ou muxarabis tornarão os ambientes fluidos e iluminados. Portas com bandeiras em elementos regionais como talos de carnaúba, janela com quebra sol utilizando a palha de carnaúba permitirão a circulação do ar sem desproteger dos raios solares", escreveu.


Além de estudar para a graduação, o estudante de 20 anos é estagiário em um escritório de Arquitetura em Teresina, além de participar de projetos de pesquisa dentro da Universidade. "Agradeço à Universidade e aos meus professores pela boa formação, principalmente às professoras Nícia Leite e Kaki Afonso", disse.


A professora e coordenadora do Escritório Escola de Arquitetura da UFPI Drª Alcília (Kaki) Afonso, explicou que os alunos do curso de arquitetura e urbanismo da UFPI possuem uma formação voltada para a área de planejamento urbano e inserção social, e que a participação do Igor neste processo, de certa forma, é resultado dos princípios desta formação. "Acho muito importante a participação do aluno Igor Nunes no projeto AGT, pois demonstra a iniciativa do aluno em procurar espaços em nível nacional para desenvolver um trabalho que tem buscado despertar a comunidade e promover mudanças nos cidadãos e no meio em que eles vivem, através de propostas e ações de inclusão social, da arte, da educação, da inclusão digital e da transformação do espaço, que de certa forma, é o que estamos fazendo através de projeto de extensão desenvolvido na comunidade Vila Ininga (localizada na cidade de Teresina-PI)", declarou Kaki Afonso.


No ano em que o curso de Arquitetura e Urbanismo da UFPI completa 19 anos de implantação, a seleção de um aluno para o AGT representa a maturidade do curso, afirma Nícia Bezerra Formiga Leite, coordenadora do curso. O curso também teve o número de vagas duplicado para o ingresso 2012, passou de 30 para 60. 


No dia 1° de fevereiro, os estudantes selecionados irão ao povoado de Várzea Queimada. E a Universidade Federal do Piauí estará representada pelo jovem acadêmico de Arquitetura, Igor Nunes. É a UFPI firmando, mais uma vez, seu compromisso com a educação superior de qualidade, gerando conhecimento em benefício da melhoria da qualidade de vida da população.


O projeto "A Gente Transforma" (AGT) foi criado em 2011, pelo designer Marcelo Rosenbaum. O objetivo principal do AGT é transformar os problemas sociais, que afetam as famílias que vivem em condições precárias, em oportunidades de desenvolvimento. O projeto é realizado por meio de parcerias e voluntariado. Empresas, poder público, estudantes universitários, profissionais e a comunidade, todos reunidos em prol da melhoria da qualidade de vida de uma determinada população.


Segundo o site do projeto, a edição Chapada do Araripe/Piauí será composta por duas frentes de trabalho. Uma qualificando os artesãos locais para produção de 30 peças, que serão expostas na maior feira de designer do mundo, Salão Internacional de Milão, em abril de 2012. A segunda, voltada para melhorar a qualidade de vida da população local por meio do desenvolvimento e da implantação de ações sustentáveis de iluminação e saneamento.

 

 

UFPI