• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

coriiiApós uma reunião de Conselho Arbitral que durou cerca de duas horas, representantes de clubes e da Federação decidiram pelo adiamento da rodada de abertura do Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais. Com dez times confirmados, a competição terá sua largada no dia 15 de abril, com a garantia do campeão representar o Estado na Copa do Brasil de 2013.

 

Além de Barras, Caiçara, Comercial, Cori-Sabbá, Flamengo, Piauí e 4 de Julho, que já estavam confirmados, nessa segunda-feira, 5, foi a vez de River, Parnahyba e Picos também garantirem que jogam a competição promovida pela FFP. A fórmula de disputa, porém, permanece a mesma que já havia sido aprovada no primeiro Arbitral do ano: turno único, onde todos jogam entre si, no sistema de ida-e-volta. Ao final do turnão, os quatro melhores colocados estarão classificados para as semifinais do Campeonato Piauiense, saindo daí os dois finalistas da competição.

 

A fórmula é exatamente a mesma dos campeonatos de 2007 e 2008, quando River e Barras foram campeões. O diretor de futebol profissional da FFP, Robert Brow Carcará, disse à imprensa que está mantida uma das vagas da Copa do Brasil 2013 para o campeão. Os seis melhores classificados garantem a participação na Copa Piauí, prevista para o segundo semestre e que irá apontar o outro representante da Copa do Brasil no próximo ano.


Quanto a ordem de jogos da Fase Classificatória, a mesma deve ser divulgada, com datas, locais e horários, ainda nesta semana. Sobre a vaga do futebol piauiense na Série D do Campeonato Brasileiro de 2012, Brow disse que esse assunto já é caso encerrado - "ela está entre Comercial e Flamengo, que irão fazer o jogo decisivo no próximo domingo, em Campo Maior".


 ATUALIZADA às 10:43h

O Corisabbá pode ter uma nova história na sua página de participações em competições no estado do Piauí.  Pelo Torneio da Movimentação, realizado já este ano, a equipe realizou algumas partidas e saiu invicto da competição devido a um jogo que foi antecipado sem uma prévia comunicação por parte da organização da competição, pelo menos é o que revela integrantes da direção da equipe. 

 

O ex-jogador  Vanin estava no comando da equipe no Torneio citado e pelo que parece teve aprovação, pelas atuações da equipe diante dos seus adversários.  Para a competição que estará se iniciando em abril, ele é uma das pessoas que está sondada para atuar como técnico e de acordo com informações já houve um novo contato com a direção do Corí.


Vanin teria colocado que se aceitar ser o treinador da equipe florianense gostaria de indicar os atletas a serem contratados, de ter um contrato e ainda uma estrutura que proporcionasse condições de trabalho.  O ex-jogador tem buscado conhecimento com o objetivo de boas atuações como treinador, já que o Cori lhe deu essa oportunidade.

Com informações do Acesse Piauí

Dando sequencia a sua fase de preparação para o jogo da próxima quarta-feira (07), diante do Fortaleza, pela rodada de abertura dqa Copa do Brasil, o Comercial voltará ao gramado do Estádio Albertão nesta segunda-feira. O domingo foi dia de dois expedientes, com atividades no Clube das Classes Produtoras e mais uma vez no local do jogo.


No jogo-treino realizado sábado à tarde, no Albertão, o vice-campeão piauiense derrotou uma equipe amadora por 3 a 0, com dois gols de Paulinho Messejana e outro de Jefferson Pipoca. Na manhã de hoje (04), o treino que estava programado para o Centro de Treinamento da Emater foi transferido para as Classes Produtoras. Mesmo ainda em obras, o clube presidido pelo também presidente da Federação, Cesarino Oliveira, já dispõe de um campo com dimensões oficiais e de gramado em excelente estado.



Depois do treino realizado à tarde, no Albertão, o timne voltará ao local do jogo amanhã. A Comissão Técnica quer uma atividade no horário do jogo, mas falta liberação da Fundespi, que, a princípio, autorizou treinos apenas para o período da tarde, sem a necessidade de acionamento dos refletores. Enquanto isso, Polozzi vai imaginando qual a formação ideal para iniciar o jogo diante do Fortaleza.



Quanto aos ingressos para o jogo, os mesmos já começam a ser vendidos em Campo Maior, aos preços de R$ 10,00 (geral), R$ 20,00 (arquibancadas) e R$ 30,00 (cadeiras). Segundo o repórter Wellington Leite, do Futebolpiauiense.com.br, a torcida de Campo Maior já está se mobilizando para invadir o Estádio Albertão. "Cerca de 8 ônibus serão colocados a disposição da torcida, que deve fazer uma manifestação contra a Fundespi, pelo abandono do estádio Deusdedit de Melo, a casa do Comercial", afirma Wellington.

acessepiaui

Em seu primeiro amistoso de preparação para a Copa do Brasil, onde terá como adversário, na primeira fase, o Sport Club do 4dejulhoRecife, a equipe do 4 de Julho goleou a seleção de Piracuruca na tarde deste domingo (04), por 6 a 0, em partida disputada no Estádio Ytacoatiara, na cidade de Piripiri. Com a mesma base que venceu o último Campeonato Piauiense, o Colorado não tomou conhecimento do seu oponente.


Wilsinho, Adílio, Pretinho, Pedra Preta, Vandir e Augusto foram os autores dos seis gols do 4 de Julho, que aproveitou para colocar em campo os dezenove atletas relacionados para o amistoso. Ao final da partida, o técnico Jorge Pinheiro, em entevista concedida ao repórter Silvio Vieira, do Clique Piripiri, disse ter gostado da equipe, "nem tando pelo resultado, mas acima de tudo pelos jogadores novos que entraram e passam a se entrosar com os demais".


Segundo Jorge Pinheiro, ele irá solicitar a realização de mais dois amistosos antes do compromisso diante do Sport Recife. A dificuldade pode ser em conseguir adversário, principalmente se o interesse do treinador for avaliar sua equipe contra outro time profissional. Como Flamengo (Teresina) e Ferroviário (Parnaíba) já estão com times formados, em face da participação no Torneio da Movimentação, não está descartada a possibilidade de um deles ser adversário do campeão piauiense em um dos amistosos antes da estréia na Copa do Brasil.


Coluna do Buim

ederluis Ágil e sempre disposto a ajudar o Vasco. Após quase quatro longos meses recuperando-se de uma fratura no pé esquerdo, Eder Luis voltou. Motivo de lamentações no período em que ficou fora, ele revelou de que maneira se tornou tão importante para a equipe.

 


“Ano passado eu aprendi muito com o Ricardo Gomes e depois com o Cristovão. Aprendi como jogar taticamente. Antes eu ficava sempre mais do meio para frente, mas em 2011 joguei algumas vezes pela lateral. Muitas das vezes fui até questionado por não fazer gols, mas era pela forma como estava jogando. Vou procurar jogar sempre em prol do time. Quando precisarem de mim, ajudarei”, disse o camisa 7 da Colina.

 


O retorno do atacante foi em grande estilo. Na 
partida contra o Olaria, mesmo com o péssimo estado do gramado de Moça Bonita, teve uma boa atuação, fez gol e pôde matar a saudade da torcida, que clamava por ele, prevendo a situação de apuros que o time se encontrava.

 


“Antes de jogar eu estava ansioso. Sempre tem um frio na barriga, e nesse jogo em específico pela torcida. O torcedor estava pedindo muito a minha volta, sentindo minha falta, mas eu sabia que isso não adiantava porque eu precisava estar bem para dar a resposta ao torcedor. Mesmo não estando 100%, pude estar em campo. Tenho certeza que o torcedor ficou muito feliz”, declarou.

 


A grande preocupação do vascaíno é saber quais são suas condições para o importantíssimo jogo contra o Alianza Lima (PER), nesta terça-feira, pela Libertadores.

 


“Ainda não tem nada definido. É uma partida que não podemos perder em hipótese alguma. Para colocar um jogador nesta partida, ele tem que estar muito bem fisicamente. Se o Cristovão optar por mim, vou procurar dar o meu máximo enquanto eu tiver condições de ficar em campo”, comentou.

 


Eder Luis sofreu a lesão no pé esquerdo em 19 de novembro do ano passado, na vitória do Vasco por 2 a 0 sobre o Avaí, em jogo válido pelo Brasileirão.



Band