O Barcelona segue no páreo por Neymar e enviou uma comitiva, na manhã desta terça-feira, à Paris para negociar a transferência do craque. De acordo com o jornal catalão 'Sport', o acordo pode ser fechado nas próximas horas e diversos outros veículos da imprensa espanhola apontam outros indícios de um possível acerto.

DESTINO PARIS
A "delegação" enviada pelo Barça seria composta pelo diretor esportivo Javier Bordas e o empresário brasileiro André Cury, representante do Barcelona em algumas negociações. O clube está otimista com o possível acerto. A rádio 'Cadena COPE' publicou, em seu Twitter, uma foto do ex-jogador e atual diretor dos catalães, Eric Abidal, em um avião, que teria saído de Barcelona pela manhã.


EMPRÉSTIMO OU TROCA
Segundo a rádio 'RAC1', o Barcelona cogita duas possibilidades. A primeira seria um empréstimo com obrigação de compra no fim do vínculo. A outra, 100 milhões de euros (R$ 446,5 milhões) mais um jogador do elenco catalão. De acordo com apuração do 'UOL Esporte', esse atleta seria Philippe Coutinho.

CLIMA HOSTIL
No último domingo, Na estreia do PSG no Campeonato Francês, os torcedores parisienses hostilizaram Neymar, com xingamentos em espanhol e uma faixa que fazia menção ao caso de suposto estupro que o jogador se envolveu. O 'Sport' aponta que isso fez com que o presidente Nasser Al Khekaifi e o diretor esportivo Leonardo quisessem vender Neymar "o mais rápido possível", para conter a ira dos apoiadores.

 

Lançe