• Vamol
  • Roma
  • Fiat
  • Floriano Veiculos

O presidente Jair Bolsonaro (PL) será reeleito com 44,9% dos votos no primeiro turno. É o que aponta a modalidade estimulada da pesquisa Brasmarket divulgada nesta sexta-feira (23). Bem atrás de Bolsonaro aparece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 31% das intenções de voto. Na sequência, Ciro Gomes marcou 6,5% e Simone Tebet 4,5%.

bolsolula

Os demais candidatos receberam a preferência de menos de 1% dos entrevistados e pontuaram da seguinte forma: Soraya Thronicke 0,7%, Felipe D’avila 0,4%, Padre Kelmon <0,1%, Constituinte Eymael <0,1%, Sofia Manzano <0,1%, Léo Péricles 0,0%, Vera 0,0%.

Branco/nulo somou 6,2%, não sabe/sem resposta 5,7%. A modalidade estimulada é aquela quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados.



Espontânea

Na moralidade espontânea, quando não há estímulo, Bolsonaro também abre vantagem. O candidato à reeleição marcou 43% dos votos, contra 28,8% do principal adversário, Lula.

Em seguida, aparecem Ciro Gomes com 4,6% das intenções de voto e Simone Tebet com 2,5%. Os demais candidatos receberam a preferência de menos de 1% dos entrevistados e pontuaram da seguinte forma: Soraya Thronicke 0,3%, Felipe D’avila 0,4%, Padre Kelmon <0,1%, Constituinte Eymael <0,1%, Sofia Manzano <0,1%.

Branco/nulo somou 5,4%, não sabe/sem resposta 14,6%, outros 0,2%.



Avaliação do governo

Avaliaram a administração Governo Bolsonaro como ótima 25,3%, boa 21,9%, regular 19,6%, ruim 8%, péssima 23%, não sabe/sem resposta 1,4%.



Rejeição

O único quesito em que Lula ganha na pesquisa é em rejeição, marcando 53,2%. Bolsonaro registra 33,8%. Em seguida, aparecem Ciro Gomes com 2,6%, Simone Tebet 0,7%, Soraya Thronicke 0,4%, Vera 0,1%, Felipe D’avila <0,1%, Padre Kelmon <0,1%, Constituinte Eymael <0,1%, Léo Péricles 0,0%, Sofia Manzano 0,0%. Não rejeita nenhum marcou 4,9%, não sabe/sem querer reposta 4,2%.

A pesquisa está registrada no Pesquisa no TSE sob o número: BR-00580/2022. Foi registrada no dia 17 deste mês, com coleta de dados entre os dias 18 a 20.

Foram ouvidas 2.400 pessoas de 504 cidades das cinco regiões do país por meio de contato telefônico. A margem de erro é de 2%.