• Hospital Clinicor
  • Vamol
  • Roma

O ano de 2013 começou da mesma forma que 2012 terminou para Valdivia. O chileno machucou o tornozelo esquerdo após choque com Henrique no treino desta segunda-feira e teve que deixar o gramado da Academia de Futebol carregado pelos médicos do clube. O meia não escondeu a dor e nem a decepção e deixou o campo chorando.

 

A atividade desta segunda consistia em duelos de ataque contra defesa. Em um deles, o zagueiro Henrique deu um carrinho para tentar desarmar Valdivia. O chileno caiu e já não conseguiu se levantar. O meia foi atendido ainda no gramado pelos médicos do clube, mas acabou saindo de campo carregado pelo companheiro Maurício Ramos.

 

O médico alviverde, Otávio Vilhena, não quis dar previsões sobre a lesão e sobre o tempo que o chileno poderia ficar fora. Fato, é porém, que o meia já preocupa para o começo de temporada. A estreia do Palmeiras no Campeonato Paulista já no domingo, contra o Bragantino.

 

Valdivia não entra em campo desde o dia 6 de outubro. O chileno teve uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo no jogo diante do São Paulo e não participou da fase final da campanha do rebaixamento do Palmeiras. No começo de ano, o meia ainda criou mais polêmica por não se reapresentar no dia combinado. Ele alegou que estava se tratando no Chile.

 

ESPN