A construção da ferrovia Nova Transnordestina no Piauí já movimentou mais de 7 milhões de metros cúbicos de terra no processo de terraplenagem, volume que daria para encher cerca de 440 mil caminhões basculantes. As obras ganharam novo ritmo, com maior produtividade, a partir do reforço dos lotes 6 e 7, na região de Paulistana, no Semiárido piauiense.


Os trabalhos de construção da Transnordestina, que terá 412 quilômetros de trilhos no Piauí, ligando o município de Eliseu Martins ao porto de Suape, em Pernambuco, estão divididos em duas etapas. A primeira delas, em andamento, corresponde à parte de infraestrutura. A segunda, à de superestrutura, corresponde à colocação de dormentes e trilhos.


No trecho piauiense, já foram construídos 4 mil metros de bueiros e está sendo construída uma ponte sobre o rio Canindé, na localidade Cachoeira, zona rural de Paulistana, com 775 metros de comprimento. A ponte terá 30 pilastras, algumas delas com 45 metros de altura. Mais sete projetos focados na construção de novas pontes e viadutos estão em andamento.

A ferrovia terá dois pátios de manobras no Estado, com previsão de conclusão para 2014. Atualmente, o empreendimento movimenta frentes de serviço nos municípios de Betânia do Piauí, Bela Vista do Piauí, São Francisco de Assis, Campo Alegre do Fidalgo, Curral Novo do Piauí e Nova Santa Rita, áreas atendidas pelo lote de Paulistana.


De acordo com a construtora Odebrecht, responsável pela execução da obra, 50% de toda a infraestrutura foi concluída, tendo como característica importante garantir a inclinação de até 15 metros a cada quilômetro da ferrovia, cuidado necessário para assegurar melhor a qualidade no transporte de cargas.


A construtora confirma que, após concluir a primeira etapa das atividades de infraestrutura no lote de Itaueira, começou a manejar recursos do local para outros lotes, principalmente para as áreas atendidas pelos lotes da região de Paulistana. O processo de transição deverá ser concluído até o fim do mês de maio deste ano.

A Transnordestina, construída em bitola larga e, em alguns trechos, mista, é uma ferrovia de classe mundial, responsável por interligar os estados do Piauí, Ceará e Maranhão, numa extensão total de 1.728 quilômetros. O empreendimento contempla também a instalação de terminais portuários de exportação de granéis sólidos, implantados estrategicamente próximos aos principais mercados consumidores e em portos capazes de operar com navios Cape Size, o que garantirá maior competitividade ao negócio.

A capacidade de transporte de cargas na ferrovia será de 32 toneladas/eixo. A produção e transporte anual chegarão a 30 milhões de toneladas, inicialmente, podendo ultrapassar 100 milhões de toneladas quando estiver totalmente sinalizada. No Piauí, as principais cargas transportadas serão minério e grãos, principalmente da região Sudeste, além de gesso proveniente da região fronteiriça a Pernambuco.
Com informações do piaui.pi

O Ministro interino da Integração Nacional, Navajo, virá nessa sexta-feira,  13, ao Piauí para anunciar a liberação de recursos para minimizar os efeitos da seca no semi-árido no Estado.

 

O Secretário Estadual de Defesa Civil, Ubiraci Carvalho, disse que o ministro Navajo virá ao Piauí para dar respostas aos projetos apresentados pelo Governo do Estado, para a liberação de R$ 68 milhões, que serão aplicados durante seis meses em 53 municípios que decretaram situação de emergência, devido à estiagem.

 

Ubiraci Carvalho declarou que, os recursos serão aplicados em abastecimento de água para a população em: carros-pipa; distribuição de cestas básicas e botijões de gás de cozinha.


Meio Norte

Policiais militares do 13º BPM prenderam por volta das 8:30h desta quinta-feira, 12, em uma abordagem de rotina, o jovem Raimundo Nonato Soares da Silva, vulgo Gordim, de 18 anos. Ele é um dos principais suspeitos do assassinato de um jovem identificado como Wagner, morto em dezembro do ano passado. Segundo a polícia, os dois jovens estavam participando de uma roleta-russa quando a vítima foi alvejada com um tiro na cabeça.

 

Segundo o comandante do Batalhão, coronel Acelino da Silva Mendes, quando o crime aconteceu, Raimundo Nonato era menor de idade, mas ele acabará respondendo como maior de idade porque o mandado de prisão fora expedido após ele completar 18 anos.

 

“A viatura 1301 se deparou com ele na rua São Sebastião do Parque Brasil 2. Os policiais o reconheceram por foto e fizeram a prisão. Ele também é acusado de vários pequenos furtos e suspeito de roubar a moto de uma senhora antes de ontem”, descreve o comandante.

 

Roleta russa

O coronel diz ainda que Raimundo conta que eles estavam em uma casa no Parque Brasil com Wagner e um dava o tiro na cabeça do outro. “Depois que o jovem levou o tiro, o Raimundo deitou ele na cama e fugiu. Passou quinze dias escondido no mato”, pontua.


Cidade verde

Policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) estouraram uma boca de fumo localizada no Conjunto Árvore Verde, na Zona Leste de Teresina. O ponto de comércio de entorpecentes funcionava em um mercadinho, possivelmente para encobrir o crime.

 

No local, foram encontradas 160 g de maconha, 100 g crack e cocaína, além de óxi. A Rone informou que foram apreendidos também uma balança de precisão e R$ 1.655.

 

A proprietária do estabelecimento foi presa e conduzida para a Central de flagrantes. Ela não quis falar com a reportagem, mas, segundo a polícia, ela teria confessado o tráfico de drogas. Na casa, moram três garotas, todas menores de idade.


Meio norte