Você, estudante, que foi pré-selecionado na primeira chamada do Programa Universidade Para Todos (ProUni), referente ao primeiro semestre de 2019, fique atento aos prazos. Para garantir a bolsa, você tem até esta quinta-feira, 14, para comprovar as informações prestadas no ato da inscrição. Os documentos comprobatórios deverão ser entregues diretamente na instituição para a qual o candidato foi pré-selecionado.

O processo seletivo do ProUni é composto por duas chamadas e a segunda lista de pré-selecionados será divulgada no próximo dia 20. Se seu nome estiver nessa lista, corra: você terá até o dia 27 de fevereiro para apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na inscrição.

Se você não for pré-selecionado nas chamadas regulares, não desanime. Você ainda poderá manifestar interesse em participar da lista de espera do programa. Entre os dias 7 e 8 de março, vá até a página do ProUni na internet e realize o seu pedido. Os documentos deverão ser apresentados às respectivas instituições de ensino entre os dias 12 e 13 de março.

Esta edição do programa contou com 946.979 inscritos e 1.820.446 inscrições, já que cada candidato podia se candidatar a até dois cursos.

Programa – O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. De acordo com as regras do programa, as bolsas integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já as parciais contemplam os candidatos que têm renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Podem concorrer às bolsas desta edição do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018, tendo obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas do exame, além de nota superior a zero na redação.

O candidato ainda deve atender a pelo menos um desses requisitos: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ser pessoa com deficiência ou ser professor da rede pública.

Acesse a página do ProUni

Assessoria de Comunicação Social

Organizar as finanças é um desafio para grande parte da população. Como o currículo escolar brasileiro não inclui educação financeira ou gestão financeira, não é comum desenvolver o hábito de equilibrar os gastos financeiros. A organização da renda, investimentos e despesas é fundamental para garantir a segurança financeira e possibilitar que os planos estabelecidos para a carreira e vida pessoal sejam realizados. Por isso, confira 3 passos simples para começar a organizar as finanças pessoais:

 FINANÇAS

Utilize planilhas financeiras

Uma planilha financeira possibilita registrar a receita mensal (quanto a pessoa tem de ganhos financeiros no mês), os gastos mensais fixos e variáveis, além das despesas adicionais como lazer, saúde e emergências. 

Pode parecer um trabalho sem benefícios aparentes, mas quando a pessoa passa a visualizar esses valores começa a ter noção de como o dinheiro tem sido gasto e o que é preciso cortar ou priorizar. 

Se você não tem familiaridade com o excel, é possível encontrar planilhas simples de finanças pessoais, que facilitam o controle dos gastos. Além disso, em uma rápida pesquisa na internet, você encontra diversos aplicativos gratuitos de organização financeira. Outra possibilidade é realizar o mesmo procedimento em um caderno simples. Para isso, anote: 

  1. O seu salário ou renda mensal 
  2. Gastos fixos invariáveis (parcelas que não mudam o valor, como prestação da casa, seguro do carro, etc.) 
  3. Gastos fixos variáveis - que podem mudar o valor mensalmente – água, luz, academia, cabelereiro, internet, etc. 
  4. Despesas adicionais (que não acontecem todos os meses: viagens, roupas, presentes, acessórios, etc)
  5. Gastos diários como idas ao supermercado, lanchinhos, etc. 
  6. Não esqueça de estabelecer metas e separar uma porcentagem mensal para a sua reserva de emergência.

Renegocie as dívidas

Após preencher a planilha, estabeleça prazos para quitar as dívidas e desenvolva estratégias para esse plano acontecer. Evite pegar empréstimos ou cheque especial. A melhor alternativa é entrar em contato para renegociar os débitos, verificar as opções e calcular aquelas com as menores taxas de juros ou se planejar para quitação à vista com desconto. 

Comece pelas dívidas mais altas e planeje suas despesas para lidar com esse novo valor mensal. Reveja as suas prioridades e separe uma porcentagem da renda para finalizar o débito. 

Controle o cartão de crédito

Não adianta seguir o passo a passo para organizar as finanças se você continuar gastando além do necessário. Um dos grandes “vilões” é o cartão de crédito. Quando utilizado da forma correta, é um importante aliado para a pessoa realizar diferentes conquistas. 

No entanto, o mais comum são os casos em que as finanças viram uma completa “bola de neve” e no centro dela está o cartão de crédito. Por isso, renegocie a sua dívida e evite utilizar o cartão de crédito, principalmente para compras parceladas com juros. De preferência, realize compras à vista, não ultrapasse o limite e pague sempre o valor total da fatura.

 

Fonte: Gabriele Silva | Agência Educa Mais Brasil

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG) e da Direção do Campus Amílcar Ferreira Sobral, em Floriano, divulga a Homologação das Inscrições referentes ao Processo de Seleção de Professor Substituto para o Curso de Pedagogia (Área de Filosofia), nos termos do Edital nº 01/2019 - CAFS.

Confira.

 

Ufpi

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente em Barão de Gajaú-MA promoveu na manhã de hoje, 13 de fevereiro, o Auditório da Secretaria Municipal de Educação uma Audiência Pública.

lanca

O evento para  apresentação do Plano Municipal de Saneamento Básico foi aberto ao público.

O tema central  foi voltado ao Plano que irá favorecer toda a comunidade visando melhorar a qualidade de vida das pessoas.

A secretária Keylla Nogueira que é titular da pasta do Meio Ambiente recebeu na programação colegas da gestão, lideranças e centenas de pessoas da comunidade.

lancado

lancados

Da redação