A Faculdade de Ensino Superior de Floriano (FAESF) realizou nesta sexta-feira, 10 de fevereito, a solenidade de formatura de mais uma turma do Curso de Direito.

hugoJoel

A solenidade foi prestigiada por várias autoridades, entre elas, o prefeito de Floriano Joel Rodrigues e o deputado federal Hugo Napoleão, que são incansáveis defensores da educação e tem contribuído muito para a melhoria da qualidade do ensino em Floriano, no Piauí e no Brasil.

 

Assessoria prefeito

Depois da paralisação dos professores da rede municipal, agora são os professores das escolas estaduais que ameaçam entrar em greve. A categoria se reuniu na manhã de ontem, durante assembleia, no clube do Sindicato dos Professores em Educação Básica do Piauí (Sinte-PI), onde foi decidido que se o Governo não garantir o reajuste de 22,23% sobre o piso salarial a greve será decretada no dia 27 de fevereiro, data marcada para o início do período letivo.


 "O reajuste linear, para todas as categorias, deveria ter sido pago no salário de janeiro, o que não aconteceu. Se o Governo não se posicionar até o dia 27 vamos decretar a greve por tempo indetermina-do", afirmou Kassyus Lages, da diretoria do Sinte. Atualmente, o piso salarial pago aos professores é de R$ 1.187. A categoria reivindica ainda melhoria da estrutura das escolas, principalmente as 180 que funcionam em tempo integral.

 

"O período vai começar e essas escolas continuam sem estrutura para atender alunos e professores. Um exemplo é a Unidade Escolar Raldi Cavalcante, no Dirceu. Lá não tem sequer refeitório e os alunos precisam almoçar numa sala improvisada, onde duas turmas se revezam e o tempo de almoço dura de meio-dia às 14:00h", afirmou Kassyus. Ele ainda cita o exemplo de escolas que funcionam com jornada ampliada e que também não oferecem a estrutura mínima necessária. "Na Unidade Escolar Eliana Carvalho, na zona Norte, não tem local para banho. Não dá para fazer educação assim, no improviso", completa. O reajuste na regência é outra reivindicação dos professores. Segundo eles, há 10 anos essa gratificação permanece com o mesmo valor.

 

Atualmente, a rede estadual conta com 40 mil servidores ativos e inativos. O diretor do Sinte afirma que a mobilização está acontecendo em todo o país. "A situação é semelhante em quase todos os Estados. No Nordeste, só o Pernambuco que acena para não ter greve", diz.


Em 2011, os professores tiveram 18 dias de greve, também nesse período. Por conta dessa mobilização, eles conseguiram a implantação do piso salarial nacional. "No dia 27 vamos realizar uma nova audiência para decretar a greve, caso o Governo não se posi-cione até lá", concluiu.


Diário do Povo

 

 

A prova do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para o total de 1.875 vagas de técnico do seguro social e perito médico previdenciário será aplicada pela Fundação Carlos Chagas neste domingo, 12. A organizadora disponibilizou um link no site para os candidatos terem acesso aos locais de prova. O exame será aplicado no período da manhã para perito e no da tarde para técnico do seguro social.

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão prevê que até o mês de março já se consiga preencher 900 postos de técnico e 150 de perito médico, ficando as demais vagas para serem ocupadas entre julho e novembro.

De acordo com a organizadora, todas as informações sobre o concurso são publicadas na Imprensa Oficial e no site www.concursosfcc.com.br. Não há encaminhamentos de mensagens por SMS. Ainda de acordo com a organizadora, “os gabaritos estão totalmente protegidos por procedimentos operacionais que preservam seu sigilo; inverídicos, pois, quaisquer outros, porventura, divulgados”.

Inscritos

No último dia 24, a Fundação Carlos Chagas divulgou as listas de inscritos. No total são 921.136 inscritos, sendo 909.337 para 1,5 mil vagas de técnico do seguro social e 11.799 para 375 vagas de perito médico previdenciário. No caso dos deficientes, são 39 concorrendo para perito e 4.878 para técnico.

A fundação já havia divulgado no mesmo dia listas de estatísticas de inscritos, mas os documentos foram retirados algumas horas depois para serem feitas correções.

No site da FCC é possível conferir 4 listas: duas de perito por gerência executiva e por agências de previdência social e duas de técnico também por gerência executiva e por agências.

O número de inscrições para técnico supera o do concurso realizado em 2008 para 1,4 mil vagas para o mesmo cargo - na época foram 499.322 inscritos ou 356,66 candidatos por vaga.

As vagas do concurso são distribuídas nas Agências da Previdência Social nos 26 estados e Distrito Federal. No caso dos médicos, o salário chega a R$ 9.070,93. Para os técnicos, a remuneração alcança R$ 4.496,89 com gratificações e auxílio alimentação.

Para o cargo de técnico é exigido certificado de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente. Para perito é exigido diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em medicina e registro regular no Conselho Regional de Medicina.

O candidato pode concorrer aos dois cargos, mas deverá optar pela mesma Gerência Executiva (cidade de realização das provas).

Provas

Para o cargo de perito médico previdenciário a seleção será realizada por meio de provas objetivas e de títulos; para o cargo de técnico do seguro social a seleção será realizada por meio de provas objetivas.

Para técnico serão aplicadas provas de conhecimentos gerais nas disciplinas de ética no serviço público, regime jurídico único, noções de direito constitucional, língua portuguesa, raciocínio lógico e noções de informática, além de prova de conhecimentos específicos, relacionados à legislação previdenciária.

Para perito as provas de conhecimentos gerais terão língua portuguesa, ética no serviço público, noções de direito constitucional e noções de direito administrativo. haverá ainda prova de conhecimentos específicos.

Para ambos os cargos, as provas objetivas terão caráter eliminatório e classificatório, sendo considerados eliminados os candidatos que não obtiverem, no mínimo, cumulativamente, 30% de acertos na prova de conhecimentos gerais; 30% de acertos na prova de conhecimentos específicos; 40% de acertos no total de ambas as provas.


Piauí Hoje

 

Uma equipe de gestores em educação que atua na área da Universidade Estadual do Piauí, Campus de Floriano, vem trabalhando para dar início ao processo de matrículas que estará se iniciando dia 27 deste mês. Muitos dos aprovados no último vestibular estão procurando informações sobre as datas de início dos períodos e numa entrevista cedida ao piauinoticias.com a professora diretora do Campus local, passa algumas informações importantes.

anamariauespi
A professora Ana Maria, diretora local, afirmou que a escola está pronta para receber os alunos e que as matrículas estarão ocorrendo até março. “Do dia 27 de fevereiro ao dia dois de março é o período da matrícula institucional. Eles farão duas matrículas, a institucional no primeiro momento, de 27/02 a 02/03 quando os alunos estarão entregando toda a documentação e posteriormente em 06 de marco, devem ser feitas as matrículas curriculares, ou seja, nas disciplinas que eles irão cursar neste semestre”, citou a professora Ana.


Todas as vagas foram preenchidas, disse, afirmando que tudo vem ocorrendo com normalidade e que há muito tempo para que todos providenciem a documentação necessária. “Aqueles que não tem ainda o certificado do ensino médio que providenciem, pois só  farão a matrícula mediante esse documento em mãos”, finalizou.

Da redação