• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), numa gestão compartilhada com o Governo Federal e os municípios piauienses, tem investido recursos e esforços para a descentralização da saúde pelo interior do Estado. Em se tratando da Rede de Urgência e Emergência - uma das prioridades do Ministério da Saúde - esses investimentos estão concentrados no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), com a implantação de bases descentralizadas em municípios que atendem os requisitos do próprio Ministério.


Desde o início da gestão atual - janeiro de 2011 - até os últimos dias, já foram 34 bases descentralizadas do Samu inauguradas e, hoje, funcionam normalmente, com uma estrutura física e de pessoal, capacitada para o pronto atendimento, 24 horas por dia, garantindo os primeiros passos, no que tange à Rede de Urgência e Emergência.


Anísio de Abreu, Amarante, Água Branca, Altos, Bertolínia, Bom Jesus, Barras, Cristino Castro, Canto do Buriti, Caracol, Corrente, Curimatá, Elizeu Martins, Esperantina, Elesbão Veloso, Floriano, Gilbués, Guadalupe, Itaueira, Júlio Borges, Miguel Alves, Oeiras, Parnaguá, Palmeirais, Paulistana, Pedro II, Ribeiro Gonçalves, Regeneração, São Francisco do Piauí, São Raimundo Nonato, Simplício Mendes, Simões, Tanque do Piauí e Uruçuí são os municípios piauienses que já dispõem do pronto atendimento garantido pelo Samu.

Água Branca e Amarante, em especial, inauguraram sua base nessa sexta-feira, 9. Em Água Branca, com a presença do governador Wilson Martins, durante a solenidade de inauguração, na tarde de sexta, o Governo do Estado investiu, como contrapartida, R$ 60 mil em estruturação física, R$ 106 mil em mobiliário, R$ 176 mil em viatura, traslado e seguro de viagem, R$ 49 mil em climatização dos ambientes, e R$ 88 mil em capacitação dos profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, motoristas, telefonistas e rádio-operadores foram capacitados de agosto de 2010 a junho de 2011. "Ao todo foram 730 profissionais capacitados, para atuarem junto às bases do Samu", destaca Christianne Rocha, coordenadora estadual do Samu.

Esses valores também são referentes ao município de Amarante, que também teve sua base inaugurada e posta em funcionamento desde a tarde dessa sexta-feira (09). "Isso é um esforço de muitos, mas, principalmente, de cada um dos municípios. É um serviço que traz grandes benefícios para a população, garantindo um pronto-atendimento ainda no local do incidente. Aqui, faço votos de bom uso e garanto total apoio aos municípios, em especial, para o desenvolvimento da saúde de cada cidade: eu não meço esforços para isso", frisou Lilian Martins, secretária de Estado da Saúde.

Currais, Cristalândia, Dom Inocêncio, José de Freitas, Piracuruca, Riacho Frio, Redenção do Gurgueia, Santa Filomena, Santa Cruz do Piauí, São João do Piauí e Valença do Piauí são os próximos municípios a inaugurarem base descentralizada do Samu.