Com uma vasta programação da Igreja Católica durante o período de Quaresma em Oeiras, ocorreu na sexta-feira, como de tradição, a procissão de Bom Jesus de Passos.

A procissão, uma das maiores do Nordeste, já existe há séculos, com a cor roxo predominante. Se trata de uma cor litúrgica que simboliza a própria Quaresma, o sacrifício e a reconciliação. 

Com saída do Bairro histórico Rosário a procissão segue até o centro de Oeiras, passando pelas antigas ruas da centro da cidade e com sete paradas em capelas abertas especialmente nesta data, no qual representa sete passos das estações da via-sacra.

Ao chegar em frente a Prefeitura houve uma pausa para a celebração do sermão do encontro que foi ministrada pelo Bispo Dom Edivalter Andrade, de Floriano.

Com vários promessistas e católicos de fé de diversas regiões à frente da Prefeitura, Praça da Vitória e seu entorno ficou completamente tomada pelo público. Em seguida, a procissão seguiu até a histórica Igreja Nossa Senhora da Vitória, onde foi encerrada.

Participaram como de costume, diversos representantes políticos do estado, sendo muitos de Floriano, e centenas de  líderes religiosos, entre outros.

 procissão

procissçao

Da redação

sdsdsdsds