• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma
medicosfloOs médicos do Piauí que estavam com as atividades paralisadas desde o dia 5 de março resolveram suspender a greve e retornar ao trabalho após realização de assembléia. A decisão foi tomada na tarde de ontem, 14, com a reunião de representantes do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi) com o Ministério Público (MP-PI) e Controladores Gerais do Estado e da União que irão intermediar as negociações.


A paralisação deve ficar suspensa pelo menos uma semana. Na próxima terça-feira, 20, eles voltarão a se reunir na sede da entidade em Teresina para avaliar como andam as negociações. Se não houver avanços a categoria pode retornar a greve.

O movimento tinha previsão de durar uma semana, mas se estendeu até terça-feira, tanto nos hospital do estado quanto do município, exceto nos serviços de urgência e emergência. A categoria alegou falta de diálogo com o Governo e Fundação Municipal de Saúde para deflagrar a paralisação.


Em Floriano o movimento é fortalecido e é liderado pelo profissional em saúde, Dr. Osmundo Andrade. As atividades no município florianense e em todo o Estado estão paradas desde o dia 05 deste mês.



Com informações do GP1