• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

A Universidade Federal do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), divulga a Lista com o nome dos selecionados para as vagas remanescentes do sistema de Seleção Unificada - Sisu 2012, que foram convocados através da lista de espera. Os candidatos selecionados devem fazer a matrícula institucional nesta sexta-feira, dia 10.

Confira a relação de documentos e os procedimentos de matrícula aqui.

 

Confira a lista dos convocados aqui.



UFPI

 

A Polícia Civil do Estado do Piauí, por meio da Comissão Investigadora do Crime Organizado (CICO), Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE) e Núcleo de Inteligência (NI) deflagrou às 6:00h da manhã desta quinta-feira, 9, a "Operação Segor", com o objetivo de desarticular e prender integrantes de quadrilhas que atuam na microrregião de Picos. Tais quadrilhas são especializadas em tráfico de drogas, receptação de cargas roubadas e homicídios.

 

O delegado geral da Polícia Civil, James Guerra, comanda a operação junto com a Cico (Comissão Investigadora do Crime Organizado).

 

A Operação Segor visa dar cumprimento a 22 mandados de prisão e 28 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juiz da 4ª Vara de Picos. As investigações foram comandadas pelos delegados Tiago Dias (CICO) e Samuel Silveira (DEPRE).

 

Em Picos serão sequestrados bens como Hotel, casas e concessionária de veículos. Em Teresina vai ser preso um dos maiores traficantes da capital.

 

O delegado Samuel Silveira está no Sul do Estado comandando a operação.  Em Teresina, os agentes da Cico prenderam o dono de uma farmácia, Francisco das Chagas (O Chaguinha), quando ele chegava em seu estabelecimento comercial, que fica localizado no Conjunto Renascença, zona Sudeste da capital.

 

Segundo a Cico, ele foi preso porque vendia medicamentos de tarja preta (que só podem ser comercializados mediante receita médica e preenchimento de formulário) para viciados em drogas.

 

Já foram presas 25 pessoas em Picos e Oeiras durante a "Operação Segor".



Polícia Civil do Piauí

 

 

drogascelularespenintRecentemente, a Secretaria de Justiça do Estado do Piauí iniciou um trabalho de retirar a instalação elétrica de celas das unidades prisionais do Estado para evitar o uso de carregadores de celular, mas os detentos já pensaram em meios de burlar essa situação: em janeiro, foram apreendidos quatro carregadores que utilizam energia solar na Casa de Custódia, zona sul de Teresina. O material está entre os itens apresentados na manhã desta quarta-feira, 8, pelo secretário de justiça, Henrique Rebelo, na escola penitenciária do Estado.

 

 

 

Também foram apreendidos carregadores artesanais, alguns deles até disfarçados dentro de caixas de fósforo. Só em janeiro, foram recolhidos na Custódia cinco celulares, e uma grande quantidade de maconha, crack e comprimidos. Já a respeito da penitenciária Irmão Guido, foram apresentadas 74 pedras de crack (apreendidas com o detento Ferdinand José de Oliveira). Ainda em janeiro, foram apreendidos na unidade prisional quatro celulares completos.

 

 

 

Segundo a Secretaria de Justiça, na penitenciária Irmão Guido foram autuados em flagrante no dia 24 de janeiro os detentos Francisco Felipe da Luz, Paulo Henrique Alves de Oliveira e Roberval Feitosa, com a apreensão de quatro celulares completos, 400 gramas de maconha e 20 pedras de crack.

 

 

 

Na penitenciária de Floriano foram apreendidos nos meses de dezembro e janeiro 20 celulares, baterias, carregadores, armas brancas e grande quantidade de maconha, crack e cocaína. Em todo o ano de 2011 foram recolhidos na penitenciária de Parnaíba 42 celulares, 117 porções de crack e maconha, 36 ferros pontiagudos, três facas de mesa e dois punhais. Na mesma unidade prisional foram apreendidos, de 1º a 07 de janeiro de 2012, 12 celulares, um canivete, um punhal e quatro ferros pontiagudos.

 

 

 

“As vistorias são feitas diariamente, de forma sistemática. Estamos fortalecendo esse trabalho e não vamos recuar. Vistoriamos inclusive os alimentos trazidos, já que familiares dos presos costumam colocar celulares, baterias e drogas dentro dessa alimentação. Não podemos aceitar que nos adequemos aos detentos, porque eles é que devem se adequar às regras da política de segurança. A sociedade exige que tenhamos essa postura vigilante”, disse o secretário Henrique Rebelo.

 

 

 

A secretaria espera dificultar a entrada de celulares e carregadores nas unidades do sistema prisional do Piauí com a instalação de portais detectores de metais, que já estão funcionando na Casa de Custódia e nas penitenciárias Irmão Guido, Floriano, Parnaíba e São Raimundo Nonato.


Meio Norte

 

 

Preso por conta do não pagamento de Pensão Alimentícia, o radialista Antônio Coelho Viana, o popular Galego das Fitas, está sendo acusado por agressão a José Marcelo Ribeiro no município de Oeiras.

 

 

 

De acordo com José Marcelo, que há seis meses presta serviços para Galego das Fitas, há mais de dois meses não recebia seu pagamento, no valor de R$ 250,00. Segundo conta, ao cobrar o radialista para poder comprar o fardamento escolar dos seus filhos, Galego não teria gostado. José Marcelo retornou para sua casa, onde foi surpreendido com a chegada do radialista, que lhe desferiu vários golpes de “trincha” no corpo e na cabeça, provocando diversas escoriações e um profundo corte da cabeça.

 

 

 

José Marcelo foi atendido no Hospital Deolindo Couto, onde fez exame de corpo e delito e em seguida registrou a ocorrência na delegacia de Polícia Civil de Oeiras.

 

 

 

Na manhã desta quarta-feira, o radialista teve uma audiência de conciliação no Fórum de Oeiras para tratar do pagamento da pensão alimentícia.


Fonte: Mural da vila