lanieleA piauiense Lanielle Lorana de Sá Andrade, do Centro Estadual de Tempo Integral José Alves Bezerra, de Monsenhor Hipólito, foi o primeiro lugar no 11º Concurso de Redação do Senado Federal com o tema “A Constituição Cidadã 30 anos depois”.

A comissão julgadora do Jovem Senador 2018 se reuniu na última quarta(3), no Senado Federal, e escolheu os três melhores textos do país. O resultado foi divulgado nessa quinta-feira, 04. Lanielle escreveu sobre “Cidadão em ação, democracia em construção”.

Na edição deste ano, foram apresentadas mais de 190 mil redações em todo o país, um aumento de 28% em comparação com a Edição de 2017.

Lanielle Lorana que cursa o 3º ano do Ensino Médio no CETI, teve a orientação do professor Satírio Francisco de Sousa na sua redação. "Estou muito feliz e emocionada por ter conquistado o primeiro lugar na redação do Senado Federal. É, sem dúvida alguma, uma grande honra poder representar a minha escola", comemora a aluna.

Esta é a sexta vez que a escola de Monsenhor Hipólito representa o Piauí na fase nacional, tendo participado também nos anos de 2009, 2010, 2012, 2016 e 2017, tendo como melhor resultado a conquista do 3º lugar nacional em 2017.

Para o professor Satírio, conquistas como essas trazem uma sensação de dever cumprido. "Sinto-me extremamente feliz e orgulhoso de meus alunos, da minha instituição e do meu trabalho. É diante de conquistas como essas que percebemos que todo amor, zelo e empenho que dedicamos ao nosso papel de educar, não foi em vão", disse o professor.

De acordo com a diretora da escola, Josefa Ilza, o compromisso com o trabalho faz a diferença. "Nosso compromisso é com a educação de qualidade. Não deixamos as dificuldades interferirem no nosso projeto de ensino. Incentivamos, auxiliamos e damos suporte para que nossos alunos se sintam motivados a estudar e serem vitoriosos naquilo que se propuseram a fazer", revela a diretora.

O secretário de Estado da Educação do Piauí, Hélder Jacobina, parabenizou a conquista que, segundo o mesmo, não é só da jovem Lanielle, mas de todos que fazem a rede pública estadual do Piauí.

“Parabéns à nossa querida aluna Lanielle Lorana, aos seus professores, a cidade de Monsenhor Hipólito e a todos que fazem a educação do Piauí. Essa conquista nos enche de orgulho e nos motiva a continuar trabalhando por uma educação de mais qualidade, com escolas estruturadas, professores valorizados e qualificados, além de projetos e programas que fazem da nossa educação uma das que mais crescem no país. Estamos muito felizes”, declarou o secretário.

redaçao

Concurso de Redação

Em 2018, o Jovem Senador mobilizou mais de 345 mil alunos matriculados no ensino médio de escolas públicas estaduais em todo o país, com até 19 anos, um aumento de 7% em relação à edição anterior. Os professores orientadores das redações selecionadas serão premiados com uma viagem a Brasília e acompanharão seus alunos, participando de uma programação específica na capital, incluindo um curso de formação. Ao todo, o Jovem Senador contou diretamente com o apoio de mais de 8 mil professores orientadores.

Os primeiros colocados nacionais foram escolhidos num universo de 27 redações, uma por unidade da Federação. Os textos passaram por duas seleções: uma na escola e outra na Secretaria de Educação do Estado e do Distrito Federal. A lista dos vencedores está disponível no site www.senado.leg.br/jovemsenador.

Os 27 alunos selecionados, um de cada unidade da Federação, atuarão como jovens senadores em Brasília de 19 a 24/11/2018 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 20 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Jovens Senadores de 2018:

O primeiro lugar ficou com a aluna Lanielle Lorana de Sá Andrade, do Centro Estadual de Tempo Integral José Alves Bezerra, de Monselhor Hipólito, Estado do Piauí, com a redação “Cidadão em ação, democracia em construção”.

Venceu em segundo lugar o aluno Matheus Moura Carabolante, da cidade de São Francisco, São Paulo, da Escola Estadual Oscar Antonio da Costa, com a redação “Democratização e Dignidade”.

O terceiro lugar na etapa nacional ficou com a aluna Luana Coutinho da Silva, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cônego Calado, de Igarapé-Açu, Pará, com a redação “Deveres e Direitos Diferentes”.

 

cv

A aplicação das provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 será em 04 de novembro e, na ocasião, serão respondidas questões de Linguagens, Ciências Humanas além de haver a elaboração da redação. Falta aproximadamente 30 dias para a edição deste ano e, após meses de estudo, é neste momento que a busca de turmas de revisão presenciais é intensificada.

estudante

Entre os estudantes que estão intensificando a rotina de estudos na reta final está Victória Virna da Silva Ferreira, de 17 anos, que iniciou há poucos dias as aulas de revisão, no curso pré-Enem. “Começamos nesta segunda-feira a rever os conteúdos. O cursinho tem me ajudado a melhorar a preparação porque direciona os estudos, me dá mais noção do que pode ser abordado”, destaca.

Esta não é a primeira vez que Victória será participante do exame: nas duas primeiras vezes, se inscreveu como “treineira”, mas nesta edição fará o exame “para valer”, como sinalizou. “Quero participar do SiSU [Sistema de Seleção Unificada] e buscar aprovação em um curso de Nutrição”, planeja. Por ainda estar no último ano do ensino médio, Ferreira assiste às aulas de revisão pela manhã e revisa os assuntos à tarde. À noite, vai para o colégio.

Além do curso da estudante, diversos outros iniciaram a revisão no início desta semana. “Neste período, todos os nossos alunos podem frequentar as aulas de qualquer turno. É uma etapa que contribui muito, pois o estudante vai praticar por meio de exercícios tudo aquilo que aprendeu durante o ano inteiro ou durante o intensivo, além de poder tirar dúvidas específicas com os professores”, sinaliza a equipe do curso Os Aprovados, instituição parceira do Educa Mais Brasil que aponta ter aprovação de cerca de 80% em processos seletivos.

Aulões

Outro formato bastante procurado é o chamado “aulão” que, em geral, é realizado na véspera ou na semana da aplicação do exame. “É o último momento em que vemos o conteúdo antes da prova, então acho muito válido participar. Os assuntos são abordados de forma rápida e objetiva, o que ajuda a lembrar dos pontos importantes”, sinaliza Camilo Meirelles Carvalho Santana, que fará o Enem pela segunda vez.

No ano passado, o aulão começou de manhã cedo, às 7h30, e acabou apenas à noite, às 18h30. “É, literalmente, uma maratona em que precisamos vencer a nós mesmos, mas vale muito à pena” relembra Santana. A meta do estudante é conseguir uma nota do Enem que permita a aprovação no curso de Engenharia Elétrica. Por já ter feito curso extensivo em 2017, optou por uma turma intensiva no segundo semestre deste ano. “Consegui aproveitar módulos e apostilas, mas também busquei aulas complementares na internet. Hoje em dia, tem muito material de qualidade disponível gratuitamente para quem procura”, comenta.

Revisão online

Em geral os cursos são ofertados de forma presencial mas também há a possibilidade de fazer a etapa on-line. No caso do Me Salva!, a Revisão Enem 2018 é ofertada na modalidade EAD com a disponibilização de videoaulas, exercícios e acesso aos resumos; correções ilimitadas de redação, monitorias de estudo diárias e simulados corrigidos com base no método TRI (Teoria de Resposta ao Item), adotado pelo Enem.

Outro curso online é ofertado pelo EAD Qualify. Embora não haja aulas específicas para os dias anteriores às provas, o material fica disponível 24 horas durante todo o ano. “O estudante já tem acesso à revisão de conteúdo por área do conhecimento (aulas contextualizadas) e revisão prática baseada em exercícios”, sinaliza. O acesso aos materiais é feito por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que também dispõe de videoaulas além de livros e apostilas em formato PDF.

Tunísia Cores – Ascom Educa Mais Brasil

A Universidade Estadual do Piauí – UESPI, por meio da Pró-reitoria de Ensino de Graduação – PREG, e do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR, divulga o resultado da homologação das inscrições do EDITAL PARFOR/PREG – Nº 003/2018.

O link para a interposição de recursos poderá ser acessado na página do EDITAL. O sistema abrirá no dia 08/10/2018, às 08:00h e fechará às 23:59h .

Confira o Resultado

 

Uespi

A Atenção Primária em Saúde e as Redes de Atenção em Saúde são temas atuais e que estimulam as discussões sobre a práxis do planejamento em saúde. Com base nisso, o Departamento de Biofísica e Fisiologia da Universidade Federal do Piauí (UFPI), juntamente com o Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão Pernanente para o SUS (NUEPES), estará realizando de 02 a 04 de maio de 2019, o IV CIAPS - Congresso Internacional de Atenção Primária em Saúde.

O evento atenderá a Agenda 2030, os ODS 3 e ODS 4, tendo como eixo principal Inovação e Tecnologia para Saúde. Vários conferencistas nacionais e internacionais já confirmaram presença. Confira mais informações no site: ciaps2019.com.br

 

Ufpi

sdsdsdsds