• Jorge Batista Promocional

O clima na casa da família do Ackson Reis, jovem assassinado no final de semana, em Floriano, é de revolta e de indignação.

Durante o velório ocorrido nessa quarta-feira, 22, as pessoas presentes comentavam sobre a violência que tem deixado o florianense assustado e com a fragilidade da Justiça em soltar presos todos os dias. "Há uma grande revolta da população que não tem mais a quem recorrer devido essa onda crescente de crimes e a impunidade dos criminosos. Temos uma justiça fraca e juízes pouco atuantes na área criminal," disse um popular.

Com os cidadãos desarmados e criminosos armados, os crimes ocorrem todas as semanas no municipio florianense. No assassinato do Ackson Reis, de 18 anos, o acusado já esteve preso e, de acordo com informações repassadas ao Piauí Noticias o mesmo é considerado perigoso e frio quando agindo.

Numa entrevista exclusiva ao Piaui Noticias o senhor Jakson Rodrigues, pai do Ackson,  desabafa e diz, "se o cara tem uma mulher e ela está agindo errado, o certo era ele ter matado ela. Quer dizer que, ele vai matar todos os homens que ela der em cima. Ele vai sair matando agora todo o mundo?

jackcon

Veja o vídeo.

Familiares e amigos de Ackson Reis assassinado em festa clamam por justiça

Homem que disparou e matou Ackson em FLO é tido como perigoso

Jovem baleado num evento festivo, em Floriano, acaba morrendo

Jovem baleado em prévia de carnaval em FLO perde os dois rins

 

Da redação

IMAGEM e VIDEO - Carlos Iran